Percy Jackson Olympian Alliance

Missão narrada para Berit, Luke e Jardel - Hey, Apolo!

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Missão narrada para Berit, Luke e Jardel - Hey, Apolo!

Mensagem por Jason Blackwood em Seg Ago 26, 2013 1:50 pm




Falling in the deep.

Son of Apolo- Warrior of Poseidon


Seguimos o escuro corredor enquanto o Jardel era guardado por dois seres invisíveis. Cada vez que nos aproximávamos de alguma formiga eu sentia um calafrio e medo dela sem querer virar a cabeça atingindo meu corpo e começando uma confusão. Como esperado de um formigueiro gigante havia pouca luz e muito túnel, era como ser uma minhoca ou toupeira e abrir vários caminhos na terra para passar e como os insetos desenvolvidos gravavam estes caminhos era surpreendente sendo que até hoje não sei todas as ruas de Nova York.

Seguimos a formiga que roubou o óculos de meu pai, estava pensando em qual habilidade aquele objeto teria, por que eu esperava que Apolo não nos mandasse apenas pegar um par de lentes escurar comum. Em um instante meu corpo estremeceu quando a formiga se virou e encarou ao nosso grupo de semideuses. Quando eu levantava o arco o inseto baixou a cabeça e abriu um buraco no chão, por sorte ele apenas estava seguindo um novo caminho. Cruzei o arco no ombro enquanto a Berit se mostrava então fiz o mesmo.

Jardel então teve ideia de usar seus poderes sobre a natureza e abrir o buraco, mas não sei por que ele perdeu o controle e caímos de repente. Na hora o breu tomou conta de minhas vistas e a pensei apenas em rolar quando tocasse o chão, mas quando pousamos era apenas areia fofa. Peguei meu arco e coloquei uma flecha e iluminei minhas mãos por algum tempo para olhar ao redor e falar:
- Esta habilidade de lanterna humana só posso usar por pouco tempo depois devo dar uma pausa, então nós caminhamos quando tive luz e descansamos um pouco quando não, quem puder criar luz também será útil.

poderes e habilidades:
Lanterna: No escuro, suas mãos emitem um brilho esverdeado que ilumina o local. Cuidado! Se ficarem ativas por muito tempo, sua mão irá esquentar e você ira se queimar, além de perder o controle da luz.

@Beani  @Miss
avatar
Jason Blackwood
Guerreiros de Poseidon
Guerreiros de Poseidon

Mensagens : 137
Data de inscrição : 16/04/2013
Idade : 19
Localização : Indo visitar meu pai

Ficha Meio-Sangue
Nível: 21
HP:
178/205  (178/205)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão narrada para Berit, Luke e Jardel - Hey, Apolo!

Mensagem por Apolo em Qui Ago 29, 2013 10:06 am







O armazém


Os três semideuses caíram assim que Jardel perdeu o controle sobre as raízes. Parecia que aquele chão era mais frágil do que eles imaginavam, assim que os três atingiram o chão, eles caíram sobre areia fofa. Jardel caiu de mau jeito e acabou torcendo o músculo da perna direita, mas com certa dificuldade, ele ainda conseguia andar.

Luke usou sua lanterna manual para iluminar o local da queda. O que eles viram foi algo deslumbrante. Era um espaço enorme, quase do tamanho do acampamento meio-sangue inteiro. Nesse espaço, havia montes e montes de espadas, armaduras, autômatos inativos, pedaços de metal... enfim, tudo o que brilhasse. Eles poderia muito bem descobrir um tesouro revirando tudo o que os Myrmekos juntaram durante vários anos, mas não tinham tempo para aquilo. A única coisa que eles tinham que procurar eram os óculos do deus-sol.

Como Berit estava na frente, ela se aproximou do primeiro monte, provavelmente eram ali que estavam os óculos de Apolo. Mas no momento em que ela estava para encostar nos objetos metálicos, um Myrmeko saltou em cima dela,a garota conseguiu jogá-lo no chão antes de ser mordida. Em seguida, cerca de uns dez desses monstros cercaram os semideuses, mostrando suas mandíbulas venenosas.

Regras:
*Berit e Jardel, narrem a queda.
*Todos devem descrever o "armazém" das formigas.
*Lutem contra os Myrmekos, podem narrar as ações deles.
*Levem em conta as características desses mini-monstros.
*Sejam coerentes e descritivos.


Onde: Acampamento *-* ☀ Com quem: Pessoas ☀ Post: 007 ☀ Vestindo: Roupas e armas -q


Thanks @ Lilah for MDD

-------------------------------- PJ ϟ Olympian Alliance --------------------------------


Apolo



Deus do sol, da medicina, da música, da perfeição... ♫ Chato bagarai ♫  Dono do fórum ♫  Hot 8)

Credits: @ Polo
avatar
Apolo
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 630
Data de inscrição : 25/03/2013
Idade : 26
Localização : Olimpo

Ficha Meio-Sangue
Nível: Infinito
HP:
99999/99999  (99999/99999)
Arsenal:

Ver perfil do usuário http://pjoalliancebr.forumeiros.com.pt/  -qq

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão narrada para Berit, Luke e Jardel - Hey, Apolo!

Mensagem por Berit A. Njorthrbiart em Dom Set 01, 2013 5:01 pm



Eu sou demais
Usando uma coisa que planejei a séculos *u*
Jardel fez alguma coisa muito maluca e então acabou perdendo o controle sobre essa tal coisa, então caímos e a queda parecia não ter fim. Me senti dentro da toca do coelho branco ou no filme Viagem Ao Centro da Terra e com esse pensamento, tive uma queda muito feliz.

Quando aterrissamos - graças aos deuses, em areia fofa - até achei um pouco desanimado e olhei ao redor procurando algum coelho, que não achei. Ouvi Jardel reclamar de alguma coisa, parecia que tinha torcido a perna ou sei lá o que, mas agora não tínhamos tempo para cuidar disso.

O lugar era bem mais mal iluminado que lá em cima, porém Luke conseguiu deixar as coisas mais claras - literalmente - com uma lanterna. Cara, aquilo era muitooo grande mesmo, com certeza você não saberia se estava em um campo aberto ou debaixo da terra. Eu não ficaria nada surpresa se um dragão aparecesse do nada, com aquela quantidade de coisas brilhantes juntas, seria perfeitamente normal.

Eu ia na frente, fiz um UNI-DUNI-TÊ mental e escolhi um dos montes de peças variadas para vasculhar, o óculos não ficaria tão visível assim, visto que se perderia facilmente nas tralhas. Estendi minha mão (imagine isso em câmera lenta) e quando ela estava a milímetros dos troços, alguma coisa pulou em mim. Gritei por impulso e percebi que aquilo era um Myrmeko e rapidamente joguei-o no chão, evitando ferimentos. Então, como em um filme de terror ou nos episódios dos Power Rangers, vários deles nos cercaram. Uma musiquinha tensa de fundo cairia bem agora... Sem pensar duas vezes, usei minha arma-secreta.

Ativei a pulseira - presente de uma missão) e soube que ao menos EU estaria protegida. Ela servia como um escudo e arma ao mesmo tempo, nada conseguiria me atacar e tudo que encostasse em sua superfície e incinerado. Também ativei a espada, para atacar.

Não vi o que os garotos estavam fazendo, mas aquela formiga gigante que pulara em mim havia voltado, agora com uma companhia. Aquelas bocas, que mais parecem garras estranhas e viradas de lado, me encaravam mais que os olhos delas. Desferi vários golpes inúteis e quase nenhum certeiro, mas um dos monstros cometeu um grave erro. Chegou perto demais de minha pessoa e acabou tocando o escudo: Oh oh, acabou para você, pensei. A outra formiga pareceu ter se dado conta do perigo e se manteve afastada, mas consegui fazer um corte profundo em diagonal na base de sua coluna.
Armas:
Adaga de Bronze [ Item Padrão ]

Boné da Invisibilidade >> O deixa invisível e pode ser personalizado de acordo com seu gosto. [By: Perséfone] [Obrigatório]

Pulseira da Inteligência >> Assim que ativada, se transforma em uma espada de bonze celestial e o punho também pode ser personalizado. Ela está disponível em todas as cores. [By: Perséfone] [Obrigatório]

Colar de Coruja >> Ele está disponível em dois materiais : Ouro e prata, você escolhe. Quando ativado, se transforma em um escudo. [By: Perséfone] [Opcional]

“Pulseira de Cores: Uma pulseira que brilha intensamente com todas as sete cores do arco-íris. Ela cria uma capsula (que se parece com uma bolha) em volta do semideus que a usar que o protege de qualquer tipo de ataque físico. Quando a parte do corpo de alguém encosta-se a essa redoma uma bolha é formada em sua pele, explodindo e queimando em seguida. (Pode ser usado apenas em missões (Duas vezes) e dura dois posts) [By: Íris]”

Mapa de Hermes - Um mapa que mostra o caminho ara o lugar que você desejar, sua localização e a localização dos inimigos. [Recompensa da missão "Le Cyclope parisien]

COM: Myrmekos ✖ ONDE: Formigueiro ✖ VESTINDO:Isso ✖ POST: 007

@Lilah

-------------------------------- PJ ϟ Olympian Alliance --------------------------------


Berit Astryd Njorthrbiart


Filha de Perséfone ✖ Guerreira de Apolo ✖ Alone
avatar
Berit A. Njorthrbiart
Guerreiros do Sol
Guerreiros do Sol

Mensagens : 96
Data de inscrição : 26/04/2013
Idade : 20

Ficha Meio-Sangue
Nível: 2
HP:
105/105  (105/105)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão narrada para Berit, Luke e Jardel - Hey, Apolo!

Mensagem por Jardel L. Heavensbee em Dom Set 01, 2013 9:30 pm


Falling To Pieces

Post 008

 Enquanto caia do chão cedido, eu só me lembrava de uma das músicas que mais gostava de escutar enquanto não estava no acampamento meio-sangue, i’m falling to pieces. Caí no chão macio, que parecia ser areia fofa, e percebi que realmente “me despedacei”; senti uma dor imensa quando caí, percebi imediatamente que eu tinha machucado alguma parte da minha perna direita.

Praguejei um pouco, mas forcei-me a ficar de pé e vi que ainda dava para caminhar, só que bem devagar. Luke ativou sua lanterna para iluminar nosso caminho e assim vi aquele enorme deposito repleto de moedas e outros itens de ouro, armaduras de vários tipos de materiais brilhantes, além de joias. Como a Berit estava mais a frente, ela resolveu tatear uma pilha de itens para procurar os óculos de poderes sobrenaturais; a única coisa que ela achou, foi a quase perda de sua mão por uma formiga-monstro inesperada. Mas ela conseguiu escapar do seu ataque e se depender com sua pulseira, que nos mostrou sua enorme força ao incinerar um oponente que se aproximou.
A situação se complicou quando mais Myrmekos vieram para ajudar o primeiro, eles acabaram nos cercando e impedindo qualquer fuga nossa. A primeira que veio me atacar hesitou diante da imagem do narciso em meu escudo; se ela estivesse longe não surtiria muito efeito, mas com a sua proximidade de mim, esse momento foi o suficiente para me dar a chance de retalha-la e cortar sua cabeça, fazendo com que ela se desintegrasse.
A segunda estava logo atrás; largo minha foice por um instante e pego minha varinha do bolso. Apenas um pensamento me passou a cabeça no momento em que percebi que aquele foi um erro meu; a formiga estava próxima até demais de mim. Fui obrigado a usar o feitiço emergencial – Paralysis – ela ficou parada como uma estátua; guardei minha varinha novamente e apanhei minha foice do solo. Quando eu estava me preparando para dar o ataque final nela, senti minha perna doer mais, recuei e cambaleei um pouco.



SPOILERS


Armas

♣ Foice da Natureza: Foice curta, feita de bronze puro. Leve e bastante ágil para o semideus dono dela, mas para os outros que a usarem ela se torna extremamente pesada; sua lâmina também é afiadíssima e é capaz de cortar até as raízes mais resistentes. [Obrigatório] {By:Jardel L. Heavensbee}



§ Varinha de Salgueiro: Uma varinha de salgueiro com núcleo de corda de coração de dragão; essencial para lhe ajudar na execução dos feitiços do Grimório. Se transforma em uma adaga de prata. [Indestrutível] [By: Nyx]



Poderes Passivos


Perícia com foice - O filho de Deméter mesmo sendo novato tem uma grande habilidade com foices, podendo manipulá-la facilmente.


Feitiços


§ Paralysis: Paralisa o inimigo por um tempo [Dura dois posts. Duas vezes por missão ou batalha].





-------------------------------- PJ ϟ Olympian Alliance --------------------------------

son of deméter | guer. do sol | mano da brit e do allen | monitor do chalé
 
Jardel Lugema Heavensbee
 ~ A palavra é meu domínio sobre o mundo. ~
avatar
Jardel L. Heavensbee
Guerreiros do Sol
Guerreiros do Sol

Mensagens : 148
Data de inscrição : 19/06/2013
Idade : 20
Localização : Chalé 4, Acampamento Meio-Sangue.

Ficha Meio-Sangue
Nível: 22
HP:
175/185  (175/185)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão narrada para Berit, Luke e Jardel - Hey, Apolo!

Mensagem por Jason Blackwood em Dom Set 01, 2013 10:00 pm


Golden... and... golden    

Son of Apolo- Warrior of Poseidon



Assim que tivemos noção do local eu pude apagar a lanterna, estava bem escuro, mas o brilho de metais aumentava a luminosidade do lugar. Guardei meu arco nas costas e joguei meu pingente do tempo e uma espada surgiu em minha mão enquanto eu admirava o lugar. Havia vários montes de metais, talvez estas formigas sejam mais ricas que algumas cidades dos Estados Unidos. Consegui ver alguns restos de armadura, armas, moedas e outros materiais, eram tantos que talvez pegar alguma coisa fosse uma boa ideia, mas tinha que pegar o óculos escuro.

Berit pensou em procurar no monte de tesouro mais próximo onde provavelmente estaria o objeto que estamos procurando por que a formiga não teve tempo de ir longe, falando nisso, cadê a formiga? Pensei em alertar a filha de Atena ou ao filho de Deméter que estava mancando da queda anterior, mas uma formiga saltou em meio ao ouro na direção da menina, que por sorte desviou. Praguejei em grego antigo as únicas palavras que sei e pensei em avançar, mas novos insetos assassinos surgiram ao nosso redor, eram dez no total.

Expandi meu escudo celestial em meu braço quando uma formiga avançou contra mim seguida de sua amiga. Desviei de uma e brandi minha espada contra o corpo da minha inimiga, girei e estoquei por entre sua carapaça, afastando meu perigo, mas outras duas me espreitavam. De canto de olho eu vi a Berit dar fim a uma formiga que descuidada se aproximou de mais, ataquei uma myrmeko, mas meus golpes pararam na sua armadura natural. Quando tentei recuar para perto de um monte de ouro e outros metais, escutei um estalo de presas próximas e virei.

Uma formiga vinha pelo meio do outro para me atacar pelas costas, infelizmente eu não seria jantar hoje. espalmei a mão que meu anel mágico estava guardado e um jato de água fervente acertou a base da torre que era de cálices, partes de autômatos e escudos. Tudo caiu sobre a formiga que se desfez em poeira. A avalanche de metal que caiu me separou das outras formigas por um momento, o suficiente para perceber que o Jardel teve dificuldades. Ele paralisou um inseto e cambaleou, eu corri para lhe ajudar por que outro artrópode de guerra se aproximava pelo seu lado. 

Cheguei ao lado do filho de Deméter e solidifiquei um muro de luz onde nossa inimiga bateu e caiu de patas para cima, depois virou e se afastou, a formiga que estava paralisada foi morta pela minha espada, acho que tínhamos uma myrmeko ferida pela Berit, duas saindo do meio de metal, uma tonta pelo impacto no muro de luz e duas outras que rondava preparando um ataque. Comecei a entrar um cântico de sono, as formigas iriam fazer algo que não fazem segundo livros didáticos que já li, dormir.
- Berit, Jardel, as formigas vão dormir, vamos aproveitar. Jardel é melhor não se mover muito, dá cobertura. Vamos lá.


poderes:

Luminocinese III: Você pode fazer ilusões e solidificar a luz, formando barreiras e escudos.
Canção do sono: Você entoa uma melodia, capaz de fazer o inimigo dormir [2 turnos]



@Beani  @Miss
avatar
Jason Blackwood
Guerreiros de Poseidon
Guerreiros de Poseidon

Mensagens : 137
Data de inscrição : 16/04/2013
Idade : 19
Localização : Indo visitar meu pai

Ficha Meio-Sangue
Nível: 21
HP:
178/205  (178/205)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão narrada para Berit, Luke e Jardel - Hey, Apolo!

Mensagem por Apolo em Ter Set 03, 2013 11:45 am







A rainha


Luke conseguiu dar um jeito de fazer as formigas dormirem. Berit, Jardel e Luke começaram a revirar os montes, cada um deles encontrou uma arma interessante e a guardou, até que por fim, na hora que os três reviraram o mesmo monte, exclamaram em uníssono "Achei!"

Eles concordaram em deixar Luke ficar com os óculos, já que pertenciam ao pai dele. Agora viria o último desafio dessa missão e o mais perigoso. Assim que eles se viraram para pensar em um jeito de subir novamente para a superfície do formigueiro, eles encontraram a grande rainha dos Myrmekos. Uma formiga um pouco maior que um cão infernal, cuspindo veneno pelas suas mandíbulas e pronta para atacar os semideuses.

Não seria qualquer arma a que conseguiria derrotar o monstro. Ele cuspiu ácido em cima dos três semideuses, mas ambos conseguiram escapar. Em seguida, a rainha avançou.

Regras:
*Quase fim da missão.
*Lembrem-se de narrar que acharam uma arma, não digam de qual tipo era.
*Vocês tem a opção de enfrentar a morte lutando com a rainha ou enfrentar a morte tentando voltar para a superfície.
*Boa sorte!


Onde: Acampamento *-* ☀ Com quem: Pessoas ☀ Post: 007 ☀ Vestindo: Roupas e armas -q


Thanks @ Lilah for MDD

-------------------------------- PJ ϟ Olympian Alliance --------------------------------


Apolo



Deus do sol, da medicina, da música, da perfeição... ♫ Chato bagarai ♫  Dono do fórum ♫  Hot 8)

Credits: @ Polo
avatar
Apolo
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 630
Data de inscrição : 25/03/2013
Idade : 26
Localização : Olimpo

Ficha Meio-Sangue
Nível: Infinito
HP:
99999/99999  (99999/99999)
Arsenal:

Ver perfil do usuário http://pjoalliancebr.forumeiros.com.pt/  -qq

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão narrada para Berit, Luke e Jardel - Hey, Apolo!

Mensagem por Berit A. Njorthrbiart em Qui Set 05, 2013 2:57 pm



Não sou mais demais Ç.Ç
Enfrentando Vossa Majestade, A Rainha!
Quando o pequeno exército que nos cercava foi reduzido a pó, procuramos exasperadamente os óculos e quando pareceu se passar um século, o encontramos. Fizemos uma mini-comemoração juntos. Aquilo não era só um óculos, tinha certeza de que era um tipo de arma super-poderosa e coisa e tal. Só faltava resolver uma coisa agora: como sairíamos daqui?

De um modo ou de outro, percebi que tinha algo horrível se aproximando e, de fato, tinha. Era uma formiga também, mas bem maior que as outras. Ela chegava quase a ser do tamanho de um potro. Provavelmente era a rainha. Entregamos os óculos a Luke e nos viramos para enfrentar a morte de perto.

Usei meu mapa para localizar a saída mais próxima, mesmo sem ter certeza se chegaríamos lá ou não. Olhei para os garotos:

- Preferem lutar ou fugir? Ou tentar fazer os dois? - Já estava com minha espada em mãos, e havia desativado a pulseira-escudo.

A formiga-gigante cuspiu um líquido muito estranho (ácido) e por sirte, escapamos, mas ela estava se aproximando demais... eu preferiria fugir. Se tentássemos matar ela, iria ser bem pior.
Armas:
Adaga de Bronze [ Item Padrão ]

Boné da Invisibilidade >> O deixa invisível e pode ser personalizado de acordo com seu gosto. [By: Perséfone] [Obrigatório]

Pulseira da Inteligência >> Assim que ativada, se transforma em uma espada de bonze celestial e o punho também pode ser personalizado. Ela está disponível em todas as cores. [By: Perséfone] [Obrigatório]

Colar de Coruja >> Ele está disponível em dois materiais : Ouro e prata, você escolhe. Quando ativado, se transforma em um escudo. [By: Perséfone] [Opcional]

“Pulseira de Cores: Uma pulseira que brilha intensamente com todas as sete cores do arco-íris. Ela cria uma capsula (que se parece com uma bolha) em volta do semideus que a usar que o protege de qualquer tipo de ataque físico. Quando a parte do corpo de alguém encosta-se a essa redoma uma bolha é formada em sua pele, explodindo e queimando em seguida. (Pode ser usado apenas em missões (Duas vezes) e dura dois posts) [By: Íris]”

Mapa de Hermes - Um mapa que mostra o caminho ara o lugar que você desejar, sua localização e a localização dos inimigos. [Recompensa da missão "Le Cyclope parisien]

COM: Myrmekos ✖ ONDE: Formigueiro ✖ VESTINDO:Isso ✖ POST: 007

@Lilah

-------------------------------- PJ ϟ Olympian Alliance --------------------------------


Berit Astryd Njorthrbiart


Filha de Perséfone ✖ Guerreira de Apolo ✖ Alone
avatar
Berit A. Njorthrbiart
Guerreiros do Sol
Guerreiros do Sol

Mensagens : 96
Data de inscrição : 26/04/2013
Idade : 20

Ficha Meio-Sangue
Nível: 2
HP:
105/105  (105/105)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão narrada para Berit, Luke e Jardel - Hey, Apolo!

Mensagem por Jardel L. Heavensbee em Qui Set 05, 2013 8:45 pm


Esse pode ser o último dia de nossas vidas!

Post 009

 Enquanto ouvia a canção do Luke, senti uma pequena vontade de deitar ali mesmo e esquecer os problemas; mas logo cai na realidade do lugar. Precisávamos achar os óculos antes que elas voltassem a acordar.

Começamos a revirar os montes ali encontrados, eu fiquei mais atento que os outros, pois não podia me mover com tanta facilidade como eles; enquanto procurava achei uma arma muito interessante, decidi guarda-la pois poderia precisar dela depois. Continuamos por mais algum tempo naquela busca incessante, até que numa pilha mais próxima ambos encontramos a arma divina de Apolo. Quase seria iniciada ali uma disputa por quem os levaria, felizmente poupamos nossas energias para a fuga, e decidimos que quem a levaria seria o filho do dono dos óculos.
Mas como alegria de semideus dura pouco, tivemos nossa pequena comemoração interrompida pela aparição do maior Mymerko já vista por nós. Como elas eram formigas deduzi rapidamente que ali seria a rainha delas, e isso não era bom sinal. Ficamos em posição de batalha; rapidamente fiquei com foice e escudo apostos.
Nossa esperta filha de Atena usou seu mapa para localizar a saída, só que seria difícil sair dali; ela nos questionou se devíamos lutar ou fugir. Ia responder, mas nesse momento a rainha cuspiu um veneno corrosivo; conseguimos sair do caminho da substância estranha a tempo dela não nos atingir.
Eu não estava com vontade de enfrentar aquela monstruosidade maior ainda. Não queria demonstrar medo, apesar de que isso não devia ser surpresa entre todos ali; então digo:
- Se vocês ficarem, eu também fico. Mas eu particularmente prefiro sair daqui o mais rápido possível!



OBSERVAÇÕES


- Diga sempre tudo que precisa dizer, arrisque mais, pra não se arrepender.




-------------------------------- PJ ϟ Olympian Alliance --------------------------------

son of deméter | guer. do sol | mano da brit e do allen | monitor do chalé
 
Jardel Lugema Heavensbee
 ~ A palavra é meu domínio sobre o mundo. ~
avatar
Jardel L. Heavensbee
Guerreiros do Sol
Guerreiros do Sol

Mensagens : 148
Data de inscrição : 19/06/2013
Idade : 20
Localização : Chalé 4, Acampamento Meio-Sangue.

Ficha Meio-Sangue
Nível: 22
HP:
175/185  (175/185)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão narrada para Berit, Luke e Jardel - Hey, Apolo!

Mensagem por Jason Blackwood em Sex Set 06, 2013 9:08 pm




TITULO AQUI            

Son of Apolo- Warrior of Poseidon


Depois que nos livramos das formigas que nos cercavam, começamos a procurar o óculos em pilhas diferentes de tesouro. Eu achei algumas coroas estranhas, estandartes de alguns chalés, armaduras e uma arma que me chamou atenção, resolvi guardar por que poderia ser útil no futuro e havia tantas coisas para as formigas que uma não faria tanta falta. Mudamos de pilha e fomos para mesma, por que todos acharam o óculos no mesmo momento.

Gritamos "Achei" ao mesmo tempo, os garotos deixaram que eu ficasse com o item de meu pai, pensava que arma poderia ser isso, lembrava-me do item que peguei na pilha de tesouro e se seria certo levar comigo, mas percebi a Berit encarar alguma coisa e virei, percebi que não estávamos sozinhos. Uma formiga maior que as outras estava perto. liberava ácido e se acertasse teríamos problemas.A filha de Atena achou uma saída com um de seus itens mágicos, agora tínhamos para onde fugir, mas a rainha dos insetos não deixaria ser tão fácil escapar e deu prova disso.

Lançou uma gosma verde, conseguimos desviar e nos encontrar logo depois, todos queriam fugir, mas era claro que teríamos que lutar para isso, então disse:
- Acho que teremos que lutar para fugir por ali. Vamos tentar distrair a formiga com golpes a longa distância e fugir, se abrir uma brecha nós matamos.

Concentrei meus poderes e cantei uma música agitada e sem tanta afinação, deixaria a formiga louca e combinando a isso eu fiz algumas ilusões com a luz do nosso grupo para confundir a formiga que estaria louca. Apontei para a saída da Berit e pensei que poderíamos caminhar escondidos, será que o item que peguei na pilha de tesouro será útil agora? Era a pergunta que rondava em minha cabeça.


poderes:
Luminocinese III: Você pode fazer ilusões e solidificar a luz, formando barreiras e escudos.

Canção da loucura: Você é capaz de causar um distúrbio mental no oponente com sua canção. [2 turnos]
@Beani  @Miss
avatar
Jason Blackwood
Guerreiros de Poseidon
Guerreiros de Poseidon

Mensagens : 137
Data de inscrição : 16/04/2013
Idade : 19
Localização : Indo visitar meu pai

Ficha Meio-Sangue
Nível: 21
HP:
178/205  (178/205)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão narrada para Berit, Luke e Jardel - Hey, Apolo!

Mensagem por Apolo em Ter Set 10, 2013 9:36 am







A rainha


Entre enfrentar a morte lutando contra a rainha e enfrentar a morte tentando fugir, os semideuses escolheram as duas. Aquilo poderia ser considerado tanto um ato de coragem quanto um ato de insanidade, já que aquela formiga era muito forte.

O filho de Apolo não foi feliz com seu ataque, ele enlouqueceu a formiga e tentou iludi-la, mas se esqueceu do quanto aquilo poderia ser perigoso. Berit e Jardel passaram pelo monstro, mas quando Luke foi passar, o monstro cuspiu ácido de um modo que nunca havia feito antes e se virou, acertando o garoto que até então fora o que melhor lutou e o jogando contra uma parede.

Berit se virou e olhou para o teto, pensando no que fazer para voltar à superfície, sem pensar no que acabara de acontecer. Jardel demonstrou preocupação e uma vontade de se voltar para o monstro e morrer ali mesmo.

-Berit, o Luke... 
-Não tem volta, Jardel - Disse a garota - Ele está morto.
-Você não sabe se ele está morto! Não se abandona os amigos!
-Luke não iria querer que nós morrêssemos, vamos embora sem os óculos, não é possível que Apolo seja arrogante e idiota a ponto de...

Um grito cortou a fala de Berit, ela olhou para onde estava Luke e ficou boquiaberta. Com dificuldade, o filho de Apolo se levantou. Ele tinha cortes na testa e parecia mal poder andar, mas estava vivo. Os óculos brilhavam e aquilo foi a prova que a filha de Atena precisava para saber que aqueles óculos não eram apenas um acessório sexy, eram o disfarce de uma arma poderosa.

O problema é que esse brilho dos óculos era cegante e Berit olhou para aquilo tempo demais, por ser curiosa. Quando ela tirou os olhos da arma, ela percebeu que mal podia enxergar, como se tivesse pego catarata de um segundo para o outro. 

A formiga também foi cegada e algo fez com que ela hesitasse em atacar novamente. O monstro gigante se deitou ao ouvir uma doce voz cantar algo, essa voz vinha de lá de cima, para onde os três semideuses deveriam ir. Um buraco se abriu no teto e uma escada caiu à frente deles... segurando esta espada estava Apolo.

Regras:
*Esse foi meu post final.
*Eu quero que descrevam bem todo o post.


-Berit
*Seja coerente, lembre-se que você não está podendo enxergar.
*Descreva as sensações que você sentiu ao longo do post e um ardor nos olhos quando viu os óculos.
*Você será a primeira a subir a escada, Apolo pedirá que você vá andando em linha reta até sentir que está do lado de fora do formigueiro. Obedeça-o e fique esperando os seus companheiros.
*Narre o seu diálogo com Jardel.


-Jardel
*Narre seu diálogo com Berit.
*Não se esqueça que sua perna está ferida.
*Você subirá a escada depois de Berit e a seguirá pelos túneis.
*Diga que os Myrmekos estavam todos caídos no chão.
*Conte sobre o canto que fez a rainha dormir novamente.


-Luke
*Narre como o campo de força gerado pelos óculos te protegeu do ácido.
*Lembre-se que você está bastante ferido.
*Conte como a voz de Apolo derrotou a rainha.
*Descreva o seu pai. Você não aguentará ficar em pé nos túneis e será levado por Apolo até a parte de fora.
*Conte que Apolo fez suas feridas se fecharem e a dor diminuir apenas com um toque.


Onde: Acampamento *-* ☀ Com quem: Pessoas ☀ Post: 008 ☀ Vestindo: Roupas e armas -q


Thanks @ Lilah for MDD

-------------------------------- PJ ϟ Olympian Alliance --------------------------------


Apolo



Deus do sol, da medicina, da música, da perfeição... ♫ Chato bagarai ♫  Dono do fórum ♫  Hot 8)

Credits: @ Polo
avatar
Apolo
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 630
Data de inscrição : 25/03/2013
Idade : 26
Localização : Olimpo

Ficha Meio-Sangue
Nível: Infinito
HP:
99999/99999  (99999/99999)
Arsenal:

Ver perfil do usuário http://pjoalliancebr.forumeiros.com.pt/  -qq

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão narrada para Berit, Luke e Jardel - Hey, Apolo!

Mensagem por Berit A. Njorthrbiart em Qua Set 11, 2013 11:11 am



O essencial é invisível aos olhos.
Estou cega! Ç.Ç
Luke fez um ataque estranho para mim, tentando deixar a rainha, de alguma forma, louca, mas acho que não deu muito certo. Eu e Jardel conseguimos passar por ela, mas na vez do filho de Apolo... bem, ele não deu muita sorte e foi atingido por aquele tipo de ácido. Meu coração gelou mas eu soube que não tinha mais volta. Virei-me e olhei para a superfície, tentando uma forma de sair de lá.

-Berit, o Luke... - Jardel começou.

-Não tem volta, Jardel. Ele está morto. - eu falei, me sentindo um pouco fria demais e sem olhar nos olhos do filho de Deméter.

-Você não sabe se ele está morto! Não se abandona os amigos! - esse papinho de fidelidade me irritava ás vezes.
Eu já estava com raiva demais.

-Luke não iria querer que nós morrêssemos, vamos embora sem os óculos, não é possível que Apolo seja arrogante e idiota a ponto de... - mas fui interrompida. Um grito soou em algum lugar, para ser mais precisa, da direção de onde Luke estava caído.

Não sei o que tinha acontecido mas... ele estava vivo?! Sim, estava! Os óculos de Apolo lançavam um brilho forte até demais, aquilo não poderia ser nada comum... uma arma, muito poderosa, talvez... Continuei a olhá-la por certo tempo, mas depois minha vista foi se embaçando aos poucos até tudo ficar escuro e confuso:

- Hey, o que está acontecendo - eu falava apalpando o ar - me ajudem, não consigo ver nada...

Fiquei realmente desesperada, aquilo era demais e tinha acontecido de uma hora para outra. Eu não sabia nem se um dia voltaria ao normal. Meio que do nada, ouvi uma voz muito bela, parecia encantar todos os que ouvissem. Como não conseguia enxergar, apenas obedeci as ordens que essa voz me deu. Com muita dificuldade, encontrei algo que me pareceu uma escada, segurei na base da mesma e subi pé ante pé tentando controlar meu medo de altura. Depois de alguns minutos, senti que o ar ficava mais aberto e eu conseguia respirar com muito mais facilidade, deveria estar na superfície. Fiquei então parada, a espera dos dois meninos.
Armas:
Adaga de Bronze [ Item Padrão ]

Boné da Invisibilidade >> O deixa invisível e pode ser personalizado de acordo com seu gosto. [By: Perséfone] [Obrigatório]

Pulseira da Inteligência >> Assim que ativada, se transforma em uma espada de bonze celestial e o punho também pode ser personalizado. Ela está disponível em todas as cores. [By: Perséfone] [Obrigatório]

Colar de Coruja >> Ele está disponível em dois materiais : Ouro e prata, você escolhe. Quando ativado, se transforma em um escudo. [By: Perséfone] [Opcional]

“Pulseira de Cores: Uma pulseira que brilha intensamente com todas as sete cores do arco-íris. Ela cria uma capsula (que se parece com uma bolha) em volta do semideus que a usar que o protege de qualquer tipo de ataque físico. Quando a parte do corpo de alguém encosta-se a essa redoma uma bolha é formada em sua pele, explodindo e queimando em seguida. (Pode ser usado apenas em missões (Duas vezes) e dura dois posts) [By: Íris]”

Mapa de Hermes - Um mapa que mostra o caminho ara o lugar que você desejar, sua localização e a localização dos inimigos. [Recompensa da missão "Le Cyclope parisien]

COM: Sei lá, não posso ver. Ç.Ç ✖ ONDE: Formigueiro ✖ VESTINDO:Isso ✖ POST: 008

@Lilah

-------------------------------- PJ ϟ Olympian Alliance --------------------------------


Berit Astryd Njorthrbiart


Filha de Perséfone ✖ Guerreira de Apolo ✖ Alone
avatar
Berit A. Njorthrbiart
Guerreiros do Sol
Guerreiros do Sol

Mensagens : 96
Data de inscrição : 26/04/2013
Idade : 20

Ficha Meio-Sangue
Nível: 2
HP:
105/105  (105/105)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão narrada para Berit, Luke e Jardel - Hey, Apolo!

Mensagem por Jardel L. Heavensbee em Qui Set 12, 2013 8:25 am


O Céu Está No Chão

 Post 010

 Tudo está perdido, nossos esforços foram em vão! – Tento evitar continuar pensando nisso, afinal tudo iria dar certo não é? Aquele poder do Luke iria nos ajudar? – Agora vai ficar tudo bem. Quase precisei tapar meus ouvidos para não enlouquecer com aquela música, agitada e beirando a desafinação; mas ela iria nos salvar, eu estava confiando tudo nela.

Passamos rapidamente pela rainha enquanto ela estava sendo atacada pelo filho de Apolo. Ele não teve sorte e foi vencido pelo ácido da formigona. Já estávamos abaixo da saída; Berit parecia estar pensando em como salvar a vida, mas estava esquecendo-se do nosso amigo.
-Berit, o Luke... – Falei ansioso para voltar e ajudar.
-Não tem volta, Jardel - Disse a garota - Ele está morto.
-Você não sabe se ele está morto! Não se abandona os amigos! – Minha voz estava quase se tornando um grito, mas controlei antes. Não precisávamos brigar ali em baixo.
-Luke não iria querer que nós morrêssemos, vamos embora sem os óculos, não é possível que Apolo seja arrogante e idiota a ponto de...
 
Um grito corta a sua fala e o que veio a seguir foi surpreendente. Luke estava a salvo, meio ferido, mas salvo. Instantaneamente fiquei aliviado, e foi como se um grande peso saísse das minhas costas; um amigo morrer em uma missão não é nada legal.
 
Reparei que a Berit parecia estar sem visão, provavelmente algum efeito do brilho dos óculos de Apolo. Eu estava de costas e por isso não fui afetado; já basta minha perna machucada. Então uma doce voz começou a ecoar uma canção por todo o lugar, senti uma vontade imensa de deitar ali, mas consegui aguentar e vi o momento em que a rainha dos Myrmekos caiu no sono ali mesmo; fiquei feliz e senti uma pitada de inveja.
 
Um buraco se abriu magicamente no teto e de lá uma escada foi abaixada e quem estava segundo ela foi ninguém menos que o próprio deus Apolo. Ele mandou que subíssemos um por vez; fui logo após a Njort e com um pouco de esforço consegui chegar até o topo.
 
Vi que minha companheira de missão andava mais a frente com uma certeza de onde ir, resolvi segui-la. Passamos por vários túneis em que haviam formigas-monstro caídas no chão. Estava pensando se isso é a força de um deus; enquanto nós quase morremos para enfrentar alguns, ele derrotou vários sozinho.
 
Ainda com a perna dolorida cheguei à saída daquele lugar aterrorizante. Desejei ardentemente não precisar volta ali tão cedo. Sentei no chão e ali ficamos esperando a vinda do Luke.



OBSERVAÇÕES


O Sol dissolve a escuridão.





-------------------------------- PJ ϟ Olympian Alliance --------------------------------

son of deméter | guer. do sol | mano da brit e do allen | monitor do chalé
 
Jardel Lugema Heavensbee
 ~ A palavra é meu domínio sobre o mundo. ~
avatar
Jardel L. Heavensbee
Guerreiros do Sol
Guerreiros do Sol

Mensagens : 148
Data de inscrição : 19/06/2013
Idade : 20
Localização : Chalé 4, Acampamento Meio-Sangue.

Ficha Meio-Sangue
Nível: 22
HP:
175/185  (175/185)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão narrada para Berit, Luke e Jardel - Hey, Apolo!

Mensagem por Jason Blackwood em Dom Set 15, 2013 2:49 pm


Almos dead...        

Son of Apolo- Warrior of Poseidon



A formiga ficou louca, o que para mim era uma estratégia de batalha boa foi um erro por que o modo aleatório do inseto fez com que ela liberasse ácido de forma diferente e nada previsível. Por sorte meus amigos passaram pelo artrópode gigante, mesmo que eu não tivesse a mesma felicidade. No momento em que o líquido verde estava quase me cobrindo minha vida passou rapidamente pela minha mente. Sei que esse papo e de novela ou filme, mas vi quando cheguei ao acampamento e todos os momentos que eu tive nesse lugar, na minha casa.
 
Quando tudo estava perdido, meu corpo já relaxava totalmente para receber a morte sem fazer resistência, os óculos que eu carregava de meu pai se iluminou, pude ver a luz forte sair do bolso onde eu o carregava e cobrir meu corpo com uma camada de luz que me protegeu do arder profundo do veneno. Com o impacto eu colidi com uma parede com muitas dores. 
 
Sabia que meu corpo estava envolto de luz, sentia as dores leves do ácido que passou por algumas brechas na minha proteção paterna, sentia os hematomas do impacto na parede e estava com grandes dificuldades para me mexer. Ao fundo eu ouvi o diálogo dos garotos que discutiam prosseguir ou não, Jardel queria voltar e a Berit, por achar que estava morto, largar-me no local. Sabia que era uma escolha racional sendo tomada pela filha de Atena, mas ainda sim sentia um pouco de raiva pelo sentimento de ser deixado para trás, porém se morresse não gostaria que eles se arriscassem para certificar de minha morte, viu como fiquei confuso em segundos.
 
Tirei o objeto mágico de meu pai do bolso, ele irradiava uma luz forte que cegou a myrmeko rainha, mas pelos movimentos da Berit de desespero, cegou-a também. Quando tentei alguns passos que eram lerdos pela dor, escutei uma voz ecoar pelo lugar, vinha de um único lugar que tinha aroma de superfície e também claridade. Nossa última inimiga caiu em um sono profundo, queria cravar minha espada em seu corpo, tinha uma repulsa enorme por aquele monstro, mas no fundo fôramos nós quem invadira sua casa para lhe roubar tesouros, logo meio que perdoei o monstro.
 
Segui o caminho da voz até ver um homem segurar uma espada, cabelos dourados e corpo que parecia liberar uma aura que era quente como o próprio Sol, era meu pai. Apolo estava nos ajudando, seu utensílio salvou minha vida e no trajeto do túnel, quando minhas pernas falharam, seus braços vieram por baixo dos meus e me sustentaram. Minha reação foi sorrir e dizer:
- Obrigado por tudo pai.
 
Caminhamos para fora do covil das formigas assassinas, minhas dores foram curadas pelo toque simples de Apolo, olhei para o lado e estava feliz pelos meus amigos estarem vivos, mas ainda sim via a Berit com olhos de dúvida, contudo ela era uma pessoa que poderia contar para qualquer coisa e uma boa mente para escolher o certo ou errado. Entreguei os óculos ao meu pai, afinal foi para isso que segui os garotos na floresta no começo do dia.
- Estes óculos é seu pai.
 

@Beani  @Miss
avatar
Jason Blackwood
Guerreiros de Poseidon
Guerreiros de Poseidon

Mensagens : 137
Data de inscrição : 16/04/2013
Idade : 19
Localização : Indo visitar meu pai

Ficha Meio-Sangue
Nível: 21
HP:
178/205  (178/205)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão narrada para Berit, Luke e Jardel - Hey, Apolo!

Mensagem por Apolo em Seg Set 16, 2013 7:08 am







O fim de tudo


Os três semideuses foram caminhando lentamente até seus respectivos chalés. Apolo colocou os óculos no rosto e voltou para a Casa Grande, para recuperar o pouco de energia que ele foi obrigado a gastar, matando as formigas guerreiras.

Onde: Acampamento *-* ☀ Com quem: Pessoas ☀ Post: 008 ☀ Vestindo: Roupas e armas -q


Thanks @ Lilah for MDD


Avaliação

Berit

Senso >> Nada a reclamar.

Descrição >> Achei que faltou bastante descrição nos seus posts, poderia ser melhor.

Criatividade >> Não foi tão boa quanto eu esperava, mas teve criatividade.

Ortografia >> Erros relevantes.


190XP  -20XP = 170XP


Jardel

Senso >> Em algumas partes, senti que faltou um pouco de coerência, principalmente dentro do formigueiro.

Descrição >> Eu não vi você descrever quase nada, apenas algumas coisas.

Criatividade >> Foi criativo.

Ortografia >> Apenas errinhos relevantes.


190XP - 30XP = 160XP

Luke

Senso >> Perfeito!

Descrição >> É... mais ou menos, mais ou menos...

Criatividade >> Não vi muita coisa pra pontuar nesse quesito.

Ortografia >> Perfeita!


200XP


Descontos e recompensas.

Berit

Cegueira durante uma semana em on.

-30MP e -15HP

165 Dracmas.

Jardel

Perna dolorida durante uma semana em on.

-30MP e -15HP

Espada negra - Esta espada possui uma magia e uma aura quase negra, um corte profundo na pele do inimigo o faz explodir em dor. Ela é feita de bronze e tem uma cor mais escura que o normal. Seu poder funciona apenas uma vez por batalha. [Recompensa da missão "Hey, Apolo!] [By: Apolo]


Luke

Dores e hematomas por uma semana em on. Cicatriz grande no peitoral para sempre.

-35MP e -15HP.

Espada envenenada - Assim como o arco e flecha, esta espada libera um veneno uma vez por batalha quando atinge profundamente o inimigo, o corroendo e o fazendo sentir dor. Em semideuses, esse veneno não chega a ser fatal. Feita de prata, com o cabo dourado. [Recompensa da missão "Hey, Apolo!] [By: Apolo]

-------------------------------- PJ ϟ Olympian Alliance --------------------------------


Apolo



Deus do sol, da medicina, da música, da perfeição... ♫ Chato bagarai ♫  Dono do fórum ♫  Hot 8)

Credits: @ Polo
avatar
Apolo
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 630
Data de inscrição : 25/03/2013
Idade : 26
Localização : Olimpo

Ficha Meio-Sangue
Nível: Infinito
HP:
99999/99999  (99999/99999)
Arsenal:

Ver perfil do usuário http://pjoalliancebr.forumeiros.com.pt/  -qq

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão narrada para Berit, Luke e Jardel - Hey, Apolo!

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum