Percy Jackson Olympian Alliance

Trama - Begin Again

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Trama - Begin Again

Mensagem por Ártemis em Seg Abr 01, 2013 5:33 pm



Renascimento
Os átomos flutuavam no ar em direção a pequena cratera que se abrira por entre as pedras no fundo do abismo mais profundo. Só os mais fortes conseguiriam sair, pois depois disso a cratera se fecharia e as trevas reinariam novamente. Aos poucos foram saindo os mais poderosos e estes se reconstruíram iluminados pela lua cheia que pairava no meio do céu noturno. As criaturas olharam ao redor com seus olhos de fenda e as vestes negras que lhe caíam dos ombros até os pés.

A noite estava particularmente bonita daquela vez, mais bonita do que Érebo jamais imaginara que poderia voltar a ver. Era uma pena que ele tivesse que estragá-la para resolver os problemas do passado. Tártaro já devia estar muito longe naquele momento, procurando por vingança, ou talvez apenas por um recomeço. Ou um merecido descanso.

●●●

Na sala escura houve um pequeno movimento abaixo das pálpebras fantasmagóricas da divindade a muito adormecida. Suas vestes incolores cobriam seu corpo e o ar frio precorria pelo ambiente regularmente. Os dedos mexeram exatos dois centímetros e então pararam. Um ar interior percorreu no corpo do indivíduo milenar e então seus olhos se abriram revelando a ausência de íris. Ele começou a respirar descontrolado até perceber que não havia com o que se preocupar. Levantou-se vagarosamente e olhou para os lados procurando por alguma coisa qualquer.

Era um vasto salão mergulhado no breu, mas na extremidade oposta havia um outro leito, de cor areia com uma mulher de pele bronzeada adormecida. Caos se aproximou do lugar a passos largos, mas antes de atingir a metade do caminho parou e permaneceu imóvel por um longo período. Gaia estava adormecida do outro lado da sala e mesmo assim ele conseguia sentir a energia vibrante e inquieta da Mãe-Terra. Uma coisa estava certa: ela estava prestes a despertar.
"LEGENDA"
NARRAÇÃO - FALA 1 - FALA 2 - FALA 3 - PENSAMENTO



Última edição por Nyx em Dom Maio 05, 2013 6:34 pm, editado 4 vez(es)

Ártemis
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 180
Data de inscrição : 25/03/2013
Localização : -

Ficha Meio-Sangue
Nível: Infiinito
HP:
999999/999999  (999999/999999)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Trama - Begin Again

Mensagem por Ártemis em Sab Abr 20, 2013 11:26 pm



Reencontros
Os grandes portões do Palácio da Noite não foram o suficiente para parar o Senhor das Trevas. Com um chute estrondoso ele abriu uma cratera na porta e continuou sua caminhada batendo os pés pelo salão principal até o leito da Senhora da Noite. Seus punhos estavam semicerrados e seu queixo contraído. A fúria de milhares de anos estava acumulada sobre seus ombros e ele queria mais do que tudo descarregar suas mágoas naquela omissa traidora.

Com um chute forte ele escancarou as portas do grande quarto e lá no meio viu sua senhora envolta em seus véus noturnos cansada de mais uma noite de trabalho. Circe e Hécate deviam estar cuidando do resto, caso contrário ela não estaria ali descansando. Parado na porta ele murmurou com um sorriso maroto nos lábios.

- Querida... Cheguei!

A forma divina tremeluziu e ela o encarou com seus olhos de um negror profundo. Um sorriso satisfatório se formou nos lábios vermelhos da Senhora da Noite e ela sustentou o olhar do marido esperando por sua provável atitude que não demorou muito a acontecer. Érebo foi marchando na direção da esposa e segurou seu pescoço com as duas mãos apertando ao máximo e liberando toda a sua fúria de anos de prisão.

Nyx, por sua vez, invocou os espectros de milhares de guerreiros que invadiram o ambiente e agarraram o Senhor das Trevas por suas vestes desgastadas. Não foi difícil para ele se livrar dos guerreiros, com uma explosão de energia negra todos viraram pó e ele se viu a sós com sua esposa mais uma vez. A mulher deu um sorriso singelo.

- Você demorou, querido - disse com cinismo.

Os dois mantinham as mãos para trás e ia se aproximando um do outro gradativamente. As mãos pálidas como a morte seguravam cada uma armas mortíferas. Estavam a um passo de aniquilar um ao outro quando houve um estrondo que ecoou por todo o palácio e uma negra fumaça revelou um corpo debilitado. Seus olhos, por sua vez, demonstravam exatamente o oposto, um monstro a muito adormecido. Era Caos.

- Parem com isso! Nós devemos nos unir para alcançar nossos objetivos... Os Primordiais ressurgirão em breve.

"LEGENDA"
NARRAÇÃO - FALA 1 - FALA 2 - FALA 3 - PENSAMENTO

Ártemis
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 180
Data de inscrição : 25/03/2013
Localização : -

Ficha Meio-Sangue
Nível: Infiinito
HP:
999999/999999  (999999/999999)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Trama - Begin Again

Mensagem por Ártemis em Dom Maio 19, 2013 7:34 pm



O Caixão
Com o despertar de Caos as coisas mudaram drasticamente no submundo. O território se dividiu entre o Império dos Olimpianos e o Império dos Primordiais, todas as criaturas ali viventes eram livres para escolher para qual lado da moeda queriam servir. E foi nesse período que começou a reunião dos "Púpilos de Nyx".

Cada um dos primordiais produziu uma criação no mundo mortal, estas crianças conviviam com suas famílias mortais até que Nyx fosse buscá-los para lhes ensinar as artes da magia e do poder. Era um trabalho realmente produtivo, um pequeno quartel de generais sedentos por grandeza e poder. Os púpilos da Noite eram todos extremamente habilidosos, tudo o que a Rainha da Noite fazia era ensiná-los a controlar seus poderes e a moldar seu caráter. Eles tinham a sua Mestra como uma verdadeira mãe, uma mãe que presenteia seus filhos com foices e armas mortíferas.

● ● ●

Caos chegou no meio do salão escuro carregando um caixão pesado nas costas. Para se entender a dimensão daquilo basta dizer que a primeira criatura existente, o mais poderoso de todos os primordiais sofria com o peso da grande caixa. Ele depositou o caixão com cuidado no meio do salão e murmurou algumas palavras em voz baixa para destrancar o cadeado milenar. Todos se ergueram quando o caixão foi destrancado. A divindade apenas sorriu para seus filhos e deslizou as mãos pela trave destravando-a em seguida e voltando seus olhos para todos os presentes.

- Um único toque desta lâmina e qualquer criatura da face da Terra morre.

Ninguém disse nada, mas era claro que eles sabiam exatamente do que ele falava. Era a espada primordial, ali naquela sala, esperando para voltar a vida. Todos os indivíduos aproximaram-se da caixa preta e ergueram suas mãos para o caixão, uma energia incomum emanando de cada palma estendida. Caos respirou fundo e seus olhos brancos faíscaram. Por fim, ele escancarou o caixão e algo terrível aconteceu.

O caixão estava vazio!

espada primordial:
Uma espada metamorfa que a cada momento assume uma forma representando um dos primordiais. (Caos) Sua lâmina se reveste por um ferro semi-transparente e quando toca no adversário resume o membro atingida a nada, isso mesmo, um vazio. (Gaia) Sua lâmina é construída a partir das rochas da Mãe Terra e é capaz de controlar a terra fazendo rochas de tamanho médio atacarem o inimigo; se fincada no chão faz com que todos que estavam acima do mesmo fiquem presos a terra e aos poucos sejam engolidos por um tipo de areia movediça. (Tártaro) Sua lâmina é revestida por um metal negro irreconhecível e quando atinge os pontos vulneráveis do indivíduo [Coração, cabeça, ou 'o calcanhar de Aquiles'] condena a pessoa a sofrer eternamente no Tártaro; quando atinge outras partes do corpo este fica completamente negro e apodrece. (Eros) Sua lâmina é revestida por ouro imperial e assume a aparência de uma flecha, quando atinge algum indivíduo faz com que ele se apaixone perdidamente pelo usuário da espada, ou faz com que suas pernas se juntem como se fossem coladas por super cola, as pernas só podem ser separados pela própria lâmina. (Érebo) Sua lâmina é revestida por ferro estígio e quando atinge o adversário abre uma profunda ferida que se não for tratada em até duas horas mata o ferido; a região do ferimento fica completamente paralisada. (Ponto) A lâmina é revestida por um material azul que é dito como sendo a carcaça da cauda de uma sereia; dá ao usuário o controle parcial sobre os mares e lagos, permite também que o usuário cause tremores no oceano. (Urano) Lâmina azul celeste de um material desconhecido, dá ao usuário a capacidade de voar e permite que ele o usuário confoque animais áereos para lhe auxiliar em batalha. (Nyx) Uma lâmina negra de material desconhecido, faz com que a pele de seu usuário fique dura como pedra, tornando-se assim impenetrável; quando atinge um indivíduo injeta um veneno mortífero no sangue do ferido; ideal para fazer sacrifícios em rituais de magia. (Hemera) Lâmina de bronze celestial que brilha com a intensidade do sol e é capaz de cegar o indivíduo que a olhar fixamente [o usuário está imune a isso], quando atinge o usuário queima sua pele de uma maneira terrível, chegando a ser possível decepar o membro atingido. (Éter) Lâmina de um material frio e irreconhecível, brilha como um verdadeiro sabre de luz e nunca erra o seu alvo, pois age de acordo com a velocidade da luz; quando atinge algum indivíduo causa ferimentos gravíssimos e corta como estalactites. Pode se transformar em qualquer outra arma que se habitue ao usuário com as mesmas habilidades. [Indestrutível] {Item Lendário}

"LEGENDA"
NARRAÇÃO - FALA 1 - FALA 2 - FALA 3 - PENSAMENTO


Última edição por Nyx em Dom Maio 19, 2013 8:08 pm, editado 1 vez(es)

Ártemis
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 180
Data de inscrição : 25/03/2013
Localização : -

Ficha Meio-Sangue
Nível: Infiinito
HP:
999999/999999  (999999/999999)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Trama - Begin Again

Mensagem por Ártemis em Dom Maio 19, 2013 7:59 pm



A Aliança
É claro que o sumiço do objeto mais poderoso e perigoso do planeta causou um verdadeiro abalo císmico na Terra, e isso chegou ao Salão dos Tronos em forma de bombas humanóides. Eram os nove primordiais despertos que invadiam a casa dos olimpianos. Teria sido um caos, se aquele de mesmo nome não tivesse percebido, enfim, que o sumiço da espada de nada tinha a ver com os 12 olimpianos, e que estes se mostravam tão preocupados com o sumiço do artefato quanto eles. Afinal, a Espada Primordial era o elemento mais poderoso que existia, contendo o poder de todos os deuses primordiais poderia causar a destruição eminente se caísse em mãos erradas.

Foi então que surgiu a "Aliança", um acordo entre as divindades primordiais e os deuses olimpianos de ajudarem uns ao outros a encontrar a espada e impedir que o mundo do mortais chegasse ao seu fim. Eles deviam montar exércitos de busca que percorreriam todo o mundo em busca do artefato e do ladrão que tivera a audácia de roubar algo tão precioso.

● ● ●

Foi então que os Púpilos de Nyx ganharam seu verdadeiro valor. Os dez jovens foram enviados para o acampamento, a fim de vigiar os olimpianos e suas proles e garantir que estes não estariam trapaceando em meio a busca. No acampamento começaram aos poucos a se formar as equipes de busca, que se guiavam em partes pelas palavras do Oráculo, a menina Rachel Elizabeth Dare, e por seus próprios instintos de preservação.

~Contruindo~

"LEGENDA"
NARRAÇÃO - FALA 1 - FALA 2 - FALA 3 - PENSAMENTO

Ártemis
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 180
Data de inscrição : 25/03/2013
Localização : -

Ficha Meio-Sangue
Nível: Infiinito
HP:
999999/999999  (999999/999999)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Trama - Begin Again

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum