Percy Jackson Olympian Alliance

Jardel procura a pedra de Deméter

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Jardel procura a pedra de Deméter

Mensagem por Apolo em Seg Nov 11, 2013 8:57 am


Natureza...








Jardel foi lançado em linha reta. Decidiu fechar os olhos, pois a visão de sua queda não devia ser muito boa. Foram cerca de seis minutos em pleno ar, ele não sabia se estava subindo ou se realmente iria cair. Quando sentiu que estava chegando perto da terra, abriu os olhos.

Assim como seu irmão, Allen, Jardel também caiu numa poça de lama, mas bem mais funda. A terra molhada amorteceu a queda dele, mas ele ficou com as pernas presas. Perdeu cerca de quinze minutos, forçando para sair daquela poça. Suas calças estavam completamente sujas e o calor estava quase o matando.

O garoto jogou seus casacos no chão e ficou só com uma camiseta regata. Mosquitos rodeavam sua cabeça, parecia que ele não tinha tomado banho. Jardel estava perdido no meio da floresta e seus poderes de localização e sentidos aguçados não estavam querendo funcionar.

Havia um papel grudado em uma das árvores. Jardel o pegou e leu:

"Seus poderes de filho de Deméter foram retirados. Use apenas os que eu lhe ofereci, siga o mapa e encontre a pedra de sua mãe.

Boa sorte.

Assinado,
Apolo."
O garoto guardou o papel e pegou o mapa, que estava em seu bolso. Era uma seta apontando na direção da poça de lama. Ele decidiu seguir em frente.

Regras:
-Você tem até 11h55 do dia 13/11/2013 pra postar.
-Narre desde o momento em que foi lançado da mansão.
-Siga a seta pule a lama, fuja dos bichos, espante insetos... até chegar numa clareira. Seja bastante descritivo.
-Poderes dos Guerreiros do Sol até o nível 15. O que você ganhar atemporalmente não conta.
-Boa sorte, me surpreenda!


thanks mseller @



Última edição por Apolo em Qua Nov 13, 2013 12:52 pm, editado 2 vez(es)

-------------------------------- PJ ϟ Olympian Alliance --------------------------------


Apolo



Deus do sol, da medicina, da música, da perfeição... ♫ Chato bagarai ♫  Dono do fórum ♫  Hot 8)

Credits: @ Polo
avatar
Apolo
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 630
Data de inscrição : 25/03/2013
Idade : 26
Localização : Olimpo

Ficha Meio-Sangue
Nível: Infinito
HP:
99999/99999  (99999/99999)
Arsenal:

Ver perfil do usuário http://pjoalliancebr.forumeiros.com.pt/  -qq

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jardel procura a pedra de Deméter

Mensagem por Jardel L. Heavensbee em Ter Nov 12, 2013 7:38 am






Allegiant

 Depois de lançar os meus outros companheiros, tive que fazer um sacrifício, não queria irritar o deus que iria nos ajudar. Por isso nem impedi que ele me lançasse para algum lugar em busca de uma pedra. Apenas fechei os olhos e fiquei sentindo o vento ir ora a favor, ora contra o meu percurso.

Fiquei tentando usar meus poderes para sentir onde eu estava, se pelo menos estava próximo da terra ou de algum ser vivo; por um momento senti e abri os olhos. Caí de cara numa poça de lama, me senti horrível, devia estar totalmente enlameado. Comecei a me erguer para sair dali, mas vi que ambas as pernas estavam presas ali; quase entrei em desespero pensando que ali poderia ser alguma armadilha que iria me cobrir totalmente até ficar sufocado e morrer.
Felizmente após ficar o que pareceram ser minutos ou horas tentando, consegui sair vivo dali. Ou quase isso, o calor ali era muito grande, retirei imediatamente meus casacos e fiquei só com minha camiseta verde predileta. Sempre tive grande apreço por todo ser vivo, mas aqueles mosquitos que não paravam de zumbir em meu ouvido e atrapalhar a minha visão acabaram de entrar para a minha lista de seres vivos altamente irritantes. Vai que aparece outra pessoa aqui e vê essa cena, irá pensar que não tomei banho.
Quando finalmente consigo correr da maioria deles, me deparo com uma árvore em que havia um papel grudado escrito que meus poderes de filho de Deméter foram retirados, e que eu poderia usar apenas os que ele tinha me oferecido e deveria encontrar a pedra de minha mãe. Logo vi que foi o deus Apolo que deixou ali. Levo alguns minutos para achar um lugar em que a luz da lua passasse e iluminasse o papel.
Resolvo guardar aquele papel, quem sabe não poderia usá-lo em um futuro próximo; ao por a mão no bolso senti outro ali, e não me lembrava de ter trazido nenhuma folha de rascunho ou algo assim. Nele estava contida apenas uma seta que apontava na direção da poça em que outrora caí. Mesmo com um pouco de receio de andar por ali no escuro, resolvo me permitir e já que cheguei até ali, começo a caminhada.
Já no inicio ouço estranhos ruídos vindo daquelas árvores grandes, frondosas e cheias de raízes sobre a terra. Todo aquele verde no escuro estava me confundido um pouco, pensava a toda hora ver silhuetas se movendo; até que um nico se jogou em mim. E eu saí correndo e tentando prender o grito de pavor que se encontrava em minha garganta. Paro por um momento para respirar e decido escalar uma árvore para me localizar, não deu certo pois sem querer deixei cair uma colmeia de abelhas e quando me joguei para baixo para não ser picado, caí em cima de um formigueiro. Só descobri isso enquanto corria e sentia formiga por todo o meu corpo.

Então após correr de uma possível onça, macacos que queriam me matar por roubar uma banana da bananeira deles para comer, uma cobra que quase me picou quando passei perto demais, e aranhas. Descanso um pouco e observo toda a floresta em que me encontro perdido, por sorte eu consegui me manter seguindo a seta em todo o momento. Até que então caminho um pouco mais tranquilo, e dessa vez sem ninguém atrás de mim; vejo a luz da lua iluminando um local aberto e vejo que o verde das árvores ali é total. Então chego até uma clareira.



Com quem: Animais ft. Insetos  Vestindo: Camiseta Regata Verde Música: Fico assim sem você - Adriana Calcanhoto   Lugar: Floresta  Post:003



Credits @


-------------------------------- PJ ϟ Olympian Alliance --------------------------------

son of deméter | guer. do sol | mano da brit e do allen | monitor do chalé
 
Jardel Lugema Heavensbee
 ~ A palavra é meu domínio sobre o mundo. ~
avatar
Jardel L. Heavensbee
Guerreiros do Sol
Guerreiros do Sol

Mensagens : 148
Data de inscrição : 19/06/2013
Idade : 20
Localização : Chalé 4, Acampamento Meio-Sangue.

Ficha Meio-Sangue
Nível: 22
HP:
175/185  (175/185)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jardel procura a pedra de Deméter

Mensagem por Apolo em Qua Nov 13, 2013 9:51 am


Natureza... a parte ruim dela.








Assim que chegou na clareira, Jardel já estava mais cansado do que nunca. Havia sido picado por todo tipo de mosquito, seus olhos ardiam, sua calça estava pesada por conta da lama e ele estava todo arranhado por conta de ataques animais e galhos de árvores.

Mas mesmo com essas dificuldades, ele conseguiu avistar mais um pedaço de papel idêntico ao que ele recebera no início da missão. Mas este estava jogado no meio da clareira, ao seu lado, um machado de bronze apareceu. Jardel foi na maior velocidade que conseguiu até a arma e pegou o pael, lendo-o.

"Bom, garoto. Deméter escondeu sua pedra dentro do tronco de alguma árvore. Ela está entre uma dessas árvores ao redor da clareira. Corte o tronco delas, mas cuidado, algumas podem conter animais extremamente perigosos."

Jardel ficou um pouco assustado, mas pegou o machado e se aproximou de uma dar árvores. Assim que a lâmina atingiu o tronco, uma espécie de "chuva" de bichos pretos caiu. Jardel não viu o que era, mas se assustou muito quando percebeu que aranhas subiam sua perna.

Eram venenosas, dos tipos mais perigosos existentes, mas só atacariam se Jardel fosse muito lento ou fizesse um movimento muito brusco, a ponto de assustá-las.

Regras:
-Você tem até 12h50 do dia 15/11/2013 pra postar.
-Narre todo o meu post do seu ponto de vista.
-Encontre um jeito de matar as aranhas usando seus poderes ou outro plano. Lembre-se que movimentos bruscos podem ser sua morte.
-Poderes dos Guerreiros do Sol até o nível 15. O que você ganhar atemporalmente não conta.
-Boa sorte, me surpreenda!


thanks mseller @


-------------------------------- PJ ϟ Olympian Alliance --------------------------------


Apolo



Deus do sol, da medicina, da música, da perfeição... ♫ Chato bagarai ♫  Dono do fórum ♫  Hot 8)

Credits: @ Polo
avatar
Apolo
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 630
Data de inscrição : 25/03/2013
Idade : 26
Localização : Olimpo

Ficha Meio-Sangue
Nível: Infinito
HP:
99999/99999  (99999/99999)
Arsenal:

Ver perfil do usuário http://pjoalliancebr.forumeiros.com.pt/  -qq

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jardel procura a pedra de Deméter

Mensagem por Jardel L. Heavensbee em Sex Nov 15, 2013 8:50 am






Allegiant

 Mesmo cansado e abatido, eu consegui andar até a clareira. Não acreditava que sendo filho da deusa da natureza, podia sair de dentro de uma floresta com tantos arranhões e cortes superficiais; ainda sofria por conta das picadas de insetos, principalmente das abelhas. Meus olhos estavam ardidos e a lama que restava em minha roupa estava deixando-a pesada. Eu realmente sentia saudades de um bom banho.

Observei toda a área iluminada pela luz da lua, forçando meus olhos para enxergar qualquer pedra ali, avisto um pedaço de papel. Ele se encontrava no meio do lugar em que eu estava, e ao seu lado do nado se materializou um machado de bronze. Forcei-me a correr até onde estavam, no caminho pensei que o aparecimento daquele objeto não iria significar nada de bom.
Li a mensagem atenciosamente e fiquei triste quando minhas suspeitas se confirmaram, eu teria que cortar árvores. Lágrimas encheram meus olhos quando vi no final que algumas árvores podiam conter animais extremamente perigosos. Respirei fundo e escolhi a primeira árvore para derrubar, rezei aos deuses para que ali eu não encontrasse nenhum perigo, e encontrasse a pedra de minha mãe.
Atingi o seu tronco e vi de relance que caiu alguma coisa escura, pensei que era um galho frágil qualquer. Quando estava me preparando para o segundo, senti pequenas pernas subindo por minha calça. Ia me sobressaltar ao perceber que eram aranhas, mas resolvi não me mexer pois não sabia se elas eram letais.
Não sabia o que poderia fazer para me livrar delas, meus poderes da natureza foram retirados; e eu não tenho grande experiência com os poderes do sol. Mas se quisesse ajudar o acampamento que me acolheu, eu precisaria me sacrificar; mesmo que outros viessem para recuperar a pedra.

Me concentrei e senti uma barreira de luz emanando de dentro de mim, sem ter tempo para focalizar o lugar em que queria queimar, liberei instantaneamente a energia de dentro de mim. Senti por dois segundos meu corpo febril e caí de joelhos esperando que tivesse surtido efeito esperado por mim.


PODERES:
Cúpula solar: Você pode criar uma cúpula feita de pura luz, a superfície dela é muito quente e pode queimar qualquer coisa que toque nela. [Apenas tres vezes por missão e 1 vez por treino] [20 MP]



Com quem: Aranhas  Vestindo: Roupas  Música: Royals - Lorde   Lugar: Clareira da Floresta  Post:004



Credits @


-------------------------------- PJ ϟ Olympian Alliance --------------------------------

son of deméter | guer. do sol | mano da brit e do allen | monitor do chalé
 
Jardel Lugema Heavensbee
 ~ A palavra é meu domínio sobre o mundo. ~
avatar
Jardel L. Heavensbee
Guerreiros do Sol
Guerreiros do Sol

Mensagens : 148
Data de inscrição : 19/06/2013
Idade : 20
Localização : Chalé 4, Acampamento Meio-Sangue.

Ficha Meio-Sangue
Nível: 22
HP:
175/185  (175/185)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jardel procura a pedra de Deméter

Mensagem por Apolo em Sab Nov 16, 2013 10:10 am


Natureza... a parte ruim dela.








Jardel conseguiu se livrar das aranhas, queimando-as com seus poderes de Guerreiro do Sol. A árvore pegou fogo, mas logo as chamas se extinguiram. O garoto, caído de joelhos, tentou se levantar.

Com alguma dificuldade, ele ficou em pé e pegou o machado de volta. Andou até uma das árvores, naquele momento ele sentiu algo diferente, como um bom pressentimento. Reuniu as forças que ainda tinha e acertou a árvore com sua arma, o tronco quebrou ao meio e ele viu algo verde preso dentro dele.

Usou o cabo do machado para quebrar o espaço em torno do artefato e retirou a pedra, pegou-a e sorriu, estava entrando na reta final da missão. Agora ele precisava saber o que fazer com aquele objeto mágico. Um pequeno baú dourado apareceu no tronco quebrado, ele colocou a pedra dentro do baú e segurou com toda sua força.

Agora seus poderes de filho de Deméter haviam retornado e automaticamente, suas forças foram recuperadas. A natureza ao seu redor curou seus ferimentos e ele pôde prosseguir a jornada mais tranquilamente. Em pouco tempo, o sol nasceria e Jardel não sabia quanto tempo tinha para concluir a missão.

O mapa começou a apontar uma nova direção, assim que o semideus começou a segui-la, foi interrompido por um ataque inesperado. Uma enorme cobra caiu de um galho como um cipó, sibilando vorazmente. Devia ter três ou quatro metros de comprimento e quase quarenta centímetros de espessura.

Seu veneno era mortal... Jardel teria que enfrentá-la.

Regras:
-Você tem até 13h10 do dia 18/11/2013 pra postar.
-Narre todo o meu post do seu ponto de vista.
-Lute com a cobra em um único post, não espere eu narrar os movimentos dela. Seja descritivo e coerente.
-Poderes dos Guerreiros do Sol e Filhos de Deméter até o nível 15. O que você ganhar atemporalmente não conta.
-Boa sorte, me surpreenda!


Ganhos e perdas:
+20XP pela luta com as aranhas + jornada.
-20MP por uso de poder.

thanks mseller @


-------------------------------- PJ ϟ Olympian Alliance --------------------------------


Apolo



Deus do sol, da medicina, da música, da perfeição... ♫ Chato bagarai ♫  Dono do fórum ♫  Hot 8)

Credits: @ Polo
avatar
Apolo
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 630
Data de inscrição : 25/03/2013
Idade : 26
Localização : Olimpo

Ficha Meio-Sangue
Nível: Infinito
HP:
99999/99999  (99999/99999)
Arsenal:

Ver perfil do usuário http://pjoalliancebr.forumeiros.com.pt/  -qq

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jardel procura a pedra de Deméter

Mensagem por Jardel L. Heavensbee em Seg Nov 18, 2013 7:33 pm






Allegiant

 De joelhos no chão abro os olhos e vejo que meu poder de luz conseguiu desintegrar aquelas aranhas feias e nojentas. Suspiro e me levanto para mesmo cansado continuar a procurar pela pedra. Pego o machado que diferente da árvore que comecei a cortar na primeira vez, continuou em seu mais perfeito estado.

Olho para a direita e quando avisto a primeira árvore tenho um forte pressentimento de que minha busca não irá se demorar mais. Concentrando toda a minha força e determinação, acerto-a e ouço o CRAC do seu tronco ao ser partido ao meio. Então uma pedra verde se fez visível por dentro dele.
Feliz e cheio de mim, utilizo o cabo do machado para quebrar a madeira que ainda retia o item mágico ali. Pego-a entre as mãos e finalmente depois de muito esforço me permito sorrir.
Ok, acabei de pegar a pedra, mas e agora, o que devo fazer com ela? Será que deveria chamar pelo deus Apolo? – Não foi necessário, pois pareceu que ele leu meus pensamentos e um pequeno baú dourado apareceu. Com medo de aparecer alguém para tirá-la de mim, a coloco delicadamente dentro do baú, e em seguido o segurei com toda força.
De repente não estou mais sozinho, sinto toda a vida animal e vegetal ao meu redor. Minha energia e vitalidade voltam ao meu corpo e já não sinto as feridas e arranhões da minha fuga. Sinto-me extremamente disposto a achar um caminho de volta para o Olimpo. Pego o mapa que recebi logo no inicio da jornada e vejo que ele aponta para outra direção, apresso-me em caminhar o mais rápido possível.
No meu terceiro passo ouço o som de um galho partindo e paro instintivamente no momento em que uma cobra de tamanho gigantesco vem ao chão. Pelo jeito que sibilava, não parecia querer uma conversa; muito menos dar espaço para um semideus passar. Então eu não teria outra alternativa, era vencer ou vencer.
Tirei minha mochila das costas e rapidamente escondi o baú que guardava a pedra, aproveitei também para tirar dali minhas armas que seriam necessárias para a batalha: Arco e Escudo que ganhei ao me tornar um Guerreiro do Sol. Deixei-a bem perto de mim e espero o começo da sua investida.
Ela começa a deslizar numa velocidade absurda para uma cobra com aquele tamanho e espessura, devia pesar pelo menos uma tonelada. Disparei a primeira flecha, mas ela não a atingiu e só serviu para fazer a mesma avançar com mais raiva. Eu particularmente tinha quase certeza de que ela era venenosa, fora o perigo de ter todos os meus ossos quebrados com seu peso; por isso teria que me valer de um plano para exterminá-la, algo fora do meu comum.
Recuou olhando para todos os lados em busca de uma solução natural. – Quem sabe do alto eu teria uma visão melhor para atingi-la. – Com o arco entre os dentes começo a subir a árvore o mais rápido que consigo. Já nos galhos mais fortes, procuro a cobra gigante abaixo, para meu desespero ela está começando a sua subida. Atiro algumas flechas e por sorte duas atingem uma parte do seu corpo, a última atingiu o final do seu extenso corpo.
Enquanto ela se contorcia um pouco eu aproveito para dar a luz a uma ideia louca e que poderia por em risco a minha integridade física; eu estava encurralado ali em cima, porém eu tinha uma vantagem.
Começo a subir até os galhos menos resistentes, e aquela árvore era um pouco mais alta que as demais; troco meu arco pelo escudo e continuo um pouco mais devagar, enquanto vejo o avançar lento da minha perseguidora.
- Espero que minha ideia dê certo. – Inspiro e espiro devagar e espero que ela esteja mais perto. Finalmente jogo meu escudo já com as pontas afiadas na direção em que a lua começa a descer. A cobra esta perigosamente perto, meu alerta de perigo começa a soar e eu subo ainda mais, dessa vez quebro um galho na subida e ainda me arranho em outro quebrado. Depois de várias preces aos deuses, principalmente à Artémis, vejo o seu reflexo dourado e não consigo me conter:

- Você é forte, rápida e até esperta. Mas estamos no meu território. – Salto da árvore no momento em que as lâminas cortam a cabeça da cobra e a árvore. E eu caio.



ARMAS:

✩ Arco e flecha sônico - Uma aljava de flechas infinitas e um arco dourado. Cada flecha lançada possui uma velocidade maior que todas as outras. Uma vez por missão, ela faz um barulho irritante e que causa surdez temporária [By: Apolo] [Obrigatório]

✩ Escudo do sol - Esse escudo tem a forma de um sol, possui lâminas extremamente afiadas em sua borda. [By: Apolo][Opcional]


PODER:
Perícia com o arco II: Você atira flechas com mais precisão que os outros semideuses.




Com quem: Cobra  Vestindo: Link Música: Alice - Avril Lavigne   Lugar: Floresta  Post:005



Credits @


-------------------------------- PJ ϟ Olympian Alliance --------------------------------

son of deméter | guer. do sol | mano da brit e do allen | monitor do chalé
 
Jardel Lugema Heavensbee
 ~ A palavra é meu domínio sobre o mundo. ~
avatar
Jardel L. Heavensbee
Guerreiros do Sol
Guerreiros do Sol

Mensagens : 148
Data de inscrição : 19/06/2013
Idade : 20
Localização : Chalé 4, Acampamento Meio-Sangue.

Ficha Meio-Sangue
Nível: 22
HP:
175/185  (175/185)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jardel procura a pedra de Deméter

Mensagem por Apolo em Qua Nov 20, 2013 8:34 am


Natureza... a parte ruim dela.








Agora cansado, com calor e com dor, Jardel prosseguiu sua jornada, seguindo a seta do mapa. Tinha medo do que poderia encontrar, mas não houve nada a partir do momento que ele chegou em uma segunda clareira. Nesta clareira, havia apenas uma espécie de altar de evocação com um círculo brilhante e verde no meio.

Jardel se aproximou e escalou o altar, colocou o baú com a pedra no centro verde e ele foi magicamente telestransportado. Jardel sentiu toda a sua energia se esvair e ele ser sugado pelo altar assim como seu baú. Quando ele acordou, estava sem sua pedra.

Estava deitado numa cama quente, em uma mansão dourada. Na cama ao seu lado, estava dormindo um dos filhos de Poseidon, Charles. Jardel sabia que sua jornada tinha acabado e voltou a dormir.

Ganhos e perdas:
+40XP pela luta com a cobra.


thanks mseller @


-------------------------------- PJ ϟ Olympian Alliance --------------------------------


Apolo



Deus do sol, da medicina, da música, da perfeição... ♫ Chato bagarai ♫  Dono do fórum ♫  Hot 8)

Credits: @ Polo
avatar
Apolo
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 630
Data de inscrição : 25/03/2013
Idade : 26
Localização : Olimpo

Ficha Meio-Sangue
Nível: Infinito
HP:
99999/99999  (99999/99999)
Arsenal:

Ver perfil do usuário http://pjoalliancebr.forumeiros.com.pt/  -qq

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jardel procura a pedra de Deméter

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum