Percy Jackson Olympian Alliance

Fichas de reclamação.

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Fichas de reclamação.

Mensagem por Arthur Baron em Seg Mar 10, 2014 10:15 pm



Arthur Baron



Dados do personagem


NOME COMPLETO (SEM ABREVIAÇÕES): Arthur Baron

IDADE: 15

5 OU MAIS CARACTERÍSTICAS FÍSICAS: Arthur é um garoto que possui uma estatura baixa e um corpo magro e esguio, mesmo sendo menino possui um corpo um pouco afeminado devido a magreza, possui cabelos loiros e olhos azuis, boca fina e nariz fino e pele extremamente branca, mesmo sendo magro é dono de um belo corpo que juntamente com seu rosto, rezulta em uma beleza extraordinária e de aparência frágil.

5 OU MAIS CARACTERÍSTICAS PSICOLÓGICAS: Arthur é um garoto dócil e passivo, extremamente gentil e doce, até obviamente que o destratem, nessas ocasiões um Arthur bravo e irritadiço se mostra, um pouco irônico, mas mesmo assim preferi a conversa do que partir para violência.

PESSOA USADA NO AVATAR (PP): Daniel Sharmam

COMO VOCÊ ENCONTROU ESTE FÓRUM? (RESPOSTA OPCIONAL): Google

Dados da reclamação


QUAL DEUS(A) VOCÊ DESEJA SE TORNAR FILHO? Afrodite

POR QUE QUER SER FILHO DE TAL DEUS(A)("MEU DEUS PREFERIDO" E "GOSTEI DOS PODERES" NÃO É RESPOSTA)? Devido a historia de seu nascimento e também as suas características o amor e a beleza que me chamaram a atenção e por isso a escolhi.

CONTE SUA HISTÓRIA; DESDE SEU NASCIMENTO ATÉ QUANDO DESCOBRIU SER SEMIDEUS(MÍNIMO 30 LINHAS)
"Ele vai conseguir" _ "Ele vai sobreviver" - Era o que todos diziam, mas nem todo poder, dinheiro e fama pode salvar meu pai do câncer. Indústrias Maldor, um império criado a mais de cinco gerações, os maiores produtores de maquiagem do mundo, foi o que disseram pra mim cinco minutos após o sepultamento dele. " Você como o único filho, ira governar tudo isso" - Falou o grande homem, com vestes negras e largas - " M-mas e-eu não quero nada disso" - Falei entre os soluços, aquele homem me assustava - "Claro que quer,mas isso ainda está longe de acontecer, você ainda tem oque?" - Falou o homem -"13" -Digo quase em um sussurro -"Quando atingir os 18 você assumirá a empresa, enquanto isso eu ficarei em sei lugar e você, irá morar com sua avó nos U.S.A., isso é tudo" - Fala e sai da sala em seguida, me deixando só e ainda aos prantos.


Dois anos depois.

" Estou em uma rua escura, a única coisa que pode ser ouvida é o barulho das buzinas dos carros, com certeza estou na cidade que não dorme, desperto desses pensamentos quando vejo uma bela mulher a andar em minha direção, a mesma estava divinamente bem vestida, deveria ser um Versace, ela se aproxima mais e toca meus cabelos loiros e me fita com olhos carregados de emoções, 'Uma mulher tão jovem,mas que possui olhos tão velhos' - penso a fita la também. - Você é tão lindo - Fala e acariciá meus rosto. ' Eu em veia, da fruta que você gosta, eu chupo até o talo ' - penso e antes que a responda, sou interrompido por um barulho e antes que eu perceba,a luz invade os meus olhos, estava sonhando e com a mesma mulher que sonho a um ano."
- Bom dia. -Diz minha avó uma mulher de 60 anos, mas que ainda possui umas beleza jovial e invejeda pelas mais belas mulhres.- É melhor ir logo para o banho, se não vai se atrasar.
- Sim sonhara capitã. -Digo e me levanto da cama, começo a marchar igual a um soldado, indo em direção ao banheiro. - 1,2,3,4,1,2,3,4.- Digo causando risos em minha vó.
Entro no banheiro, me olho um pouco no espelho,me encaro na realidade, meus cabelos loiros perfeitamente alinados, minha pele pálida de tão branca, labios finos, sendo o lábio inferior um pouco mais carnudo por assim dizer e meus olhos azuis,tão claros e indecifráveis como diz minha vó. A banheira estava recém preparada, 'como eu amo minha avó' - penso ao encarar a banheira com a água no ponto que eu gosto, sem muito tempo a perder entro nela e começo a me banhar aos poucos.
Agora devidamente limpo e uniformizado saio de casa e dou um leve aceno de partida a minha avó, coloco meus fones, seleciono Gods And Monsters - Lana Del Rey e a melódia doce e sombria, começa a tocar. No caminho vou observando as grandes construcoes,grandes e ricas, alguns minutos depois chego a escola,pública mas possui a melhor preparação e ensino do país. Mesmo possuindo um grande patrimônio, prefiro viver uma vida simplista e com seus momentos, do que uma vida cheia de futilidades e dinheiro como era a vida do meu pai.
Sento no fundo da sala e espero o meu amigo e também o causador de minhas bochechas ficarem vermelhas e meu coração apertar, Eite Müller o garoto mais bonito, sensual e popular da escola, mas que por motivos desconhecidos é amigo do "garoto esquisito, solitário e extremamente bonito" fama dada a mim pelas mimi-vacas, digo garotas da minha escola.Quando pela décima vez olho para porta o a visto, o mesmo tinha seus olhos sobre mim, o que me causou um rubror. Eite se senta ao meu lado e me deseja bom dia dando um daqueles enormes e brilhantes sorrisos o respondo com um sorriso e o desejo o mesmo,mas antes que pudéssemos puxar assunto a professora chega e nossa como eu a odeio, de todos os professores ela é a única que mesmo sabendo do meu defitice de atenção, não tenta aprofundar o conteúdo comigo em residência, mas fazer o que ne?.

Horas depois.

Eite e eu estávamos deitados em minha cama falando sobre coisas sem importância, até que minha avó chega e Eite a chama para conversar na sala e os dois seguem em silencio ate lá, depois de alguns minutos minha vó me chama e eu desso até a sala onde a encontro com os olhos marejados, mas não consigo achar o motivo que a tenha levada a emoção, pelo menos ate aquele momento.
- Arth, eu tenho que falar uma coisa, e essa coisa tem a ver com sua mãe.
- Eu não quero falar sobre ela. - Digo com os olhos marejados, falar da minha mãe me causa uma grande dor, meu pai sempre me disse que a mesma tinha me abandonado.
- Ela não te abandonou Arth, ela só teve que se afastar. - Fala minha vó com calma e agora próxima a mim.
- Como? mas meu pai... - Sou interrompido.
- Ele mentiu pra você, na verdade ele mentiu pra te proteger, venha - Fala e segura na minha mão, me levando ate o sofá, onde nós nos sentamos. - Eu vou te contar uma historia de 15 anos atrás. Olho para Eite e curiosamente o mesmo parecia que estava a par de tudo, logo sou despertado dos meus pensamentos quando minha avó começa a falar.
" 1998, Janeiro Paris - França.
Um jovem rapaz com roupas extremamente elegantes andava pelas ruas da cidade luz, com a mente em outro lugar até que por acidente esbara em uma lindisima mulher, para falar a verdade a mulher mais linda que os seus olhos já fitaram. Os dois se desculparam, mas algo no interior do homem mudou e o mesmo convidou a jovem mulher de cabelos loiros para tomar um café e ai meu querido - para e olha para mim - nasceu o amor mais voraz que seu pai já experimentou. Tudo era um mar de rosas, seu pai estava tremendamente feliz e em maio de 99, a coisa mais preciosa do mundo para ele nasceu, um bebê extremamente lindo e que foi chamado pela sua mãe de Arthur Baron, mas nem tudo dura para sempre, sua mãe mantinha uma segredo que destruiria tudo aquilo e quando você completou seis meses de nascido, sua mãe sumiu após revelar que era a Deusa do amor: Afrodite. - Nisso ela para de contar a historia e me olha, nesse momento eu estava chorando, não podia acreditar no que estava ouvindo, minha mãe? Uma deusa grega? isso não é possível."
- Sei o que esta pensando meu filho e infelizmente essa é a mais pura verdade e por isso, por ser filho de uma deusa você corre todos os dias um imenso perigo e devido a isso terá que partir, para um lugar onde existem outros como você e que nesse lugar estão seguros, esse ligar querido, se chama acampamento meio-sangue e a o mesmo sera o seu lar. Para de falar e me olha com os olhos marejados, limpo minhas lagrimas com a mão e vou para meu quarto.
-Onde você vai? -Me pergunta Eite.
- Arrumar algumas coisas em uma mochila,se esse acampamento sera meu lar, devo levar algumas coisas não? -olho para ele com um sorriso forcado no rosto e me surpreendendo,sou agraciado com um abraço dado por ele, esse que me deixa sem reação alguma.

Uma hora depois.

Com minhas coisas prontas, saiu do meu quarto com meu fone e celular em mãos, passo direto por Eite, mas esse olha para minha mão e toma o meu celular.
- Porque você fez isso? - Pergunto sem entender a reação dele.
- Bem, celulares são perigosos para semideuses eles podem atrair monstros e você não vai querer atrair monstros, acredite quando eu digo isso. - Fala.
- Como assim, monstros? - Digo sem entender essa parte de seu discurso explicativo.
- Monstros mitológicos, todos os monstros matam semideuses, alguns não mais a maioria sim, monstros antigos e extremamente perigosos e que por mais que forem destruidos nunca morrem. - Diz
- Nossa que legal, isso de ser semideus não podia ficar melhor - Falo ironicamente saindo de casa e indo para o carro.
Depois de alguns minutos minha avó e Eite entram no carro e começamos nossa viajem, mas me lembro de alho que me deixou inquieto e que no final ei acabei me esquecendo de pergunta.
- Eite, como você sabe disso tudo e porque você ta indo conosco? - Digo
- Ah isso? é digamos que eu "trabalho" no acampamento e o meu dever é achar e proteger semideuses e leva los em segurança para o acampamento. - Disse de maneira serena.
- Ah - Falo com um pouco de tristeza no tem de voz. Então no final de tudo ele só se aproximou porque é seu dever, claro ne, quem gostaria de se aproximar de alguém como eu.
Apóio minha cabeça na janela do carro e uma lágrima solitária cai dos meus olhos, uma lagrima que carregava em si, sentimentos como frustração e dor, afinal qiem andou gostar dele? Eu sou tão maluco que eu não tava nem ai pra ser um semideus, estava só pensando nele e em como sou extremamente e terrivelmente estupido. Em meio a esses pensamentos o cansaço me vence e eu durmo ao lado de Eite no banco do fundo.

Algumas horas depois.

Acordo e agora o céu estava escuro, as estrelas brilhavam e a lua majestosa, estava a iluminar o escuro céu, o carro para a frente de um grande arco onde se lia acampamento meio-sangue, no lado de dentro da coluna já no terreno do acampamento se via um centauro majestoso por sinal e que olhava para nós já fora do carro fixamente. Com minha mochila nas costas e vestindo roupas básicas e confortáveis adentro o local, mas minha avó fica do lado de fora, vou em sua direção e ela com seus olhos marejados me abraça forte e me olha.
- Adeus meu neto, tome cuidado e eu te espero na férias. diz por último e me solta do abraço, segue até o carro e se vai.
Eu fico parado do lado de fora e as lagrimas teimosas caem dos meus olhos me viro e vou em direção a Eite e o centauro, mas tomo um susto quando um brilho irade acima da minha cabeça e o centauro sorri calorosamente e diz:
- Seja bem vindo, prole de Afrodite.

PS: O teste de reclamação é somente para deuses OLIMPIANOS e deuses MENORES. Filhos dos três grandes requer um TESTE ESPECIAL.
PPS: Templates nos teste para deus são terminantemente proibidos.


Arthur Baron
Filhos De Afrodite
Filhos De Afrodite

Mensagens : 1
Data de inscrição : 10/03/2014
Idade : 18
Localização : Casa o/

Ficha Meio-Sangue
Nível: 1
HP:
100/100  (100/100)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fichas de reclamação.

Mensagem por Perséfone em Ter Mar 11, 2014 8:41 am

~ Arthur ~

Sua ficha está quase perfeita! A escrita é bastante envolvente, encontrou as palavras certas para narrar e houveram mínimos erros de digitação. Não poderia ser melhor, parabéns!

RECLAMADO

-------------------------------- PJ ϟ Olympian Alliance --------------------------------



....Perséfone/Koré....
Se o inverno chegou, a primavera não estará distante

Deusa das Estações Filha de Deméter Irmã de Despina
avatar
Perséfone
Deuses Menores
Deuses Menores

Mensagens : 378
Data de inscrição : 25/03/2013
Idade : 30
Localização : Jardim de Perséfone

Ficha Meio-Sangue
Nível: Infinit
HP:
999999/999999  (999999/999999)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum