Percy Jackson Olympian Alliance

Fichas de reclamação

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Fichas de reclamação

Mensagem por Apolo em Qui Jun 19, 2014 9:49 am



Ficha de reclamação


 

Dados do personagem


NOME COMPLETO (SEM ABREVIAÇÕES): Seu nome aqui

IDADE: Sua idade aqui

5 OU MAIS CARACTERÍSTICAS FÍSICAS: Aqui

5 OU MAIS CARACTERÍSTICAS PSICOLÓGICAS: Aqui

PESSOA USADA NO AVATAR (PP): Aqui

COMO VOCÊ ENCONTROU ESTE FÓRUM? (RESPOSTA OPCIONAL): Aqui

 
Dados da reclamação


POR QUAL DEUS VOCÊ DESEJA SER RECLAMADO? Aqui

POR QUE QUER SER FILHO DE TAL DEUS(A)? ("MEU DEUS PREFERIDO" E "GOSTEI DOS PODERES" NÃO É RESPOSTA) Aqui

CONTE SUA HISTÓRIA; DESDE SEU NASCIMENTO ATÉ QUANDO DESCOBRIU SER SEMIDEUS(MÍNIMO 30 LINHAS) Aqui

 
 
------------------------------------------------------------------------------------
 
 
NENHUM TESTE QUE SEJA FEITO SEM O TEMPLATE SERÁ ACEITO.


COPIE O CÓDIGO INTEIRO OU CONSIDERAREMOS QUE NÃO FOI USADO O TEMPLATE.
PS : O teste de reclamação é somente para deuses OLIMPIANOS e deuses MENORES. Filhos dos três grandes requer um TESTE ESPECIAL.


 
 

Código:
<br><link href='http://fonts.googleapis.com/css?family=Lily+Script+One' rel='stylesheet' type='text/css'> <center><div style="border-right: 1px dotted #DAA520; border-left: 1px dotted #DAA520;border-radius:20px 20px;"> <br><div style="font-family:Lily Script One; font-size:50px; color:#DAA520; text-align:center; letter-spacing:2px;text-shadow:#000 1px 1px 1px; opacity:0.9;"> <b>Seu Nome Completo Aqui </b> </div> <br>


 


<div style="font-family:arial; text-align:justify; letter-spacing:2px; font-size:12px; color:#696969;padding:8px; opacity:0.9;">


<div style="font-family:Lily Script One; font-size:30px; color:#DAA520; text-align:center; letter-spacing:2px;text-shadow:#000 1px 1px 1px; opacity:0.9;"> <b>Dados do personagem</b> </div> <br>


[b][color=#C7C7C7]NOME COMPLETO (SEM ABREVIAÇÕES):[/color][/b] Seu nome aqui<br>


[b][color=#C7C7C7]IDADE:[/color][/b] Sua idade aqui<br>


[b][color=#C7C7C7]5 OU MAIS CARACTERÍSTICAS FÍSICAS:[/color][/b] Aqui <br>


[b][color=#C7C7C7]5 OU MAIS CARACTERÍSTICAS PSICOLÓGICAS:[/color][/b] Aqui <br>


[b][color=#C7C7C7]PESSOA USADA NO AVATAR (PP):[/color][/b] Aqui <br>


[b][color=#C7C7C7]COMO VOCÊ ENCONTROU ESTE FÓRUM? (RESPOSTA OPCIONAL):[/color][/b] Aqui <br>


 


<div style="font-family:Lily Script One; font-size:30px; color:#DAA520; text-align:center; letter-spacing:2px;text-shadow:#000 1px 1px 1px; opacity:0.9;"> <b>Dados da reclamação</b> </div> <br>


[b][color=#C7C7C7]POR QUAL DEUS VOCÊ DESEJA SER RECLAMADO?[/color][/b] Aqui<br>


[b][color=#C7C7C7]POR QUE QUER SER FILHO DE TAL DEUS(A)? ("MEU DEUS PREFERIDO" E "GOSTEI DOS PODERES" NÃO É RESPOSTA):[/color][/b] Aqui<br>


[b][color=#C7C7C7]CONTE SUA HISTÓRIA; DESDE SEU NASCIMENTO ATÉ QUANDO DESCOBRIU SER SEMIDEUS(MÍNIMO 30 LINHAS)[/color][/b] Aqui<br></div>
</center>


 
 


Seres da Natureza


 

Dados do personagem


NOME COMPLETO (SEM ABREVIAÇÕES): Seu nome aqui

IDADE: Sua idade aqui

5 OU MAIS CARACTERÍSTICAS FÍSICAS: Aqui

5 OU MAIS CARACTERÍSTICAS PSICOLÓGICAS: Aqui

PESSOA USADA NO AVATAR (PP): Aqui

COMO VOCÊ ENCONTROU ESTE FÓRUM? (RESPOSTA OPCIONAL): Aqui

 
Dados da reclamação


QUAL SER DA NATUREZA VOCÊ DESEJA SE TORNAR? Aqui

POR QUE ESCOLHEU TAL SER? ("É MEU SER PREFERIDO" NÃO SERÁ CONSIDERADO RESPOSTA) Aqui

NARRE UMA SITUAÇÃO/BATALHA AONDE DEMONSTRE SUAS HABILIDADES COMO O SER QUE ESCOLHEU(MÍNIMO 30 LINHAS) Aqui

 
 
------------------------------------------------------------------------------------
 
 
NENHUM TESTE QUE SEJA FEITO SEM O TEMPLATE SERÁ ACEITO.


COPIE O CÓDIGO INTEIRO OU CONSIDERAREMOS QUE NÃO FOI USADO O TEMPLATE.
PS: Os seres disponíveis são SÁTIROS, NÁIADES e DRÍADES.


 
 

Código:
<br><link href='http://fonts.googleapis.com/css?family=Lily+Script+One' rel='stylesheet' type='text/css'> <center><div style="border-right: 1px dotted #DAA520; border-left: 1px dotted #DAA520; border-radius:20px 20px;"> <br><div style="font-family:Lily Script One; font-size:50px; color:#DAA520; text-align:center; letter-spacing:2px;text-shadow:#000 1px 1px 1px; opacity:0.9;"> <b>Seu Nome Completo Aqui </b> </div> <br>


 


<div style="font-family:arial; text-align:justify; letter-spacing:2px; font-size:12px; color:#696969;padding:8px; opacity:0.9;">


<div style="font-family:Lily Script One; font-size:30px; color:#DAA520; text-align:center; letter-spacing:2px;text-shadow:#000 1px 1px 1px; opacity:0.9;"> <b>Dados do personagem</b> </div> <br>


[b][color=#C7C7C7]NOME COMPLETO (SEM ABREVIAÇÕES):[/color][/b] Seu nome aqui<br>


[b][color=#C7C7C7]IDADE:[/color][/b] Sua idade aqui<br>


[b][color=#C7C7C7]5 OU MAIS CARACTERÍSTICAS FÍSICAS:[/color][/b] Aqui <br>


[b][color=#C7C7C7]5 OU MAIS CARACTERÍSTICAS PSICOLÓGICAS:[/color][/b] Aqui <br>


[b][color=#C7C7C7]PESSOA USADA NO AVATAR (PP):[/color][/b] Aqui <br>


[b][color=#C7C7C7]COMO VOCÊ ENCONTROU ESTE FÓRUM? (RESPOSTA OPCIONAL):[/color][/b] Aqui <br>


 


<div style="font-family:Lily Script One; font-size:30px; color:#DAA520; text-align:center; letter-spacing:2px;text-shadow:#000 1px 1px 1px; opacity:0.9;"> <b>Dados da reclamação</b> </div> <br>


[b][color=#C7C7C7]QUAL SER VOCÊ DESEJA SE TORNAR?[/color][/b] Aqui<br>


[b][color=#C7C7C7]POR QUE ESCOLHEU TAL SER? ("É MEU SER PREFERIDO" NÃO SERA CONSIDERADO RESPOSTA)[/color][/b] Aqui<br>


[b][color=#C7C7C7]NARRE UMA SITUAÇÃO/BATALHA AONDE DEMONSTRE SUAS HABILIDADES COMO O SER QUE ESCOLHEU(MÍNIMO 30 LINHAS)[/color][/b] Aqui<br></div>
</center>



Última edição por Apolo em Qua Dez 10, 2014 11:44 am, editado 5 vez(es)

-------------------------------- PJ ϟ Olympian Alliance --------------------------------


Apolo



Deus do sol, da medicina, da música, da perfeição... ♫ Chato bagarai ♫  Dono do fórum ♫  Hot 8)

Credits: @ Polo
avatar
Apolo
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 630
Data de inscrição : 25/03/2013
Idade : 27
Localização : Olimpo

Ficha Meio-Sangue
Nível: Infinito
HP:
99999/99999  (99999/99999)
Arsenal:

Ver perfil do usuário http://pjoalliancebr.forumeiros.com.pt/  -qq

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fichas de reclamação

Mensagem por Vincent Morgan em Ter Nov 18, 2014 5:16 pm



Vincent Morgan

 


 





Dados do personagem




NOME COMPLETO (SEM ABREVIAÇÕES): Vincent Morgan



IDADE: 15



5 OU MAIS CARACTERÍSTICAS FÍSICAS: Vincent possui uma altura média de 1,74 e pesando 63 kg. Seu corpo é definido, mas não tanto, e é bastante ágil. Seus cabelos são negros e longos chegando até seu ombro, seus olhos são de um cinza frio e calculista, talvez a parte mais bonita de Vincent. Sempre está usando seu cordão com formato de uma foice que ganhara de sua mãe, ela dizia que iria lhe proteger de um perigo que estava se aproximando. Sua cor preferida era o preto, então estava sempre usando algo da cor preta, e também sempre usava uma touca de lã cinza para ir a escola.  



5 OU MAIS CARACTERÍSTICAS PSICOLÓGICAS: Vincent é um tanto estranho para sua idade, apesar disso, é bastante inteligente e divertido, mas apenas para aqueles que o conhecem realmente. Na maioria do dia, Vincent fica em seu canto isolado pois parecia que todos a sua volta sentiam medo do menino, até mesmo sua família, a única que não sentira medo de Vincent era sua mãe, que já estava morta. Em relação a sua mãe, que tinha uma forte ligação, ele sempre sofre uma crise pânico por alguns segundos, mas o mesmo tem tentado evitar esta crise tentando não pensar em sua mãe, o que torna muito difícil para ele.



PESSOA USADA NO AVATAR (PP): Avan Jogia



COMO VOCÊ ENCONTROU ESTE FÓRUM? (RESPOSTA OPCIONAL): Hm, estava apenas procurando por um fórum de Percy Jackson, já que não frequento um a bom tempo, então vim para este.



 


Dados da reclamação




QUAL DEUS(A) VOCÊ DESEJA SE TORNAR FILHO? Thanatos



POR QUE QUER SER FILHO DE TAL DEUS(A)("MEU DEUS PREFERIDO" E "GOSTEI DOS PODERES" NÃO É RESPOSTA)? Bom, tem vários motivos para ser filho de Thanatos, mas uma em especial é que eu gostei de sua história que, lógico, fez uma diferença enorme no mundo dos deuses. Como pro exemplo seu aprisionamento e a liberação de algumas almas para a terra, o que dificultou os guerreiros semi-deuses. Outro motivo é a criação de estilo de personagem que estou querendo montar ( caso a ficha seja aprovada –q ) e Thanatos seria perfeito para este papel, com seus poderes e presentes de reclamação.



CONTE SUA HISTÓRIA; DESDE SEU NASCIMENTO ATÉ QUANDO DESCOBRIU SER SEMIDEUS(MÍNIMO 30 LINHAS) A história de Vincent começou a ficar interessante quando tinha apenas seis anos, quando sua amada mãe morreu misteriosamente e o deixou uma carta pedindo desculpas. Ela apenas o deixou um cordão com um pingente em forma de foice e disse que iria lhe proteger em qualquer lugar que fosse. A partir desse dia, Vincent foi morar com seu tio que era bem insuportável. Essa parte de sua história é a mais confusa e sem detalhes, mas é era um passo importante em sua vida. E neste dia também teve dois acontecimentos que apenas ficaram nas sombras, que era o começo de sua crise de pânico e uma aura sinistra que ficava em volta do garoto, claro, era invisível a olho nu, mas parecia que apenas a alma sentia esta aura assustadora. Mas nenhum desses acontecimentos atrapalhou sua vida até completar quinze anos, que coincidência ou não, era o número de azar de Vincent. Voltando para o presente, era o dia do aniversário de azar do garoto, ele tinha acabado de se arrumar e a colocar seu pingente da sorte e partiu para sua escola. O tempo estava frio e a propósito, ele morava na cidade de Seattle. Ele começara a andar entre as sombras que apareciam mesmo estando um tempo nublado e frio, ele estava pensando em como teria que aturar mais um dia de aula, já que não tinha amigos e suspeitava que nem os professores gostavam de sua presença. As pessoas pareciam ter medo de sua presença, mas de fato, isso nunca o incomodou, talvez tivesse sido a melhor coisa de sua vida. Não gostava de pessoas muito escandalosas e naquela escola tinha de sobra. Finalmente conseguiu chegar ao portão de sua escola, mais um pouco não entraria, então foi direto para o seu armário pegar seus livros para a aula de ciências. Logo depois fora para a sala de aula - a pior parte da escola – e se sentou no fundo olhando para a janela enquanto esperava a aula terminar. A aula durou mais ou menos quatro horas e vinte minutos, contando com o recreio. Após sair de sua escola e seguir por dez metros, decidiu cortar caminho por um beco escuro e úmido. Seguiu metade do caminho normalmente, mas teve uma recaída de sua crise de pânico e logo caiu no chão suando e se contorcendo da dor psicológica. Parecia que não podia ficar pior do que sofrer uma crise de pânico em um beco escuro, mas podia. Ouvia-se algumas explosões e gritos vindo da rua, então Vincent tentara controlar sua crise, e de repente veio um garoto gritando para sair daquele beco e o mesmo estava segurando uma espada longa de pelo menos um metro como se fosse normal andar com um espada dessas pela rua. Quando Vincent ia falar com o maluco da espada, ele viu um corpo enorme correndo atrás do garoto, e aquele corpo carregava um machado de um metro e noventa e parecia bem pesado. O monstro, era o que Vincent pensava o que aquilo era, soltou um Muu bem alto que fez seus ouvidos doerem. Em alguns o garoto com a espada o alcançara e logo puxou sua mão para correr também, mesmo sendo estranho parecia querer salvar Vincent. Vincent tentou dialogar com o garoto.
- Então, o que diabos é aquilo?!
- Cara, eu sei que você deve estar confuso e tal, mas tem uma vaca de dois metros e meio correndo atrás da gente com um machado gigante tentando partir nossos corpos, acho que não é uma boa hora para conversar, certo?
   Ele tinha razão e então atravessaram o beco e o garoto da espada quebrou o vidro de um carro estacionado e depois fez uma ligação direta dando partida com o carro. O monstro seguiu o carro lado a lado, sua velocidade deixava o queixo de Vincent caído, como aquela criatura enorme pode ser tão rápida? Logo que os alcançou de vez, os atacou com uma investida que fez o carro ser jogado a dois metros, mas por sorte caiu em pé e nenhum dos dois tinham se machucado. Eles saíram do carro e logo tiveram que fugir, pois aquela criatura voltou a correr atrás deles. O garoto da espada praguejou em uma língua estranha, mas que Vincent parecia que entendia, muito estranho.
- Mas que droga de Minotauro , tinha que encontrar um logo aqui?!
O Minotauro  golpeou-os com seu enorme machado e por centímetros não arrancou a cabeça de Vincent. Mas o que ele não esperava é que tivesse o segundo golpe, o Minotauro  bateu sua mão pesada no corpo de Vincent que voou alguns metros e caiu tonto e com náusea e enxergava embaçado. Mesmo com a visão embaçado, conseguira ver o garoto enfrentando o Minotauro , ele era bastante veloz com aquela espada. Golpeava a barriga da criatura e depois rolava para o lado desviando do machado, golpeava novamente e assim seguiu por cinco minutos. Mas também foi atingido por um golpe surpresa e logo caiu com a cabeça cheia de sangue. Vincent pensou em várias coisas naquele momento, o porque de isto está acontecendo com ele, quem era aquele garoto, de onde tinha vindo aquela criatura chamada Minotauro ... Mas de uma coisa ele tinha certeza, tinha que ajudar o garoto e então agarrou seu pingente que tinha voado e o colocou no pescoço. Depois correu até o garoto e pegou sua espada emprestada e se virou para o Minotauro 
- Hey vaca gigante, será que você poderia deixar eu e meu amigo não amigo em paz? É, achava que não.
 Vincent se afastou cinco metros do garoto para não envolve-lo na luta e depois logo foi correndo em direção ao Minotauro , talvez não fosse uma coisa esperta a se fazer. Mas o Minotauro  também não era lá muito esperto, ele tentou atingir Vincent com o machado, mas o garoto apenas deu um salto para o lado direito e golpeou o braço em que o Minotauro  usava para pegar o machado tentando dificultar sua mobilidade. Mas parecia nem surtir efeito, dessa vez o Minotauro  tentou acertá-lo um golpe horizontal, mas Vincent apenas se abaixou e acertou um corte nas duas pernas do Minotauro  e dessa vez ele sentiu. Era a hora certa para atacar. Vincent começou a correr em linha reta na direção do Minotauro  e quando chegou a um metro o Minotauro  tentou agarrá-lo, mas ele apenas deslizou para debaixo do Minotauro  e acertou um corte profundo na pata direita da criatura que ficou de joelhos. Então Vincent se virou e rapidamente finalizou o serviço, fincou a espada nas costas do Minotauro que soltou um longo e triste Muu e depois se desfez em pó. Vincent caiu de joelhos e sua respiração estava bem acelerada, sua visão também estava embaçada, mas o garota da espada estava caído ensanguentado, precisava de ajuda. O carro estava funcionando e o garoto também estava acordado, ele disse uma loucura sobre deuses e monstros, mas depois daquilo não poderia duvidar. Vincent seguiu as instruções do Garoto que se chamava Beck, e essas instruções deu em um acampamento chamado Acampamento Meio – Sangue, e lá ele foi curado e disseram que ia ser reclamado à noite na fogueira e ele estava bem nervoso para saber quem seria seu pai. Outra coisa que achou estranho era como ele tinha aceitado isso tão fácil, talvez se sentia em casa.  




PS: O teste de reclamação é somente para deuses OLIMPIANOS e deuses MENORES. Filhos dos três grandes requer um TESTE ESPECIAL.
PPS: Templates nos teste para deus são terminantemente proibidos.





avatar
Vincent Morgan
Meio-Sangues Indefinidos
Meio-Sangues Indefinidos

Mensagens : 1
Data de inscrição : 18/11/2014

Ficha Meio-Sangue
Nível: 1
HP:
100/100  (100/100)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fichas de reclamação

Mensagem por Héstia em Qua Nov 19, 2014 5:04 pm

Vincent, eu não sei bem por onde começar. Bom, as suas respostas estão boas e por elas eu aceitaria. Mas, a sua história ficou muito confusa de ler, um pouco diferente das que eu já li e bem rápida, e contem alguns errinhos de escrita e pontuação. Muitos causados por falta de atenção, como “o menina”. Além da repetição de algumas palavras. 
E o final me deixou totalmente confusa. Você repetiu a palavra “ele” e eu não sabia de quem você estava falando, já que resolveu narrar na terceira pessoa. Sugiro que refaça o test e dessa vez tente separar a história em parágrafos e separar as falas também, nem que seja apenas destaca-las com outra cor, ou pular uma linha. E que preste mais atenção nesses pequenos detalhes que faz tanta diferença. Leia e releia quantas vezes precisar ou use algum corretor ortográfico como o Word.   


Reprovado

-------------------------------- PJ ϟ Olympian Alliance --------------------------------

 Héstia

Deusa da Família e do Lar.
avatar
Héstia
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 24
Data de inscrição : 09/02/2014
Localização : No Olimpo

Ficha Meio-Sangue
Nível: ∞
HP:
100/100  (100/100)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fichas de reclamação

Mensagem por James Lancaster em Qui Nov 27, 2014 6:51 am



James Lancaster

 


Dados do personagem


NOME COMPLETO (SEM ABREVIAÇÕES):  James Lancaster

IDADE:17

5 OU MAIS CARACTERÍSTICAS FÍSICAS: Não é muito alto(cerca de 1,67), cabelos loiros ondulados e olhos profundos de um marrom escuro, quase negros. Forte, com braços e pernas musculosos e dedos finos não muito compridos nas mãos

5 OU MAIS CARACTERÍSTICAS PSICOLÓGICAS: Não costuma confiar muito nas pessoas, mas quando alguém ganha sua confiança, se torna extremamente leal. Costuma falar muito e tenta ser engraçado, tentando passar confiança e conhecer com quem anda, mas está geralmente pensando em várias outras coisas e analisando as pessoas ao seu redor. Não se intimida em combate, ficando calmo e focado. Perfeccionista com o que gosta, é extremamente competitivo quando está batalhando e  adora implicar com seus inimigos para distraí-los e irritá-los. É gentil e atencioso para com seus amigos.

PESSOA USADA NO AVATAR (PP): Evan Peters

COMO VOCÊ ENCONTROU ESTE FÓRUM? (RESPOSTA OPCIONAL): Busca por Fóruns de RPG na net.


Dados da reclamação


QUAL DEUS(A) VOCÊ DESEJA SE TORNAR FILHO? Macária

POR QUE QUER SER FILHO DE TAL DEUS(A)("MEU DEUS PREFERIDO" E "GOSTEI DOS PODERES" NÃO É RESPOSTA)? A Deusa me agrada. Como a deusa do boa morte, ela é a melhor das coisas que poderia acontecer para qualquer um que está, bem..morrendo. Representa que mesmo de uma coisa ruim, ainda pode vir algo bom. Como uma boa mãe, ela te acolhe no momento de dificuldade, mas continua sendo rígida como uma figura materna deve ser.

CONTE SUA HISTÓRIA; DESDE SEU NASCIMENTO ATÉ QUANDO DESCOBRIU SER SEMIDEUS(MÍNIMO 30 LINHAS) 
A vida de James não fora de toda ruim. Apesar de não ter conhecido sua mãe, seu pai, Ethan, era relativamente presente. E com presente, queremos dizer que ele lhe dava tudo que pedia, como uma forma de comprar seu amor. O garoto fazia parte de uma família rica e reconhecida na Inglaterra, os Lancaster, o que tornava a vida do garoto incrivelmente.. Vazia. Nunca teve pessoas com quem pudesse realmente contar, e sim gente que gostava do seu dinheiro. Não que James fosse mimados, exatamente pelo contrário, tentava se manter extremamente longe da vida que seu pai queria dar, dormindo vez ou outra fora de casa. A única coisa que aceitava do pai eram as oportunidades. Sempre era matriculado nas melhores escolas, desde seus cinco anos. Claro, acabava por não ficar mais de 2 bimestres em nenhuma, mas ainda assim, conseguia tirar o melhor de onde estudava.

Porém, a única coisa que seu pai lhe dava ao qual se adaptava perfeitamente, eram as aulas de esgrima. Com uma espada, ele se sentia completo. Era como se tivesse um talento nato para o combate com lâminas. Ethan decidiu investir nessa maneira de deixar o filho ocupado e não destruindo patrimônios públicos, e contratou vários professores para que ensinassem e aprimorassem os dons do garotos com a espada, kendo, esgrima clássica, tudo realizado com excepcional perfeição por ele. Nessa época, por volta de seus 12 anos, James o havia e seu pai se mudaram para os Estados Unidos, deixando de uma vez por toda Londres e todas as escolas que o garoto havia frequentado. 

Estavam arrumando as malas, se preparando para a viagem algumas horas antes de embarcar. A maioria das malas já tinham sido arrumadas por empregados do casarão, mas eles gostavam de guardar algumas roupas por eles mesmo quando viajavam, como forma de passarem um tempo junto. James quase nunca via seu pai, muito menos de bom humor, mas naquele dia ele parecia ridiculamente feliz. Seu terno cor de chumbo  sem gravata e camisa branca estava perfeitamente passado e se adaptavam ao seu corpo magro. O sapato preto, que devia ter sido engraxado no minuto anterior pelo brilho combinava perfeitamente com a roupa. Ele havia herdado os mesmo cabelos de seu pai, mas não tinha tido a mesma sorte com os olhos, olhos azuis que  ele invejava por demonstrarem extrema confiança e serem belos. O homem sorria e assobiava alegremente, flexionando sua mandíbula e mostrando o rosto anguloso e a boca fina.

- Temos mesmo que ir pra América? - o filho perguntou e soltou um suspiro - Sabe, vou acabar deixando todos os meus amigos por aqui.

Ethan sorriu e olhou para o filho enquanto dobrava uma calça social e a guardava numa mala preta com rodinhas.

- Não sabia que tinha amigos por aqui. Não sabia nem que você falava com as pessoas.

- É claro que falo - ele disse se jogando na cama do quarto do pai - Eu estou falando com você agora, e essa ultima escola nem é tão má assim.

- Então fez amigos por lá?

James ficou sem graça por um momento, depois abriu um sorriso, tentando disfarçar a situação. Não iria mentir para o pai, mas não queria voltar à conversa de "Você tem que arranjar uns amigos garoto" que seu pai sempre acabava começando.

-Não - ele assumiu - mas eu já tenho amigos. Pode ver, o Misaki é um cara super legal, nos damos super bem.

- Misaki é só seu professor de Kendo, e ele mal fala a nossa língua - disse o pai segurando o riso. - Tudo que ele sabe sobre nós se resume a chá e a Rainha Elizabeth.

-Não é verdade - ele disse sério - Ele fala de Beatles também. Só consegue dizer Let it be, mas acho que conta.
 Ambos se encararam e começaram a rir como dois idiotas. James desejava que o pai tivesse mais tempo pra ele, mas talvez, esses pequenos momentos não fossem tão especiais quanto eram para os dois.

- Hey - o pai disse sorrindo, mas seu telefone tocou, e olhando o visor do aparelho, sua expressão ficou negra - quando terminar de se arrumar e colocar suas coisas na mochila, vá pro salão de entrada. Vou te esperar na biblioteca.

Ele fez como o pai mandou, embora ele já estivesse quase tudo pronto. Havia vestido uma camisa simples branca e uma calça jeans preta surrada, com seus tênis all star de mesma cor. Colocou um casaco preto de algodão que tinha um número 71 desenhado na frente, jogou seu fone de ouvido na mochila(que tinha mais uma muda de roupa, um saco de batatas e um iPod pouco usado) e se dirigiu ao ponto de encontro com o pai. Desceu as escadas da mansão, rapidamente pulando os degraus de pedras negras polidas até chegar num enorme salão, enfeitado com armaduras, escudos, espadas, tudo de aço. as paredes pareciam de blocos de pedra antiga, mas ainda assim muito resistentes, adornadas com estandartes verdes e vermelhos. O piso era de azulejos dourados e polidos, onde ele conseguia ver seu reflexo. Uma sala incrivelmente linda, mas igualmente vazia. James seguiu até a biblioteca, onde viu pela porta entre aberta seu pai falar ao telefone com uma expressão de medo, e o que parecia tristeza.

- Escute, por favor - ele dizia baixinho e de forma paciente - eu sei, sei da promessa que fiz à mãe dele. Não, ele não desconfia de nada. Por favor, diga que vão cuidar bem dele..

James adentrou a biblioteca(que por sinal, era enorme) e viu o pai sentado em uma escrivaninha de mogno muito bem trabalhada, que ficava ao lado da área de mitologia grega. Ele ainda segurava o telefone, mas virou, e ao ver o filho, parecia inclinado a jogar o aparelho no chão e nunca mais falar no assunto. Na outra mão, segurava um livro de capa vinho, antigo e grosso. Ele imaginava que fossem sobre os mitos gregos, apesar de não conseguir ler bem o que estava escrito. Um livro de mitologia, talvez?

- Era o cara da escola nova - James perguntou, apesar de ter certeza que não.

- Ahn? - o pai desligou e guardou rapidamente o celular, com um misto de confusão e pressa - Isso, claro, o diretor da escola pra onde vai.

- E... O que ele tem a ver com minha mãe?

Ethan desabou. Sua expressão de confusão se tornou tristeza. Olhou para o filho como se sentisse pena e saudade, como se fosse um mero fantasma em sua frente.


- Acho - ele desviou o olhar para o chão, e parecia perdido em seus pensamentos, sem saber o que fazer - acho que chegou a hora sobre falar da sua mãe. Sei que me esquivei por muito tempo desse assunto..Mas..sua mãe..ela não está morta. Nem teria como ela morrer, na verdade.

Isso era um pouco mais do que James esperava. Gostava da ideia de sua mãe não ter morrido, mas não sabia se gostava de ter alguém que o abandonou.


- Espera..disse que ela não pode morrer? Onde ela esteve esse tempo todo?

Seu pai suspirou.

- Essa é a parte complicada...Ela é uma deusa. Uma deusa grega. e bem..de acordo com os mitos, ela vive no submundo. essa viagem..bem, ela não é só pelo meu trabalho. Eu fiz uma promessa..eu tenho que te levar pra uma espécie de acampamento, onde vai poder treinar com outros como você, outros semideuses.

James não sabia se ria ou chorava. Ele não parecia estar mentindo,mas aquela verdade parecia irreal demais. Ele olhou nos olhos do seu progenitor, que pareciam distantes.

- Olha, eu sei que parece loucura - ele continuou - mas eu te juro que é a verdade filho. Venho tentando te preparar, contando sobre os mitos e os monstros, ensinando alguma forma de se defender,e nunca ficamos no mesmo lugar para não sermos atacados por monstros. Esse mundo é real, infelizmente.

O garoto ficou tonto. Era muita informação. Não sabia se acreditava ou não, mas suas habilidades com espadas não pareciam ser algo completamente humano. Disso não tinha dúvida.

- E.. Qual deusa é minha mãe? Disse que ela vive no submundo..Perséfone?

Ethan balançou a cabeça negativamente.

- Conheci ela num asilo, quando fui visitar seu avô. Ela era linda, e tinha um sorriso frio, mas ainda parecia gentil. Uma semana depois ela estava no enterro do meu pai. Achei que fosse uma amiga, ou a enfermeira dele..mas não. Nos apaixonamos..e etão você veio - sua voz se embargou, e ele parecia estar a ponto de chorar - e quando ela me deu você.. me disse quem era.

- Macária - James disse instantaneamente - a deusa da boa morte, da morte no sono. Lembro dos mitos.

- Sim - o pai enxugou as lágrimas e se pôs de pé - fiz uma promessa a ela, de te levar ao acampamento para que pudesse ficar a salvo.

James abraçou o pai com força, e o mesmo pareceu se acalmar, deixar de lado toda a tristeza acumulada pelo abandono da mulher amada pareciam estar deixando seu corpo lentamente. O livro que Ethan segurava foi posto na escrivaninha, e se abriu numa página marcada que falava sobre a cria de Hades e Perséfone.

- Então vamos a esse acampamento - James disse dando um sorriso falso para seu pai - e eu vou ficar bem, e vou manter contato, pode ficar tranquilo.

E os dois subiram no jatinho dos Lancaster e se dirigiram à Nova York, onde James encontraria suas maiores provações e seus melhores amigos.

PS: O teste de reclamação é somente para deuses OLIMPIANOS e deuses MENORES. Filhos dos três grandes requer um TESTE ESPECIAL.
 PPS: Templates nos teste para deus são terminantemente proibidos.


-------------------------------- PJ ϟ Olympian Alliance --------------------------------

avatar
James Lancaster
Filhos De Macária
Filhos De Macária

Mensagens : 3
Data de inscrição : 25/11/2014
Idade : 20
Localização : Camp Half-blood

Ficha Meio-Sangue
Nível: 2
HP:
100/105  (100/105)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fichas de reclamação

Mensagem por Héstia em Qui Nov 27, 2014 4:44 pm

James, sua ficha está boa. Alguns errinhos, mas nada grave, eles são mais por falta de atenção. Digamos que você “comeu” algumas letras.  Gostei da sua história, ela ficou bem contada. Senti falta de um pouco mais de emoção, não teve nenhuma luta (pena) e você não contou como chegou ao acampamento.  Vou te aprovar, pois acho que você consegue mais do que isso, então não me desaponte.  
Aprovado

-------------------------------- PJ ϟ Olympian Alliance --------------------------------

 Héstia

Deusa da Família e do Lar.
avatar
Héstia
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 24
Data de inscrição : 09/02/2014
Localização : No Olimpo

Ficha Meio-Sangue
Nível: ∞
HP:
100/100  (100/100)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fichas de reclamação

Mensagem por Kim Soo-Yeon em Qui Dez 04, 2014 12:09 pm



Kim Soo-Yeon










Dados do personagem




NOME COMPLETO (SEM ABREVIAÇÕES): Kim Soo-Yeon



IDADE: 17 Anos



5 OU MAIS CARACTERÍSTICAS FÍSICAS:  Consideravelmente alta e com o corpo muito bem distribuído. Não é avantajada como a maioria das mulheres, porém o pouco que tem é o suficiente para fazer de Soo-Yeon uma preciosidade. Cabelos enegrecidos, entretanto o negro não é constante pois ela sempre está tingindo os cabelos. Olhos profundos e lábis carnudos, expressão ríspida naturalmente. Beleza inquestionável.



5 OU MAIS CARACTERÍSTICAS PSICOLÓGICAS: “Sou um ser pútrido como uma ferida infeccionada, um beco onde crianças inocentes são estupradas e mortas, uma mente que só tem pulsão de morte, sou um abismo devorador de almas, sou suja, fétida, nojenta, sou toda a podridão das ruas que vão parar no fundo do rio. Eu contamino mentes, destinos, lugares; destruo vidas que tinha chances de dar certo, eu nunca dei certo e nem errado, eu sempre fui meio termo, meio lá no caos, meio lá no inferno de almas corrompidas. Eu olho o fogo e sinto calmamente ele queimar minhas vísceras, sem medo algum, minhas retinas são mortas não esboçam sentimentos. Trago a morte implícita no rosto, sou um ser vago como uma noite sem estrelas. Fui constituída do caos, da dor, das rejeições e proibições do mundo. Não tinha memória nenhuma de afeto positivo, nasci pronta para morrer e jamais senti o gosto da vida. Um ser de alma escura, onde nem a luz do sol chegava, tenho uma camada de desafeto que impede que qualquer coisa boa entre em meu corpo. O mundo sempre foi insensível e ríspido comigo, então não aprendi a ser diferente. Sou esposa da dor e amante da solidão. Personalidade absurdamente negra.”




PESSOA USADA NO AVATAR (PP): Kim Tae-Yeon



COMO VOCÊ ENCONTROU ESTE FÓRUM? (RESPOSTA OPCIONAL): Diretório do forumeiros






Dados da reclamação




QUAL DEUS(A) VOCÊ DESEJA SE TORNAR FILHO? Thanatos



POR QUE QUER SER FILHO DE TAL DEUS(A)("MEU DEUS PREFERIDO" E "GOSTEI DOS PODERES" NÃO É RESPOSTA)?  O  motivo de ter escolhido Thanatos é por que a morte realmente me fascina, ela faz parte do ciclo da vida, é algo que embora triste, particularmente me fascina muito, me desperta curiosidade ela e as coisas relacionadas à tal. E acho que por conta disso, deveria tentar um personagem prole da personificação da morte, um personagem que me proporcionalize mais desejo e conforto em jogar.



CONTE SUA HISTÓRIA; DESDE SEU NASCIMENTO ATÉ QUANDO DESCOBRIU SER SEMIDEUS(MÍNIMO 30 LINHAS) Uma criança que perdeu a vida ainda no útero de sua mãe, e sobrevivia oscilando entre a vida e a morte. Era um caso perdido. O que restava para a família era a desgraça de ter um feto morto antes mesmo de seu nascimento. Yulia e Lee, em um ato desesperador e inconsciente, clamaram ajuda à um demônio, ocultamente Yulia clamou a ajuda do verdadeiro pai de Soo-Yeon: Thanatos, o deus da morte. Dando-lhe a sua vida pelo feto vivo. Em exatos dois minutos para meia-noite Yulia voltava a sentir dores do parto, sozinha, em frente a um riacho. De águas límpidas o sangue se fez presente e do desespero um bebê nasceu. Yulia a tomou nos braços e ergueu-a, aos prantos. Não aconteceu como o acordo. Eis que os olhos da pequena enegreceram-se e por fim o choro tão esperado ecoou no riacho. A criança cresceu saudável e com mais vida do que muitos. O nome que lhe fora dado era Soo-Yeon. Mulher de personalidade absurdamente negra, assim como seu interior fúnebre. Lee havia falecido. Thanatos levou-o pela vida prometida de Yulia. A mulher ainda havia muito o que contar e fazer por sua filha. Yulia bobamente acreditou ter domínio sobre a pequena, esqueceu-se que ao ofertar/entregar a alma/o corpo desta para Thanatos, ela já não a pertencia desde o primeiro choro. Seus poderes e sua força fora aparecendo conforme os anos se passavam. Agora adulta e imbátivel, princesa do fogo. Deusa magnífica de tortuosas trilhas em sua lúgubre mente repleta de segredos melindrosos. Treinada para matar. Criada para destruir. Guardiã de um legado envolto ao reino dos mortos. Ceifeira. Soo-Yeon era a filha da morte.


[...]


Essa que vos olha dentre todos é a lástima e o riso do abismo. Nomeada Soo-Yeon, um nome visivelmente diferente e forte por detrás toda uma história com fragmentos malignos em meio a poucos vestígios de felicidade. Permitira-se pertencer a um mundo deveras perigoso, sanguinário e devorador. As vidas pertencentes a ela eram demolidas e remodeladas, semelhava-se aos ceifeiros, admirava-os entretanto com suas asas negras roubando esperanças, chances, vidas, almas. Revigorada sentia-se entre a escuridão assombrosa, as vozes, os espíritos, a dor, a morte. Tateou os bolsos do sobretudo a procura de seu maço de cigarros e isqueiro, com nenhum motivo para aumentar os passos demasiadamente, Soo-Yeon parou e procurou o que queria com mais calma. Levou o cigarro aos lábios e a chama fez seus olhos brilharem, refletindo a ponta do cigarro que logo foi aceso. ─ Ora, ora… a senhora está aí. ─ Disse com o timbre medianamente grave e rouco. Tragou. ─ Conte-me a verdade. ─ Pediu. Era o momento dos esclarecimentos. Soo-Yeon estava confusa sobre a habilidade que possuía com uma foice. Não só. Mas a habilidade oculta que possuía em trazer o medo aos que a rodeavam. Expressões faciais não lhe eram convincentes. ─ Teu pai, digo, progenitor real, é um deus. E tu é uma semideusa. Orgulhe-se. Entretanto este é Thanatos. O conhece das histórias mitológicas, Soo. ─ Dizia Yulia como receio pela reação da filha. ─ Meu… pai é o deus da morte? Mas como? ─ Indagou. ─ Apenas ouça. Tu tens que ir para o acampamento meio-sangue. Lá estará segura. Lá ele estará olhando por ti. Criei-te até aqui pois consegui concluir a missão dada por teu pai. Mas agora é a vez dele. Tu corre perigo e não pode mais continuar exposta. Pegue tuas coisas, armas e vá. Aqui está o caminho. A levarei até determinado ponto, após não posso pois correrei perigo. Tu saberá o que fazer. ─ Yulia explicou e entregou-a uma foice e uma corrente. Sabia que Soo-Yeon era melhor com brigas/lutas cara a cara. E assim a jovem fez.



PS: O teste de reclamação é somente para deuses OLIMPIANOS e deuses MENORES. Filhos dos três grandes requer um TESTE ESPECIAL.
PPS: Templates nos teste para deus são terminantemente proibidos.





avatar
Kim Soo-Yeon
Meio-Sangues Indefinidos
Meio-Sangues Indefinidos

Mensagens : 1
Data de inscrição : 04/12/2014
Idade : 20
Localização : Chalé 19

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fichas de reclamação

Mensagem por  em Qui Dez 04, 2014 1:59 pm

 - REPROVADA - 

As características e parte da história, são uma cópia de outro fórum, e isso não é permitido. Aproveito para dizer que a história após o nascimento dela, está bem rasa e sem elementos. 

-------------------------------- PJ ϟ Olympian Alliance --------------------------------

Deus dos bosques e dos animais | campos e música rústica | líder dos sátiros e ninfas epigéias
 
Lord Pã
 ~ Liberdade é pouco. O que desejo ainda não tem nome. ~
avatar
Deuses Menores
Deuses Menores

Mensagens : 123
Data de inscrição : 15/07/2013
Idade : 22
Localização : Bosques Tremeluzentes.

Ficha Meio-Sangue
Nível: Infinito
HP:
999999/999999  (999999/999999)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fichas de reclamação

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum