Percy Jackson Olympian Alliance

Procurando Nemo... [Missão narrada para Jardel]

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Procurando Nemo... [Missão narrada para Jardel]

Mensagem por Perséfone em Sex Jul 19, 2013 3:04 pm


Procurando Nemo...
O fim de tarde veio acompanhado de uma chuvinha fininha e gostosa, e a brisa suave soprava e balançava as copas das árvores. Os semideuses estavam todos em seu chalé, era sempre assim nos dias de 'irrigação natural' dos Campos de Morangos. Entre o barulho das gotinhas de água batendo na relva, era possível se ouvir um choro fininho; vinha do lago e quem fazia o barulho era uma náiade. Seu pobre filhinho havia se perdido em meio ao matagal e alguém tinha de achá-lo. O semideus filho de Deméter se sentiu estranho no chalé 4, e resolveu dar uma andada na chuva, lá a ninfa lhe explicou a situação. Ele ia ajudá-la.

Regras:
*Você tem 24 horas para postar aqui
*Narre com foi a conversa com a ninfa.
*Comece a procura.
"LEGENDA"
NARRAÇÃO  - FALA 1 - FALA 2 - FALA 3 - PENSAMENTO


Última edição por Perséfone em Sab Jul 20, 2013 1:13 pm, editado 1 vez(es)

-------------------------------- PJ ϟ Olympian Alliance --------------------------------



....Perséfone/Koré....
Se o inverno chegou, a primavera não estará distante

Deusa das Estações Filha de Deméter Irmã de Despina
avatar
Perséfone
Deuses Menores
Deuses Menores

Mensagens : 378
Data de inscrição : 25/03/2013
Idade : 30
Localização : Jardim de Perséfone

Ficha Meio-Sangue
Nível: Infinit
HP:
999999/999999  (999999/999999)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Procurando Nemo... [Missão narrada para Jardel]

Mensagem por Jardel L. Heavensbee em Sex Jul 19, 2013 6:46 pm



Ajudando a Náiade

 P - Paff! – Esse foi o som que ecoou pelo chalé no momento em que fechei meu livro. Fitei sua capa por alguns instantes, ele era sobre plantas; senti-me na cama, olhei ao redor e vi o dormitório vazio; meus irmãos há essa hora devem estar nos campos de morango, aproveitando esse momento de chuva para entrar em contato com a natureza.

Só eu que decidi ficar aqui, não estava com muita vontade de sair hoje; mas algo estava me incomodando, e eu realmente queria descobrir o motivo do incômodo. Como parecia que não era nada pelo chalé, decidi andar um pouco pelo acampamento; antes de sair peguei minha caneta Tenebris, para o caso de precisar me envolver numa luta. Sem saber por onde começar, eu decido ir a um dos últimos locais em que estive, o lago.

Ao chegar lá vejo as gotas de chuva fazendo belos desenhos na sua água cristalina, fiquei o que poderiam ser segundos ou minutos apreciando aquele espetáculo da natureza. No momento em que sai do transe ouvi um choro fininho, envolvido em muita tristeza. Aproximo-me do lugar em que o som da lamentação vinha, quando chego me deparo com uma Náiade sentada na beira do lago; sua aparência era de quem havia ficado dias a fio chorando e sem conseguir dormir, não consigo ver nenhum ser vivo em prantos. Caminho até ela e me sento ao seu lado, ela me olha e vejo sua tristeza estampada; decido perguntar o que tinha acontecido:

- Oi – Hesito um pouco sem saber direito o que falar para amenizar a sua infelicidade – Poderia saber por que uma Náiade tão bela como você está abatida dessa forma?
- Meu filhinho... – Ela não consegue terminar sua falar porque as lágrimas voltam a cair sob a sua face, mas logo limpa os olhos e volta a falar – Eu perdi meu filho! E não consigo encontra-lo de jeito nenhum.
- Deixe-me ajuda-la, aonde viu ele pela última vez? – Vejo seus olhos brilharem ao perceber que eu estava realmente disposto a ajudar na sua busca.
- Oh grande herói, a última vez em que eu o vi, ele estava brincando perto daquelas árvores – Ela aponta para as árvores que se encontram a direita do local em que os dois estão.
- Então é isso, vou indo atrás da sua criança ­– Um belo sorriso se forma no seu rosto enquanto falo ­– Irei trazê-lo de volta são de salvo. Eu prometo!

Levanto-me e começo a andar rapidamente na direção em que ela havia me mostrado, pronto para começar a minha procura.

 


COM: Náiade
ONDE: Lago
VESTINDO:   Isso
OUVINDO: Qualquer Negócio - Clarice Falcão
NOTAS: Narrada
POST: 001



SPOILERS

[/color]§ Caneta Tinteiro "Tenebris": Uma caneta que se tranforma em uma espada longa de ferro estígio; molhe a caneta uma única vez na tinta que a acompanha e a espada se torna venenosa para sempre. [Indestrutível] [By: Nyx]
Coded by @Lilah for WE



-------------------------------- PJ ϟ Olympian Alliance --------------------------------

son of deméter | guer. do sol | mano da brit e do allen | monitor do chalé
 
Jardel Lugema Heavensbee
 ~ A palavra é meu domínio sobre o mundo. ~
avatar
Jardel L. Heavensbee
Guerreiros do Sol
Guerreiros do Sol

Mensagens : 148
Data de inscrição : 19/06/2013
Idade : 20
Localização : Chalé 4, Acampamento Meio-Sangue.

Ficha Meio-Sangue
Nível: 22
HP:
175/185  (175/185)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Procurando Nemo... [Missão narrada para Jardel]

Mensagem por Perséfone em Sex Jul 19, 2013 8:08 pm


Procurando Nemo...
Após andar um pouco, Jardel deparou-se com uma cabaninha feita de folhagens e gravetos. Lá de dentro ele ouviu uma vozinha fininha:

- Alguém me ajuda? Quero minha mamãe! - era Nemo, o filho da Náiade. Ele estava ali, afinal!

O semideus se aproximou do local, mas assim que tentou entrar, um imenso ciclope brandiu sua clava de madeira.

Regras:
*Você tem 24 horas para postar aqui
*Lute com o ciclope e mate-o
"LEGENDA"
NARRAÇÃO  - FALA 1 - FALA 2 - FALA 3 - PENSAMENTO

-------------------------------- PJ ϟ Olympian Alliance --------------------------------



....Perséfone/Koré....
Se o inverno chegou, a primavera não estará distante

Deusa das Estações Filha de Deméter Irmã de Despina
avatar
Perséfone
Deuses Menores
Deuses Menores

Mensagens : 378
Data de inscrição : 25/03/2013
Idade : 30
Localização : Jardim de Perséfone

Ficha Meio-Sangue
Nível: Infinit
HP:
999999/999999  (999999/999999)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Procurando Nemo... [Missão narrada para Jardel]

Mensagem por Jardel L. Heavensbee em Sab Jul 20, 2013 12:18 pm



Luta Contra O Ciclope

 D epois de andar alguns metros por entre gramas altas e árvores, finalmente me deparo com uma pequena cabana feita de folhas e gravetos, era até bela; de onde eu estava não conseguia mais ouvir a lamentação da ninfa.

Continuo observando minunciosamente o local, até que ouço um pedido de socorro – Alguém me ajuda? Quero minha mamãe! – Ao ouvir essa voz rapidamente associe-a ao pequeno filho da ninfa. Ele precisava de ajuda, mas ainda não sabia como ele havia ficado preso ai dentro.

Cuidadosamente eu me aproximo, olhando sempre para os lados; quando estava perto da porta, apareceu um ciclope imenso brandindo sua clava de madeira. Imediatamente recuei e ativei a minha espada Tenebris, infelizmente eu não havia trazido meu escudo. Logo o monstro partiu para o ataque, consegui desviar e passei por baixo dele fazendo um corte na sua perna direita; mas não foi o suficiente para impossibilitá-lo, apenas fez com que ele ficasse mais furioso.

Ele me olhou com seu grande e único olho, e partiu novamente para o ataque; rezei silenciosamente à natureza para que ela me ajudasse. Apertei com muita força a espada que eu empunhava, ergui minha mão livre na sua direção e fechei os olhos; ao abri-los me espanto com a cena que presencio, o ciclope estava preso até a cintura por raízes resistentes, e sua clava tinha se partido pela metade.

Passado o primeiro momento, corro imediatamente para salvar o pequeno. Passo pela porta que já estava escancarada, lá dentro da casa não havia nenhum móvel ou objeto; apenas na parede oposta à que eu estava, Nemo estava amarrado numa pequena e frágil cadeira. Com um corte rápido da espada eu o liberto, e mando que fique atrás de mim enquanto saímos da cabana.

Ao passarmos pela porta da frente, o ciclope está quase se livrando de todas as raízes que ainda o prendem. Mando o Nemo correr na direção da sua mãe enquanto acabo com a fera que o sequestrou; assim que o pequeno desapareceu na direção do lago, o caolho se libertou e correu para me pegar. Deixei ser pego de propósito, assim que ele me ergueu, toquei em sua mão e ela imediatamente ficou verde; ele me soltou e eu caio na grama macia, mas ele ficou coçando com muita força a parte que eu toquei.

Ele tentou me agarrar novamente, mas agora com a outra mão, com um rápido movimento proporcionado pelo local que estava, decepei sua mão e fiquei todo melado de gosma verde. Tive que me concentrar para não vomitar; corri na sua direção e fiz outro corte preciso em sua perna, dessa vez ele teve de se ajoelhar. Não sabia como conseguiria atingir algum ponto vital daquele monstro imenso. Então ele desmaiou de cansaço; mas eu estava embaixo dele no momento e percebendo que seria esmagado ergui minha espada para o alto, vi o momento em que minha arma encontra seu estômago; o ciclope se desintegra, mas eu continuo lá completamente encharcado de gosma monstruosa.
 


COM: Nemo
ONDE:Cabana Abandonada
VESTINDO:  
OUVINDO: Pulsos - Pitty
NOTAS: Narrada
POST: 002



SPOILERS


Armas:

§ Caneta Tinteiro "Tenebris": Uma caneta que se tranforma em uma espada longa de ferro estígio; molhe a caneta uma única vez na tinta que a acompanha e a espada se torna venenosa para sempre. [Indestrutível] [By: Nyx]


Poderes Passivos:

✰ Perícias I: Os guerreiros de Nyx possuem perícia com correntes e espadas longas, podendo manuseá-las perfeitamente sem nunca tê-las tocado antes.
- Aura da Natureza - Os filhos e filhas de Démeter enquanto estão na Natureza tem seus ataques melhorados com mais efeito e até ficam mais belos, tanto quanto um filho de Afrodite e Eros.

- Cura Natural - Ao estar na natureza, esta irá se preocupar com cada filho de Deméter e este quando ferido 
irá receber da própria natureza parte de sua energia. Para curar-se, basta tocar algo como um tronco de uma árvore, cair sobre o campo e coisas parecidas. Lembre-se, você irá sugar uma pequena quantia de força vital das plantas para se curar.


Poderes Ativos:

- Manipulação de madeira -Você pode controlar pouco a madeira, seja esta qual for, raízes a tronco de árvores, ou até mesmo a madeira de uma cadeira. Distorcendo e fazendo ela obedecer o seu comando, controla perfeitamente apenas madeira mais leve.
- Clorofilado - Ao tocar o inimigo ele vai ficar verde e com a pele irritada e assim irá começar a se coçar.
- Fitocinese intermediária. (Lvl - 6)
Um pouco mais hábil nesse assunto, poderá criar até mesmo árvores, mas não as que atingem grandes alturas. Agora já há frutas em sua criação e a quantidade aumenta. A constrição pode atingir até a cintura e prender o adversário por até quatro rodadas, a depender de seu tamanho. Poderá controlar a vegetação já existente, fazendo crescer coisas e controlando árvores, porém não as de grande porte.
Coded by @Lilah for WE



-------------------------------- PJ ϟ Olympian Alliance --------------------------------

son of deméter | guer. do sol | mano da brit e do allen | monitor do chalé
 
Jardel Lugema Heavensbee
 ~ A palavra é meu domínio sobre o mundo. ~
avatar
Jardel L. Heavensbee
Guerreiros do Sol
Guerreiros do Sol

Mensagens : 148
Data de inscrição : 19/06/2013
Idade : 20
Localização : Chalé 4, Acampamento Meio-Sangue.

Ficha Meio-Sangue
Nível: 22
HP:
175/185  (175/185)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Procurando Nemo... [Missão narrada para Jardel]

Mensagem por Perséfone em Sab Jul 20, 2013 1:12 pm


Procurando Nemo...
O semideus enfrentou com garra o monstro, que logo não passava de pó. Uma bela luta tenho que dizer.

Os pingos de chuva eram cada vez mais fracos, a paisagem voltava a seu estado natural, o céu azulinho, parecia até pintado a aquarela, as folhas verde-vivas com gotas de orvalho em suas pontas transbordavam magia; a relva estava enlameada com aquele cheiro de terra molhada. Aquilo não era mais apenas as entranhas do Acampamento Meio-Sangue e sim a Terra Das Fadas. O sol que estava saindo do seu esconderijo detrás das nuvens soltava seus raios com delicadeza.

Jardel poderia ficar admirando aquilo por muito tempo se não tivesse que terminar sua missão; lá de dentro da pequena cabana, os soluços passavam aos pouquinhos:

- Você matou o grandão? - Os olhinhos de Nemo brilhavam de emoção - Você conseguiu, não vou mais virar almoço do ciclope! - ele sorriu e tentou sair de encontro ao semideus, mas não conseguiu

Depois de observar mais atentamente, Jardel pode notar que as pequenas patas do menino-bode, estavam presas por fortes correntes.

"Meu jovem rapaz, você precisa ir mais longe. Só existe uma coisa capaz de quebrar essas correntes, é uma erva mágica que fica na beira dos lagos. Ela geralmente se confundi com as florzinhas cor-de-rosa, mas possuí uma coloração arroxeada. Vá e encontre-a, para que nosso pequeno sátiro possa ser liberto"

Essa voz ecoou na mente do semideus, ele não tinha ideia de quem falava nem de onde vinha, somente sentia que precisava seguir os conselhos que ouviu.

Regras:
* Você tem 24 horas para postar aqui.
* Procure a plantinha; você vai achá-la, depois de andar um pouco, perto de um lago quase seco. Recolha-a, mas tome o cuidado de não tocar nela, tem um poder muito forte.

"LEGENDA"
NARRAÇÃO  - FALA 1 - REGRAS - PENSAMENTO

-------------------------------- PJ ϟ Olympian Alliance --------------------------------



....Perséfone/Koré....
Se o inverno chegou, a primavera não estará distante

Deusa das Estações Filha de Deméter Irmã de Despina
avatar
Perséfone
Deuses Menores
Deuses Menores

Mensagens : 378
Data de inscrição : 25/03/2013
Idade : 30
Localização : Jardim de Perséfone

Ficha Meio-Sangue
Nível: Infinit
HP:
999999/999999  (999999/999999)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Procurando Nemo... [Missão narrada para Jardel]

Mensagem por Jardel L. Heavensbee em Sab Jul 20, 2013 2:14 pm



A Saga da Erva Mágica

 T erminada a minha luta com o ciclope sequestrador, percebo que a chuva está passando; e tudo está voltando ao normal, o céu, as folhas, e o sol está saindo por entre as nuvens. Mas logo lembrei que tinha de salvar o pequeno que se encontrava lá dentro da cabana.


Quando adentro o covil, vejo o pequeno menino-bode; ao me ver ele começa a chorar baixinho de felicidade e diz – Você matou o grandão? Você conseguir, não vou mais virar almoço de ciclope! – Enquanto falava seus olhinhos brilhavam de emoção; ele sorriu e tentou vir ao meu encontro, mas ele estava preso por acorrentado. Tentei quebrar com minhas mãos e com o corte da minha espada, mas a corrente era resistente demais. Então ouvi uma voz na minha mente que falava: "Meu jovem rapaz, você precisa ir mais longe. Só existe uma coisa capaz de quebrar essas correntes, é uma erva mágica que fica na beira dos lagos. Ela geralmente se confundi com as florzinha cor-de-rosa, mas possuí uma coloração arroxeada. Vá e encontre-a, para que nosso pequeno sátiro possa ser liberto" 

Fico com o coração na mão ao ter que deixar aquela pobre criança sozinha ali, mas o tranquilizo falando que já irei voltar. Saio do casebre e corro em direção ao lago; caminho um pouco pela beira e vejo flores de diferentes tipos, mas nenhuma é a que preciso. Por ser filho de Deméter, tenho um vasto conhecimento natural sobre os tipos e isso facilita bastante minha procura; logo encontro uma pequena e bela flor de coloração arroxeada.

Mas ainda havia outro problema, como eu iria levar a erva se eu não poderia tocá-la. Rasgo um pedaço da minha camisa e utilizo para retirar a pequena plantinha mágica dali; volto correndo para a cabana.
 


COM: Nemo
ONDE:Beira do Lago
VESTINDO:  
OUVINDO: Pais e Filhos - Legião Urbana
NOTAS: Narrada
POST: 003



SPOILERS

Conhecimento sobre plantas - O filho de Deméter possui um grande conhecimento sobre as plantas, conhecendo e distinguindo algumas de outras.
Coded by @Lilah for WE



-------------------------------- PJ ϟ Olympian Alliance --------------------------------

son of deméter | guer. do sol | mano da brit e do allen | monitor do chalé
 
Jardel Lugema Heavensbee
 ~ A palavra é meu domínio sobre o mundo. ~
avatar
Jardel L. Heavensbee
Guerreiros do Sol
Guerreiros do Sol

Mensagens : 148
Data de inscrição : 19/06/2013
Idade : 20
Localização : Chalé 4, Acampamento Meio-Sangue.

Ficha Meio-Sangue
Nível: 22
HP:
175/185  (175/185)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Procurando Nemo... [Missão narrada para Jardel]

Mensagem por Perséfone em Sab Jul 20, 2013 3:09 pm


Procurando Nemo...
Oh, como era perfumada aquela pequena florzinha, não? O menino tomava todo o cuidado ao transferi-la da raiz para suas mãos e voltou ás pressas até onde o pequenino sátiro estava.

Graças aos deuses, tudo estava como ele havia deixado. Tinha agora que espalhar o pólen da florzinha poderosa por todo o comprimento da corrente para que Nemo fosse finalmente liberto. Assim então, poderia levá-lo de volta a sua mamãe que não se aguentava mais de saudades e preocupação.

Mal sabia ele que alguma coisa terrível os esperava... Será que Nemo teria um final feliz? Ou cairia nas mão da desgraça?

Regras:
* Você tem 24 horas para postar aqui.
* Salve Nemo e leve-o contigo, no meio do caminho uma harpia vai barrá-los. Lute com ela.

"LEGENDA"
NARRAÇÃO  - FALA 1 - REGRAS - PENSAMENTO

-------------------------------- PJ ϟ Olympian Alliance --------------------------------



....Perséfone/Koré....
Se o inverno chegou, a primavera não estará distante

Deusa das Estações Filha de Deméter Irmã de Despina
avatar
Perséfone
Deuses Menores
Deuses Menores

Mensagens : 378
Data de inscrição : 25/03/2013
Idade : 30
Localização : Jardim de Perséfone

Ficha Meio-Sangue
Nível: Infinit
HP:
999999/999999  (999999/999999)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Procurando Nemo... [Missão narrada para Jardel]

Mensagem por Jardel L. Heavensbee em Sab Jul 20, 2013 5:52 pm



Um Novo Inimigo

 C hegando à cabana, solto um suspiro de alívio ao ver que o pequeno ainda está ali. Ele começa a chorar de felicidade quando volto com a flor envolta no pano. Aproximo-me das correntes que o prendiam ali, com muito cuidado eu vou espalhando o pólen por cada centímetro daquela corrente. Ao terminar de polinizar ela se transforme em pó, libertando assim o pequeno que logo corre para me abraçar por tê-lo salvo.


Como ele está um pouco fraco, decido carrega-lo até sua mãe. Anda o mais rápido que consigo com aquele menino-bode nos meus braços; mas no caminho somos interceptados por uma harpia determinada. Ela tenta pegar o sátiro com as suas garras, mas na hora eu me viro e sou arranhado por suas garras. Solto um grito de dor mas resisto, ponho o Nemo no chão e me ergo, ativando novamente minha espada.

Ponho-me na frente dele, ela parecia estar com muita vontade de pegá-lo; ela tentou mais uma investida, mas dessa vez fui mais rápido e quase cortei sua mão com minha espada. Ela recuou um pouco, mas não iria desistir assim tão fácil. Dessa vez fui eu quem resolveu ataca-la, numa rápida investida fiz com que ela recuasse para perto de uma árvore, e quando percebi que estava encurralada, prendi seus braços e pernas com as raízes e galhos da árvore; que também era uma árvore centenária e muito resistente. Concentrando minha energia na palma da minha mão, crio esferas de energia negra e lanço-as na direção em que a harpia se encontrava; só que no exato momento ela conseguiu se libertar, assim as esferas só atingiram sua asa esquerda, impossibilitando-a de voar.

Quando viu que não conseguiria fugir por ar, ela entrou em um estado de fúria e tentou matar a mim e o pequeno ali mesmo. Mandei que Nemo se afastasse um pouco, mas não muito, apenas o suficiente para não correr tantos riscos de ser atacado. Ela tentou me atacar com suas garras outra vez, dessa vez fui mais rápido, e cortei seu braço direito.

A harpia ainda tentou me atacar novamente, mas dessa vez dei uma pancada em sua cabeça; ela não desistiu. Eu apontei minha espada na sua direção; ela deve ter achado que era um sinal ofensivo, então correu tão rápido que não pude acompanhar direito, apenas consegui desferir um ataque no seu estômago no momento que suas garras estavam quase no meu pescoço. Ela se desfez em pó, ajoelhei um pouco para descansar. Então o pequenino apareceu de trás de uma árvore, e me ajudou a levantar; assim fomos ao encontro da sua querida mãe, que devia estar morrendo de preocupação.
 


COM: Harpia e Nemo
ONDE:Entre o lago e a cabana
VESTINDO: Camisa rasgada
OUVINDO: Tendo a Lua - Os Paralamas do Sucesso
NOTAS: Narrada
POST: 004



SPOILERS

- Aura da Natureza - Os filhos e filhas de Démeter enquanto estão na Natureza tem seus ataques melhorados com mais efeito e até ficam mais belos, tanto quanto um filho de Afrodite e Eros.
- Fitocinese intermediária. (Lvl - 6)
Um pouco mais hábil nesse assunto, poderá criar até mesmo árvores, mas não as que atingem grandes alturas. Agora já há frutas em sua criação e a quantidade aumenta. A constrição pode atingir até a cintura e prender o adversário por até quatro rodadas, a depender de seu tamanho. Poderá controlar a vegetação já existente, fazendo crescer coisas e controlando árvores, porém não as de grande porte.
✰ Esferas Negras I: Pode formar três esferas de energia negra em suas mãos e lançar nos adversários. Causam ferimentos leves
Coded by @Lilah for WE



-------------------------------- PJ ϟ Olympian Alliance --------------------------------

son of deméter | guer. do sol | mano da brit e do allen | monitor do chalé
 
Jardel Lugema Heavensbee
 ~ A palavra é meu domínio sobre o mundo. ~
avatar
Jardel L. Heavensbee
Guerreiros do Sol
Guerreiros do Sol

Mensagens : 148
Data de inscrição : 19/06/2013
Idade : 20
Localização : Chalé 4, Acampamento Meio-Sangue.

Ficha Meio-Sangue
Nível: 22
HP:
175/185  (175/185)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Procurando Nemo... [Missão narrada para Jardel]

Mensagem por Perséfone em Dom Jul 21, 2013 12:47 pm


Procurando Nemo...
Ah, finalmente tudo acabou bem. O semideus fez um trabalho mais que ótimo, e Nemo estava a salvo nos braços de sua mamãe. A ninfa agradecida, estendeu um pacote para Jardel, nele continha um arco e uma aljava cheia de flechas.

Acenou para o rapaz, e mergulhou para as profundezas do lago.

Avaliação:
Sua missão foi maravilhosa!

As palavras foram bem usadas e não ocorreu quase nenhum erro ortográfico; seu senso é maravilhoso, bem como a descrição. Só acho que pecou um pouco na criatividade.

TOTAL: 160xp

RECOMPENSA: Arco das estações: Arco feito de aço, suas flechas normais são de bronze sagrado. Por seu portador ser filho de uma das deusas das estações do ano, as suas flechas podem variar de acordo com a sua vontade em: Primavera, flechas de terra, paralisam seu oponente; Verão, flechas de fogo, queimam seu inimigo; Outono, flechas de ar, manda seu adversário para trás; Inverno, flechas de gelo, congelam seu alvo. (Todos os efeitos, com exceção do Outono, duram apenas um turno; e só podem ser utilizados uma vez por batalha.)

"LEGENDA"
NARRAÇÃO  - FALA 1 - REGRAS - PENSAMENTO

-------------------------------- PJ ϟ Olympian Alliance --------------------------------



....Perséfone/Koré....
Se o inverno chegou, a primavera não estará distante

Deusa das Estações Filha de Deméter Irmã de Despina
avatar
Perséfone
Deuses Menores
Deuses Menores

Mensagens : 378
Data de inscrição : 25/03/2013
Idade : 30
Localização : Jardim de Perséfone

Ficha Meio-Sangue
Nível: Infinit
HP:
999999/999999  (999999/999999)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Procurando Nemo... [Missão narrada para Jardel]

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum