Percy Jackson Olympian Alliance

Os Estábulos

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Os Estábulos

Mensagem por Administração em Ter Mar 26, 2013 10:55 am


O Estábulo é onde ficam os cavalos e pégasos, os semideuses geralmente vêm aqui para tratarem de seus bichinhos e aqueles que são mais prestativos vem para ajudar a direção do acampamento a manter o local limpo assim como os cavalos. Os semideuses mais generosos ganham dracmas em troca do favor que é oferecido ao acampamento.

O sistema de avaliação é o mesmo que o Campo de Morangos, valendo 20 dracmas cada quesito.

-Só é permitido ajudar uma vez por semana.
-Não é permitido postar atemporalmente.
-Mínimo de 5 linhas.

PJO Alliance
For their help and fun.
thanks juuub's @ cp!


avatar
Administração
Conta da Admin
Conta da Admin

Mensagens : 13
Data de inscrição : 25/03/2013

Ficha Meio-Sangue
Nível: 1
HP:
100/100  (100/100)
Arsenal:

Ver perfil do usuário http://pjoalliancebr.forumeiros.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Estábulos

Mensagem por Jason Blackwood em Qua Maio 01, 2013 10:25 pm

Taking Care Of The Pégasus.



Uma das coisas que gosto de fazer para passar o tempo e pensar solitário ou mais ou menos isso é limpar os estábulos e cuidar dos pégasos. Usava dessa vez uma calça jeans grossa, botas que iam até a canela, uma blusa comum do acampamento e dessa vez não carregava armas.

Os estábulos estavam vazios em relação a semideuses, um filho de Poseidon tomava um equino para praticar, uma filha de Íris dava banho em um cavalo no lado de fora do local e alguns pégasos relinchavam alto, talvez por carinho ou por maçãs. Entro no corredor para os estábulos e escolho um que o pégaso estivesse em atividade para dar início ao meu primeiro trabalho.

Vou até um armário que fica no fim do corredor e pego um balda, uma enxada e um pano. Volto para minha baia escolhida e começo o serviço dando limpeza as paredes. Antes de começar eu havia enchido meu balde com água e puxado uma mangueira para abastecer quando acabasse. Esfreguei o pano na parede retirando algumas sujeiras superficiais e depois fui para o chão.

Usei a enxada para retirar e unir em um ponto o feno que estava no chão junto das fezes do pégaso. Não sabia como um animal podia liberar tanta coisa, mas limpava com paciência. Durante várias vezes que arrastei a enxada no chão, pensava sobre o que eu fizera no acampamento e na minha decepção. Limpar a baia era um consolo e onde descarregar todos esses sentimentos ruins.

Depois de retirar a maioria do esterco que ficara no estábulo, pego uma pá e retiro as fezes colocando em outro balde. Jogo no lado de fora do estábulo, onde seria usado como adubo e volto para dar fim ao trabalho. Usei agora uma vassoura, me arrependi de não ter pego todos os equipamentos par ao trabalho e ter que ficar andando pelo corredor a todo momento. Joguei água no chão e com a vassoura envolta do pano, sequei o excesso. Coloquei feno novo no chão e quando ia pegar a ração, um belo pégaso foi trazido por um semideus.

O pégaso era castanho em todo seu corpo com algumas manchas brancas, igual sua crina e patas. Suas asas eram cor creme e seu corpo era forte e imponente. Tomei sua rédea do semideus que em agradeceu, retirei sua sela e fiz um carinho em seu focinho. O pégaso soltou um relincho de alegria e enquanto ele se acertava em seu estábulo, coloquei sua ração no seu coche e um pouco de sal. Fiz um novo carinho e fechei a baia, terminando meu serviço.




avatar
Jason Blackwood
Guerreiros de Poseidon
Guerreiros de Poseidon

Mensagens : 137
Data de inscrição : 16/04/2013
Idade : 18
Localização : Indo visitar meu pai

Ficha Meio-Sangue
Nível: 21
HP:
178/205  (178/205)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Estábulos

Mensagem por Apolo em Qui Maio 02, 2013 7:04 am

Você escreveu muito bem sua ajuda, a única coisa a qual eu senti falta foi da descrição de como você se sentiu em cada momento, pois ficou uma coisa meio robótica. Você se cansou? Você ficou com nojo? Você ficou feliz?

95 dracmas

-------------------------------- PJ ϟ Olympian Alliance --------------------------------


Apolo



Deus do sol, da medicina, da música, da perfeição... ♫ Chato bagarai ♫  Dono do fórum ♫  Hot 8)

Credits: @ Polo
avatar
Apolo
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 630
Data de inscrição : 25/03/2013
Idade : 26
Localização : Olimpo

Ficha Meio-Sangue
Nível: Infinito
HP:
99999/99999  (99999/99999)
Arsenal:

Ver perfil do usuário http://pjoalliancebr.forumeiros.com.pt/  -qq

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Estábulos

Mensagem por Jason Blackwood em Qua Maio 15, 2013 1:48 pm


Take care of the wing horse

Como pela tarde minha única atividade era canto no Anfiteatro, não seria um problema ajudar nos estábulos. Normalmente eu não venho quando tem algum treino por que posso ficar cansado nas atividades com os equinos. Chamei um amigo meu sátiro para me acompanhar nessa atividade, ele adorava animais e cavalos em principal. Olhei no mural do local de atividades os cavalos que precisavam de um banho e cuidados especiais e gostei do nome Skyrunner de um deles. Assinei à frente da atividade indicando que eu era responsável por ela e fui até a baia buscar o animal.

Ao chegar esperava achar um cavalo mesmo, mas uma bela égua alada comia tranquila sua ração. Fiquei realmente maravilhado com o animal, minha paixão por cavalos sempre foi enorme e ver um belo animal alvo como a neve tendo apenas uma pequena mancha marrom ébano na lateral esquerda de seu dorso acima da asa era um detalhe divino. Frank, meu amigo sátiro, entrou no estábulo e tomou o pégaso pelas rédeas enquanto eu buscava, com a ajuda de um carrinho de mão, os materiais necessários para cuidar do animal.

Chegando ao lado de fora agradeci por ele ter preso Skyrunner em um cocho com ração e pego uma mangueira que eu havia esquecido. Puxei a égua mágica para fora de seu cocho por um momento para que eu pudesse molhar melhor todo seu corpo. Com a mangueira que Frank pegou deixei que uma água morna saísse isso por que espertamente aquecia toda água que saia da mangueira antes de tocar o corpo do animal. Enquanto molhava o animal, meu amigo sátiro misturou um xampu especial de equinos com água além de colocar um escovão dentro do balde. Fechei a mangueira, recebi respingos de água que voaram do corpo da pégaso quando ela balançou seu corpo e abriu suas asas.

Comecei meu trabalho cansativo e gratificante esfregando o corpo dela. A parte mais fácil foi escovar suas costas, difícil eram suas asas por serem mais delicadas e que eram limpas com uma esponja. Por sorte, par a facilitar a limpeza a Skyrunner foi adestrada a abrir suas asas quando era necessário limpar. Depois de deixar o corpo dela todo cheio de sabão, liguei novamente a mangueira. Frank se concentrava em manter calma a nossa estrela do momento com músicas de sua flauta de junco.

Após retirar o sabão de seu corpo, com uma escova menor limpei seus cascos com minuciosidade, o que me cansou pela posição, ficar abaixado é um grande problema para a coluna. Levantei reclamando um pouco depois de limpar todas suas patas e tome i um fôlego antes de pegar uma pentear sua crina. Passei um creme especial para alisar e deixar macio seus fios de cabelo ou pelo, ainda não descobri o correto. Sua crina branca era facilmente escovada, não fazia esforço em pentear. Com o término da limpeza, em passos lentos levei a Skyrunner para seu estábulo que fora limpo por outro semideus.


Deixei minha cliente no local com sua comida, fiz um carinho em seu focinho que foi agradecido com um relincho e depois fui descansar um pouco meu corpo, era realmente desgastante a atividade.


POST: Always first NOTES: I like pegasus WITH:Skyrunner and Frank WHERE: Stall

@Lilah!
avatar
Jason Blackwood
Guerreiros de Poseidon
Guerreiros de Poseidon

Mensagens : 137
Data de inscrição : 16/04/2013
Idade : 18
Localização : Indo visitar meu pai

Ficha Meio-Sangue
Nível: 21
HP:
178/205  (178/205)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Estábulos

Mensagem por Apolo em Qua Maio 15, 2013 2:51 pm

Ortografia - 16/20 - Alguns erros de acentuação e vários de pontuação no início do post.

Coerência - 20/20 - Muito coerente.

Criatividade - 18/20 - Teve criatividade.

Descrição - 17/20 - Faltou um pouco de descrição do local e dos sentimentos.

71 dracmas



-------------------------------- PJ ϟ Olympian Alliance --------------------------------


Apolo



Deus do sol, da medicina, da música, da perfeição... ♫ Chato bagarai ♫  Dono do fórum ♫  Hot 8)

Credits: @ Polo
avatar
Apolo
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 630
Data de inscrição : 25/03/2013
Idade : 26
Localização : Olimpo

Ficha Meio-Sangue
Nível: Infinito
HP:
99999/99999  (99999/99999)
Arsenal:

Ver perfil do usuário http://pjoalliancebr.forumeiros.com.pt/  -qq

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Estábulos

Mensagem por Sarah A. Harker em Seg Maio 20, 2013 10:16 pm



White Horse

Já passava do meio-dia, o sol estava em seu auge, o calor reinava no acampamento meio-sangue, um dia perfeito para Sarah, filha de Hemera. A garota estava tão animada, que resolveu ajudar na limpeza do estabulo, bem, não havia se voluntariado por vontade própria, ouvira indiretas do Sr. D o dia inteiro sobre como aquele lugar estava sujo, como os animais precisavam de banho e cuidado, a menina ficou cinco minutos na casa grande, tempo esse suficiente para se irritar com a ladainha do deus dos vinhos e se oferecer para limpar o estabulo. Passou em seu chalé rapidamente apenas para trocar de roupa, deixando o habitual vestido florido para depois, o trocando por um short jeans simples, tênis e uma blusa, que deixava metade de sua barriga de fora, mas ela não se importou com esse fato e rumou em direção aos estábulos.

Sua animação toda fora embora quando chegou no "lar dos cavalos", o lugar fedia, Sarah torceu o nariz ao entrar no ambiente, se perguntava como os pobres animais suportavam esse cheiro, percebera logo em seguida, que os cavalos não estavam em melhores condições, ate moscas sobrevoavam tudo por ali. A garota sentiu vontade de dar meia volta e ir para seu chalé limpinho, mas se comprometera com Dionísio e, além do mais, não podia deixar os animaizinhos vivendo naquelas condições. Ela suspirou, não tinha jeito, não tinha para onde correr, tinha que fazer aquilo.

As pessoas estavam erradas sobre ela, Sarah não pensava em si própria, apenas, também gostava de ajudar animais, não eram pessoas, mas ainda assim era alguma coisa. Eles nunca a iriam trair, eram leais ate a morte e, convenhamos, mais legais que os humanos. Sem enrolação, a filha de Hemera prendeu o cabelo, a fim de começar seu trabalho logo para acabar o quanto antes. A garota, primeiramente, se dirigiu a um armário do lado de fora do estabulo, presumindo ali ser o lugar que guardavam os produtos de limpeza e afim, ela não estava errada. Assim que estava com todas as coisas necessárias para a limpeza arrumada, Sarah prendeu cavalo por cavalo a algumas arvores que haviam em volta do chalé, depois cuidaria daqueles 5.

Sem demora, a garota voltou para seu martírio, analisando o estado do local Sarah concluiu que passaria a vida toda tirando todo aquele estrume do chão, tirando todo o feno, que parecia se acumular de semanas, arrumar todas as prateleiras e produtos que tratavam dos cavalos. Como nada se limparia sozinho, ela tinha que começar seu serviço, tratou logo de pegar o carrinho de mão, uma pá e sua coragem para ajuntar o estrume e recolhe-lo.

Com dificuldades, a filha de Hemera recolhia o estrume e o jogava no carrinho de mão, como tudo aquilo cabia dentro dos pobres cavalinhos? Assim que conseguiu juntar uma boa quantidade daquele negocio fedido no carrinho, o levou, com um pouco de esforço e alguns escorregões, para uma plantação ali perto, pensou ela que aquilo poderia servir de adubo. Repetiu o trajeto mais 2 vezes, logo o estabulo estava relativamente limpo, não fedia tanto. A menina pegou a vassoura e tirou todo o feno que estava espalhado por todo o local, recolheu toda a sujeira e os restos dos alimentos antigos dos cavalos. Assim que o chão e os afins estavam devidamente limpo, Sarah ligou a mangueira, para retirar tudo que sobrara e esfregar, a menina tinha mania de limpeza, não ia parar a te ver o ultimo grão de sujeite e pó indo embora. Lavou do teto ao chão, o lugar de por o feno, o recipiente de agua, as prateleiras, lavou também todas as celas dos cavalos.

O trabalho ainda não estava terminado, apenas uma parte dele fora concluída, ainda faltava lavar os pobres animais, que tinham moscas os sobrevoando. Sarah levou a mangueira para fora, junto de alguns produtos para a limpeza dos cavalos, tratou de um a um, dos pelos, das patas, desembaraçou suas clinas, nas duas fêmeas que ali tinham, ela se deu ao trabalho de fazer trancinhas. Escovou-lhe os pelos e os deixaram no sol, afinal, nada melhor que ele.

Voltou para dentro, certificando-se de que tudo estaria em ordem, reabasteceu as reservatórios de agua, colocou o feno em seu devido lugar, arrumou os produtos em suas prateleiras e guardou tudo que usara para limpar o estábulo. Colocou os cavalos para dentro, todos pareceram aprovar o "novo lar", ate relincharam, a menina aceitou aquilo como um elogio.

Assim que percebeu que tudo estava em seu devido lugar, tudo limpo e os cavalos felizes, se sentiu alegre. Fora um trabalho pesado? Sim. Se ela sentia os braços e as pernas? Não. Mas Sarah se sentia bem, ajudara ao próximo, bem, cavalos, mas eles não deixam de ter sentimentos.

A filha de Hemera se despediu dos cavalos fazendo carinho em cada um e rumou ao seu chalé, querendo encontrar um delicioso chuveiro e sua macia cama. Nada que não fosse merecido depois de tal esforço.


notes: i'm radioactive - vestindo: isso


© CG


-------------------------------- PJ ϟ Olympian Alliance --------------------------------

Sarah Annelise Harker

 BFF Do SammyFutura esposa do SamIrmã da HannahPequena do Aaron 
avatar
Sarah A. Harker
Filhos De Quione
Filhos De Quione

Mensagens : 24
Data de inscrição : 29/04/2013

Ficha Meio-Sangue
Nível: 1
HP:
105/105  (105/105)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Estábulos

Mensagem por Apolo em Ter Maio 21, 2013 10:24 am

Ortografia - 18/20 - Alguns errinhos de concordância.

Coerência - 20/20 - Nenhum erro.

Criatividade - 20/20 - Muito criativo!

Descrição - 19/20

77 dracmas

-------------------------------- PJ ϟ Olympian Alliance --------------------------------


Apolo



Deus do sol, da medicina, da música, da perfeição... ♫ Chato bagarai ♫  Dono do fórum ♫  Hot 8)

Credits: @ Polo
avatar
Apolo
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 630
Data de inscrição : 25/03/2013
Idade : 26
Localização : Olimpo

Ficha Meio-Sangue
Nível: Infinito
HP:
99999/99999  (99999/99999)
Arsenal:

Ver perfil do usuário http://pjoalliancebr.forumeiros.com.pt/  -qq

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Estábulos

Mensagem por Jardel L. Heavensbee em Qua Jul 10, 2013 4:05 pm


Limpeza de Estábulo:

Dia de Cão!

 Em mais um dia emocionante da minha vida, me pego deitado na minha cama e ouvindo música. Fecho os olhos e tento me lembrar de algo pra fazer; se não me engano tinha ouvido algum campista falar alguma coisa sobre os estábulos estarem sujos. E eu como boa pessoa decido ir lá dar uma ajuda ao pessoal.


Fico de pé, rapidamente troco minhas normais por uma bermuda e uma camiseta escrita Ravenclaw na frente. Saio do meu chalé e vejo que já está quase no final da tarde, corro em uma parte do caminho para não demorar a chegar lá.

No momento que chego aos estábulos, eles já estão quase todos limpos, porém ainda faltavam uns poucos. Aproveito do fato de que os cavalos e pégasos já estão do lado de fora sendo lavados por outros semideuses; aliás, belos cavalos; deu pra notar que o pelo deles era bem macio, e as cores dos mesmos variavam entre branco, preto e marrom.

Entrando ali vejo vários estábulos limpos e alguns quase. Sigo até o final do corredor e lá vejo o estado em que se encontra aquela parte, eu senti ânsia de vômito, tamanha era a camada de esterco. Vou até o armário, que fica bem do lado de onde estava limpando; pego uma enxada, uma pá, alguns sacos vazios e um carrinho de mão.

Começo o duro trabalho de quebrar aquela pesada camada de necessidades fisiológicas equinas; depois de quebrar todo o cocô empedrado, encho os sacos e levo-os no carrinho de mão até o final do corredor, onde se encontravam outros sacos que também seriam retirados dali para servir de adubo.

Depois disso cubro o chão com um pouco de feno, olho para os lados e vejo que ainda há partes sujas, mas, resolvo deixar ai para outras pessoas terem a chance de ajudar na limpeza. Afinal trabalho pesado não é muito o forte de um filho de Deméter.
 


OBSERVAÇÕES


"A Vida É Muito Curta, Pra Quê Desperdiçar?"





-------------------------------- PJ ϟ Olympian Alliance --------------------------------

son of deméter | guer. do sol | mano da brit e do allen | monitor do chalé
 
Jardel Lugema Heavensbee
 ~ A palavra é meu domínio sobre o mundo. ~
avatar
Jardel L. Heavensbee
Guerreiros do Sol
Guerreiros do Sol

Mensagens : 148
Data de inscrição : 19/06/2013
Idade : 20
Localização : Chalé 4, Acampamento Meio-Sangue.

Ficha Meio-Sangue
Nível: 22
HP:
175/185  (175/185)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Estábulos

Mensagem por Apolo em Qui Jul 11, 2013 2:47 pm

Ortografia - 20/20 - Muito bem.

Coerência - 14/20 - Você entra no estábulo duas vezes.

Criatividade - 16/20 - Clichê

Descrição - 19/20 - Foi bem


69 dracmas


-------------------------------- PJ ϟ Olympian Alliance --------------------------------


Apolo



Deus do sol, da medicina, da música, da perfeição... ♫ Chato bagarai ♫  Dono do fórum ♫  Hot 8)

Credits: @ Polo
avatar
Apolo
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 630
Data de inscrição : 25/03/2013
Idade : 26
Localização : Olimpo

Ficha Meio-Sangue
Nível: Infinito
HP:
99999/99999  (99999/99999)
Arsenal:

Ver perfil do usuário http://pjoalliancebr.forumeiros.com.pt/  -qq

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Estábulos

Mensagem por Jardel L. Heavensbee em Sex Jul 26, 2013 5:50 pm



Estábulos (Again)

 F azia uma linda tarde de sol e o céu estava azul; mesmo assim meu dia começou um pouco tedioso, eu havia ido à enfermaria pela manhã, e na volta o curador que me ajudou, pedi que eu tirasse a manhã para repousar.


Mas felizmente eu fiquei em minha cama lendo Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban, ele ajudou há controlar um pouco a minha ansiedade em rodar o acampamento. Tão logo o sol ficou a pino, ainda êxtase por estar em uma parte perfeita do livro, resolvi ir aos estábulos; afinal até aquele lugar merecia uma boa limpeza.

Quando cheguei lá havia alguns semideuses organizando o que precisava ser feito ali, e quem iria fazê-los. Fiquei apenas alguns minutos na pequena fila, quando chegou minha vez fiquei com o banho de um cavalo; senti-me um pouco aliviado por não ter que enfrentar um cavalo alado, não sei como me sairia lidando com eles sem pelo menos nunca ter tido o contato com os não alados.

Fui ao armário e peguei um escovão e um shampoo para cavalos; logo me dirigi para aonde meu sujinho se encontrava, ele era branco com algumas manchas pretas. Para tentar conquistar a confiança dele comecei a acaricia-lo, vi que ambos estávamos mais a vontade; então comecei a jogar água de uma mangueira por toda a extensão do seu dorso, rabo e sua cabeça. Tive todo o cuidado na hora de ensaboar lhe, passando o escovão bem devagar para não incomodar; e mesmo os outros que ali estavam me dizendo que o shampoo não ardia os olhos, preferi não deixar que caíssem muito nos seus; vi que ele pareceu mais calmo ao perceber isso.

Pra finalizar joguei mais água, agora para retirar a espuma que estava por todo seu corpo. Ao termino eu estava completamente ensopado, eu e ele tínhamos nos dado bem; logo o entreguei a um filho de Poseidon e voltei para meu chalé.
 


COM: Cavalo
ONDE:Estábulo
VESTINDO:  
OUVINDO: Ensaio sobre Ela - Cícero
NOTAS:
POST: 001



Frase

"Nem vi você chegar, foi como ser feliz de novo."
Coded by @Lilah for WE



-------------------------------- PJ ϟ Olympian Alliance --------------------------------

son of deméter | guer. do sol | mano da brit e do allen | monitor do chalé
 
Jardel Lugema Heavensbee
 ~ A palavra é meu domínio sobre o mundo. ~
avatar
Jardel L. Heavensbee
Guerreiros do Sol
Guerreiros do Sol

Mensagens : 148
Data de inscrição : 19/06/2013
Idade : 20
Localização : Chalé 4, Acampamento Meio-Sangue.

Ficha Meio-Sangue
Nível: 22
HP:
175/185  (175/185)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Estábulos

Mensagem por Perséfone em Dom Jul 28, 2013 11:12 am

- Jardel -

Ortografia - 20/20 - Maravilhosa!

Coerência - 10/20 - Está boa, porém você cuidou de somente um cavalo e não do estábulo em si.

Criatividade - 18/20 - Foi criativo.

Descrição - 15/20 - Acho que poderia ter descrito melhor o ambiente e suas ações.

TOTAL: 63 dracmas.

-------------------------------- PJ ϟ Olympian Alliance --------------------------------



....Perséfone/Koré....
Se o inverno chegou, a primavera não estará distante

Deusa das Estações Filha de Deméter Irmã de Despina
avatar
Perséfone
Deuses Menores
Deuses Menores

Mensagens : 378
Data de inscrição : 25/03/2013
Idade : 30
Localização : Jardim de Perséfone

Ficha Meio-Sangue
Nível: Infinit
HP:
999999/999999  (999999/999999)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Estábulos

Mensagem por Chloe Crawford em Sex Out 18, 2013 11:34 am



Alright, there are horses.

Onepost . Cold . Put yours hands up



Desde que a garota chegou ao acampamento tudo o que ela havia visto era neve. Não que fosse reclamar já que viveu sua vida toda no Alasca, mas era claro que ao chegar ao centro dos Estados Unidos ela esperava um pouco mais de... Umidade. Segundo algumas fontes, na noite passada alguns campistas se despuseram a ir ao Olimpo e pedir pessoalmente ao deus Apolo para que ele desse um pingo de calor para o lugar, Chloe era novata e não sentia nem um pouco a vontade de encarar o deus do Sol, então por que não dar uma ajudinha e tornar a vida dos cavalos mais fácil?
O sol que ultrapassava as cortinas do chalé de Éris era certamente inofensivo, nenhum pingo de calor era sentido naquele momento que a garota decidiu levantar-se. Depois que tomou o banho mais rápido de sua vida, vestiu sua calça mais quente e blusas, muitas blusas. Antes de sair chalé a fora tomou cuidado para fechar a porta e não acordar sua meia-irmã, Raven. Enquanto caminhava rumo ao estabulo pode ver que alguns campistas cochichavam certamente falando da “escapada” da noite anterior e a garota até mesmo sentiu falta de alguns outros que costumava ver por ali.
Quando enfim ouviu os barulhos dos cavalos seu coração deu uma palpitada a mais, Chloe nunca fora muito bem com esse tipo de animal, mas talvez essa seja a data para mudar isso. Os quadrupedes se movimentavam estranhamente com a chegada da semideusa, talvez seja uma boa coisa, talvez...

 _Hey! Estou aqui para ajudar, - ela começou com certo receio – vamos começar com... Tirar vocês dai.
Ela se movimentou agilmente entre os utensílios que usaria mais tarde para limpar o lugar e enfim encarou o cercado. Enquanto tirava cavalo a cavalo prestou atenção a sua traseira, ela sabia que seria problema na certa, então levou um a um para um cercado a fora.
 _Até que vocês foram bonzinhos. – ela sorriu ao passar a mão na crina de um alado.
Quando voltou para dentro do estabulo foi até a parte da “limpeza” e pegou tudo o que seria necessário. Depois de vestir as botas e colocar luvas enormes e amarelas empurrou a carriola para dentro. Chloe encarou todo o esterco por alguns segundos e então respirou fundo. Abriu uma sacola enorme e a deixou encima da carriola, passou cela por cela tirando o resto de ração e feno que ali restara e os jogou na sacola já a amarrando e tirando do estabulo. Esvaziou todos os bebedouros e foi atrás deu uma bucha para esfrega-los. Até então o trabalho estava consideravelmente tranquilo, após encarar os comedouros e bebedouros limpos passou para o chão. “Beleza”, ela tentava ser otimista, não pode ser tão ruim. Chloe pegou o que era possível de punhados no chão e os jogava na carriola, o cheiro começou a ser incomodante assim que tocou no primeiro vestígio de... Daquilo. A garota até chegou a pensar que seria melhor estar a caminho da incineração por um deus do que estar ali, mas sua opinião mudou assim que a última carriola se foi.
O próximo passo foi conectar a mangueira e jogar um pouco de sabão pelo lugar e depois esfregar, esfregar e esfregar de novo. Depois de longos minutos fazendo aquele trabalho a garota pode ver enfim o chão dar um vestígio de estar limpo e isso a encheu de entusiasmo. O cheiro passou de “ai meus deuses vou vomitar” para “hm... nada mal” em cerca de meia hora. Depois de secar o chão e abrir bem as janelas para aproveitar o breve tempo sem neve a garota caminhou felizmente até os novos alimentos e os distribuiu igualmente sobre os comedouros e encheu as bacias para os cavalos deliciarem de nada mais nada menos que água não congelada.

Quando Chloe enfim achou que seu trabalho estava terminado foi até o cercado de fora pegar os cavalos na intenção de trazê-los para dentro outra vez, mas ela não contava com a sujeira dos próprios.
 _Ótimo! – ela exclamou reclamando. Ela pensou em banha-los ali mesmo, mas era claro que os animais iriam sofrer com tamanho frio que isso proporcionaria então depois de alguns minutos os encarando e pensando chegou a uma conclusão não convencional – Posso limpa-los com panos umedecidos... – Sim! A umidade esperada.
Chloe entrou outra vez para dentro de uma das casinhas que ali havia e buscou por pás e panos. Ao começar o trabalho limpou casco por casco dos seres que não pareciam nada confortáveis com a situação, mas pareciam entender que era para o “bem de todos”. Já com todos os “pezinhos” limpos, a garota caminhou até a pilha de panos que havia encontrado e os molhou levemente com água, como tais não estavam tão gelados para ela, talvez os cavalos não se importassem com o contato em sua pele. Antes de se aproximar novamente dos animais que já a encaravam esperando por mais, Chloe prendeu os cabelos loiros de qualquer jeito e voltou ao oficio. Graças a tudo o que há de bom nesse mundo os cavalos não estavam imundos, o pouco da sujeira que estava foi facilmente limpo com os panos que depois de passar cavalo por cavalos estavam irreconhecivelmente pretos.
A garota os levou para dentro novamente e encostou-se à cerca observando a faísca de felicidade que apareceu em cada animal a encontrar seu recinto limpo e livre de sujeita... Por enquanto, mas da próxima vez outro meio-sangue terá o trabalho. Chloe sorriu satisfeita e voltou para seu chalé pronta para um banho quente, pena que ela não poderia levar nos animais para lá, eles eram adoráveis. 



 

credits to Rapture


Chloe Crawford
Filhos de Éris
Filhos de Éris

Mensagens : 4
Data de inscrição : 14/10/2013

Ficha Meio-Sangue
Nível: 1
HP:
100/100  (100/100)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Estábulos

Mensagem por Apolo em Sex Out 18, 2013 12:03 pm

Ortografia - 19/20 - Muito bom!

Criatividade - 20/20 - Não tenho do que reclamar.

Coerência - 16/20 - Achei que você não agiu como uma filha de Éris agiria, mas está bom.

Descrição - 19/20 - Foi boa, poderia ter sido um pouquinho melhor.

74 dracmas - Atualizada!

-------------------------------- PJ ϟ Olympian Alliance --------------------------------


Apolo



Deus do sol, da medicina, da música, da perfeição... ♫ Chato bagarai ♫  Dono do fórum ♫  Hot 8)

Credits: @ Polo
avatar
Apolo
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 630
Data de inscrição : 25/03/2013
Idade : 26
Localização : Olimpo

Ficha Meio-Sangue
Nível: Infinito
HP:
99999/99999  (99999/99999)
Arsenal:

Ver perfil do usuário http://pjoalliancebr.forumeiros.com.pt/  -qq

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Estábulos

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum