Percy Jackson Olympian Alliance

teste de reclamação

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

teste de reclamação

Mensagem por Amelia Wentz em Qua Mar 05, 2014 3:11 am



Amelia Wentz

 



Dados do personagem


NOME COMPLETO (SEM ABREVIAÇÕES): Amelia Elizabeth Wentz

IDADE: 16

5 OU MAIS CARACTERÍSTICAS FÍSICAS: Meus cabelos são longos e castanhos, assim como meus olhos. Não sou muito alta, tenho apenas 1,57 de altura. Alguns dizem que meu rosto é bonito, outros, que tenho o nariz engraçado. Não posso deixar de me questionar se sou magra ou gorda. Acho que estou entre os dois. Minha boca é fina, e minhas sobrancelhas arqueadas. Uma característica que todos sempre notam em mim são as minhas "covinhas".

5 OU MAIS CARACTERÍSTICAS PSICOLÓGICAS: Meus amigos sempre me dizem que sou muito lerda e distraída, que estou sempre nas nuvens e quase nunca entendo as coisas. Mesmo assim, quando uma pessoa não entende o que estou explicando de primeira, perco minha paciência, portanto, sou impaciente. Tenho um bom senso de humor, fazendo piadas e trocadilhos todos os dias. Também sou perfeccionista, tudo que eu faço tem que sair do melhor jeito possível. Tento tratar meus amigos do jeito mais amigável que consigo.

PESSOA USADA NO AVATAR (PP): Jenna-Louise Coleman

COMO VOCÊ ENCONTROU ESTE FÓRUM? (RESPOSTA OPCIONAL): Meu amigo me recomendou.


Dados da reclamação


QUAL DEUS(A) VOCÊ DESEJA SE TORNAR FILHO? Apolo

POR QUE QUER SER FILHO DE TAL DEUS(A)("MEU DEUS PREFERIDO" E "GOSTEI DOS PODERES" NÃO É RESPOSTA)? Gosto de artes, música e literatura. Também acho que Apolo têm a melhor personalidade entre os deuses.

CONTE SUA HISTÓRIA; DESDE SEU NASCIMENTO ATÉ QUANDO DESCOBRIU SER SEMIDEUS(MÍNIMO 30 LINHAS) Para falar a verdade,  eu tecnicamente sei que sou uma semideusa desde pequena. Mamãe me contou antes de morrer por causa de seu câncer e me mandar para a casa dos meus tios, na Flórida. Me mudar de um lugar frio como Toledo para Miami foi difícil, e demorei muito para me acostumar. Mas, claro que com minha pouca idade, não entendi suas últimas palavras: "Ames, você é filha de um Deus. Você ainda vai deixar seu pai orgulhoso.", portanto passei toda minha infância perguntando a tia Emily e ao tio Henry o seu significado. Cansados, resolveram me largar na rua aos dez anos, o que me deixou surpresa e, ao mesmo tempo, decepcionada. Mesmo assim, tive que seguir em frente, então peguei minhas coisas e fui embora.
Por vários dias, vivi nas ruas, dependendo do dinheiro de homens e mulheres que passavam por mim e tinham pena. "Não preciso do seu dinheiro", eu pensava. Como sou muito orgulhosa, depois de um tempo passei a não aceitar mais, e aos poucos fui definhando. Até que meu sátiro (menino-cabra, como chamei ele quando nos conhecemos) chegou.
Estava sentada em um beco, brincando com algumas tiras de tecido que encontrei por perto, quando um menino de aproximadamente 15 anos chegou. "O que você quer?" perguntei. "Amelia Elizabeth Wentz, 10 anos, não?" "Exato." respondi. "Por quê? Como você sabe disso?" pergunto agressivamente. "Eu vim... te buscar." "Para quê? Onde você quer me levar?" Ele me olha, confuso. "Você não sabe?" "Não. Eu devia? Desde que meus tios me jogaram para fora de casa, não preciso ser levada a lugar algum. Posso cuidar de mim mesma." "Não, não é isso. Olhe, meu nome é Pete. Sente, vou te contar uma história." E então, ele me contou a devastadora verdade. Eu era uma meio-sangue, como chamam os filhos de deuses gregos com humanos. Já que minha mãe era a mortal, chegamos à conclusão de que meu pai é um Deus, porém ainda não sabemos qual. Esse acampamento de qual Pete falou é um lugar para "pessoas como nós", pois assim como existem deuses há monstros, que, basicamente, querem me comer temperada no jantar. Esse lugar foi criado para nos proteger dos tais monstros, e o menino-cabra foi enviado até mim para me levar até lá. Até Manhattan.
Levamos aproximadamente um mês para chegar. Fomos até atacados por um bicho que parece o animal de estimação do diabo, que Pete chama de empousai. Credo. Surpreendemente, a mochila que levava consigo tinha muita comida e abrigo, como se fosse maior por dentro. Que nem a TARDIS, da série que eu costumava assistir com meu primo, Doctor Who. Enfim, desse jeito, não nos faltava nada, e conseguíamos viver confortáveis (para alguém que mora nas ruas) todos os dias.
Quando finalmente chegamos ao tal acampamento, fiquei boquiaberta. O lugar era gigante. Vários outros sátiros nos receberam gentilmente, assim como vários campistas. Um deles, chamado Austin, se ofereceu para me mostrar o lugar, e naturalmente eu aceitei. O lugar era realmente incrível. Vários pegasus voavam em círculos pelo céu, e o ar tinha cheiro de morangos. A casa grande, como chamam o lugar onde o chefe do acampamente Dioniso (sim, o deus do Vinho) fica, era azul com acabamento em branco. Dava para ver os campos ao longe. No mesmo dia, descobri que Apolo era meu pai, enquanto comíamos doces ao redor da fogueira.

 

PS: O teste de reclamação é somente para deuses OLIMPIANOS e deuses MENORES. Filhos dos três grandes requer um TESTE ESPECIAL.
PPS: Templates nos teste para deus são terminantemente proibidos.


avatar
Amelia Wentz
Filhos De Poseidon
Filhos De Poseidon

Mensagens : 1
Data de inscrição : 04/03/2014
Idade : 19

Ficha Meio-Sangue
Nível: 1
HP:
100/100  (100/100)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum