Percy Jackson Olympian Alliance

O Refeitório

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: O Refeitório

Mensagem por Convidado em Qua Jul 17, 2013 1:50 pm

-40 hp -60 mp

Atualizado por Apolo

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Refeitório

Mensagem por Jason Blackwood em Qua Jul 17, 2013 3:38 pm

Era difícil encontrar o refeitório vazio no horário de almoço o que queria dizer um pouco de barulho e algumas brincadeiras. Sentei junto de meus irmãos que conversavam e flertavam com filhas de Afrodite, talvez por que a beleza masculina e feminina de nossos chalés fossem altas. Eu usava uma calça negra e uma camisa do acampamento, modelito comum entre os campistas durante o dia.


Peguei meu prato e fui até a mesa onde o banquete estava servido com muita variedade de comida, muitas delas eu jamais comi. Servi um peixe grego, grelhado no azeite com ervas finas e grão gregos, lentilha por exemplo. Também peguei um arroz carreteiro, um pouco de salada, macarrão ao curry e um pedaço de porco assado. Fiquei na fila da fogueira uns minutos segurando minha boca para não comer logo, até que chegou minha vez.


Derrubei um pedaço do peixe e do porco, um pouco de arroz e salada. Era interessante que os deuses gostassem do cheiro de fumaça que as oferendas dos semideus produziam, talvez fosse como perfume para eles. Abaixei a cabeça rapidamente e disse em voz quase impossível de escutar:
- Ofereço parte de minha refeição aos deuses, em especial ao meu pai.


Depois sentei ao lado de um irmão meu, meu copo se encheu de suco de uva e comecei a comer. Podai se observar a diferença de mesas, a de Ares era mais violenta com socos e apertões de vez em quando, na mesa de Dionísio podia se ver algumas jarras de vinho onde todos se deliciavam. A mesa de Afrodite era a mais bela enquanto a de Deméter concorria com a de Perséfone como a mais decorada e florida.  


A mesa mais barulhenta era a de Hermes com tanta brincadeira e peças que pregavam, talvez só perdesse para os roncos dos filhos de Hipnos, mas para tudo isso eu já estava acostumado, era como comer em casa.
avatar
Jason Blackwood
Guerreiros de Poseidon
Guerreiros de Poseidon

Mensagens : 137
Data de inscrição : 16/04/2013
Idade : 19
Localização : Indo visitar meu pai

Ficha Meio-Sangue
Nível: 21
HP:
178/205  (178/205)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Refeitório

Mensagem por  em Qua Jul 17, 2013 4:57 pm

7 HP e 15 MP

-------------------------------- PJ ϟ Olympian Alliance --------------------------------

Deus dos bosques e dos animais | campos e música rústica | líder dos sátiros e ninfas epigéias
 
Lord Pã
 ~ Liberdade é pouco. O que desejo ainda não tem nome. ~
avatar
Deuses Menores
Deuses Menores

Mensagens : 123
Data de inscrição : 15/07/2013
Idade : 22
Localização : Bosques Tremeluzentes.

Ficha Meio-Sangue
Nível: Infinito
HP:
999999/999999  (999999/999999)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Refeitório

Mensagem por Jardel L. Heavensbee em Qua Jul 31, 2013 4:18 pm



Refeitório (Again)

 C ansaço, essa é a palavra que me define; quando chego ao meu chalé só penso em dormir e não acordar tão cedo. Após tomar um bom banho e lavar-me de toda preguiça, ouço minha barriga roncando e sinto que seria uma boa dar uma passada no refeitório; quem sabe eu não encontro nada de interessante no caminho.


Infelizmente minha teoria de algo interessante no caminho caiu por terra. Na entrada do pavilhão eu até encontrei amigos meus como o Carter; mas não tínhamos assunto, então fui direto para a mesa da perdição. Não estava nem um pouco a fim de perder meu tempo com a escolha de comidas; peguei meu prato e enchi rapidamente com todas as saladas que apareceram na minha frente. Depois parti na direção da mesa dos filhos de Deméter, quando me aproximei foi que Lucas me lembrou de oferecer parte da minha comida aos deuses; fui andando para a fogueira vermelho de vergonha e mentalmente pedindo perdão aos deuses por esse esquecimento. Para compensar minha distração resolvi jogar ali metade da minha refeição; mentalmente agradeço a todos os deuses, principalmente a minha senhora Nyx.

Logo sinto subir ao ar o suave aroma do recebimento da minha oferenda; o resto da minha refeição não é nada incomum, a diferença é que dessa vez todos nós do chalé 4 resolvemos ir aos campos de morango agora pela noite. Só que sinto de leve que algo vai acontecer.
 


COM: Fome
ONDE:Refeitório
VESTINDO: CHB FW
OUVINDO: Cockiness (Love It) - Rihanna
NOTAS:
POST: 001



Frase

Cockiness? I Love It!
Coded by @Lilah for WE



-------------------------------- PJ ϟ Olympian Alliance --------------------------------

son of deméter | guer. do sol | mano da brit e do allen | monitor do chalé
 
Jardel Lugema Heavensbee
 ~ A palavra é meu domínio sobre o mundo. ~
avatar
Jardel L. Heavensbee
Guerreiros do Sol
Guerreiros do Sol

Mensagens : 148
Data de inscrição : 19/06/2013
Idade : 20
Localização : Chalé 4, Acampamento Meio-Sangue.

Ficha Meio-Sangue
Nível: 22
HP:
175/185  (175/185)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Refeitório

Mensagem por Convidado em Qua Jul 31, 2013 5:42 pm

 Atualizado
28 Hp e 50 Mp

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Refeitório

Mensagem por Carol Angel em Qua Jul 31, 2013 6:28 pm


Hora de comer \o/


Comer. Isso é tudo que eu pensava depois de tirar um cochilo no meu chalé. 


Fui caminhando até o pavilhão, encontrei alguns colegas pelo caminho. Falei apressadamente com eles. Minha barriga não aguentava esperar por mais tempo.


Assim que que cheguei fui direto para a mesa das comidas. Cara, que delicia. Peguei três pedaços grande de pizza. Cada uma de um sabor diferente. Calma. Eu to com fome, mas não vou comer isso tudo. 


Fui para a fogueira e joguei o melhor pedaço de cada uma das pizzas.


-Obrigada. -Falei baixo e respirei um pouco da fumaça. Deuses, que fumacinha boa. 


Fui para a mesa do meu chalé e me sentei. 


-Suco...de laranja. -Falei. E o copo se encheu com um liquido laranjado.


Tomei um pouco. Huum. Amo esses copos mágicos.


Logo eu terminei de comer.  Havia bem poucas pessoas ali. Se tinha mais gente antes eu nem percebi. 


Sai de lá satisfeita.




 

-------------------------------- PJ ϟ Olympian Alliance --------------------------------

Carol Angel
Filha de Apolo//17 anos// Folgado <3 // Lovatic*Selenator*Smiler*


Se você seguir seu coração, a vida será como uma obra de arte -Demi lovato
avatar
Carol Angel
Filhos De Apolo
Filhos De Apolo

Mensagens : 122
Data de inscrição : 26/03/2013
Idade : 19
Localização : in La La Land

Ficha Meio-Sangue
Nível: 11
HP:
124/150  (124/150)
Arsenal:

Ver perfil do usuário http://ameninadiferent.tumblr.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Refeitório

Mensagem por Apolo em Qui Ago 01, 2013 2:46 pm

Rápido e sem descrição...

+10HP e +15MP

-------------------------------- PJ ϟ Olympian Alliance --------------------------------


Apolo



Deus do sol, da medicina, da música, da perfeição... ♫ Chato bagarai ♫  Dono do fórum ♫  Hot 8)

Credits: @ Polo
avatar
Apolo
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 630
Data de inscrição : 25/03/2013
Idade : 26
Localização : Olimpo

Ficha Meio-Sangue
Nível: Infinito
HP:
99999/99999  (99999/99999)
Arsenal:

Ver perfil do usuário http://pjoalliancebr.forumeiros.com.pt/  -qq

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Refeitório

Mensagem por Britany A. Baudelaire em Sab Ago 24, 2013 3:01 pm



Having Breakfeast

Era uma manhã fria e pequeninas gotas de chuva caiam sobre o camp. Quase não consegui levantar da cama porque estava muito fraca, afinal depois de trinos e treinos eu não havia feito nada para recuperar as forças. Vesti uma roupa qualquer e enrolei o cabelo em um coque, calcei os tênis alados e me arrastei até o refeitório.

Deixei que a chuvinha fina me molhasse, aquela sensação era boa; quando cheguei no local percebi que poucos campistas estavam se servindo do café da manhã, talvez eles se dessem ao luxo de levantar mais tarde hoje (como costumavam fazer quase todo fim de semana). Me sentei na mesa mais lotada de todas, a dos esfomeados de Hermes. Meus irmãos tem um apetite e tanto! Mas não posso culpá-los, já que eu também herdei esse lado da família. Cumprimentei eles e então me concentrei no prato vazio que estava diante de mim... uma sopa, talvez? Bem deliciosa e cheia de legumes como as senhoras do meu primeiro orfanato costumavam fazer, comecei a ficar com água na boca mas não por muito tempo, já que em segundos meu prato estava transbordando om aquele cheiro maravilhoso. Levei a primeira colherada á boca e acabei queimando a língua, mas valeu á pena! Mas estava faltando uma coisinha, desejei que fatias fininhas de pão também surgissem e lá estavam elas.

Observei uns instante ao redor e notei os olhares curiosos sobre mim, daí o fato de que comer sopa no café da manhã não é muito comum me ocorreu, porém, quem disse que eu era comum? Ignorei os bisbilhoteiros e continuei minha refeição, estava com uma fome de leão!

Molhei a pontinha de um dos pedações de pães no prato e mordi; fazia tanto tempo desde que eu tinha experimentara algo tão delicioso. Quando acabei de engolir a última porção já me sentia bem mais forte, mas não o suficiente. Um detalhe não poderia faltar: meus marshmallows. Uma vasilha apareceu com muitos deles, coloridos e fofinhos, tal como bem quentinhos. Cada marshmallow parecia um pedacinho do céu, era quase tão bom quanto néctar. Alguns dos meus manos voaram igual urubus em cima de mim, mas se tinha uma coisa que eu não dividia jamais essa coisa era marshmallow. Tenha certeza absoluta disso: Se você ganhar marshmallow de mim, se considere uma pessoa muito especial '-'.

Mas como tudo o que é bom dura pouco, esse momento não poderia ser eterno. Levantei da mesa, hesitante, ainda na esperança de ganhar mais docinhos, infelizmente nada aconteceu e eu tive que retornar ao chalé, agora bem mais disposta.


POST: 001 COM: Irmãos enxeridosOBS: Isso ficou uma drog@, masok



Coded by @Lilah!

-------------------------------- PJ ϟ Olympian Alliance --------------------------------


O tempo não cura tudo. Aliás, o tempo não cura nada.
Prole de Hermes Mana do Jardel Best do Pietro Lonely Girl ♥
avatar
Britany A. Baudelaire
Filhos de Hermes
Filhos de Hermes

Mensagens : 216
Data de inscrição : 09/07/2013
Idade : 19
Localização : Em outra missão! \õ/

Ficha Meio-Sangue
Nível: 22
HP:
205/205  (205/205)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Refeitório

Mensagem por Convidado em Sab Ago 24, 2013 3:10 pm

Algumas letras que foram comidas devido a sua fome... :hm: Mas sem outros problemas.

20HP - 15MP

ATUALIZADO!

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Refeitório

Mensagem por Amy B. Hughes em Sab Set 07, 2013 3:49 pm

LET'S EAT nhac, nhac
 Depois de um treino cansativo com sua irmã, Amy decidiu que iria passar no Refeitório, já que era uma hora propicia e seu estomago fazia barulhos estranhos. O sol forte batia em sua cabeça fazendo com que ela grunhisse de raiva e desejasse estar na fria Londres agora mesmo.
 Assim que avistou os outros campistas no local apressou o passo para se sentar a mesa de Macária. Amy não tinha muitos irmãos como outros campistas por aqui, então se sentou sozinha e esperou pacientemente pela comida. Assim que foi posta, Amy examinou rapidamente o prato e ali jazia uma bela refeição matinal; arroz, uma fatia de carne branca e algumas batatas. A garota pegou o prato e levou até a pequena “churrasqueira” jogando um bom pedaço de carne que fez um cheiro delicioso subir, – A minha mãe Macária e a deusa Perséfone, por me aceitar em seu grupo especial –  murmurou. Ela voltou para a mesa onde estava antes e se sentou. A primeira garfada fez com que a garota esquecesse-se do aperto que passou algum tempo atrás com aqueles monstros estranhos e então continuou comendo. Quando lembrou-se que precisava beber algo, voltou-se para o copo a sua direita e o pegou, era Coca-Cola. Amy acabou sua refeição e então esperou segundos até que trouxeram um pequeno prato com uma sobremesa, ela não sabia do que se tratava, mas mesmo assim comeu, e não se arrependeu. Aquilo possuía um gosto doce e suave e esse talvez fora o motivo que Amy demorou muito tempo para comer, cada pedaço bem aproveitado, ela pensava.
 O tempo se esgotou e ela precisava voltar para o chalé, então se despediu rapidamente de alguns conhecidos ali e andou sem pressa para seu próximo destino.
 
END
clumsy @ sa!
avatar
Amy B. Hughes
Cavaleiros das Estações
Cavaleiros das Estações

Mensagens : 46
Data de inscrição : 20/08/2013
Idade : 20

Ficha Meio-Sangue
Nível: 6
HP:
118/125  (118/125)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Refeitório

Mensagem por Aria R. Bouvier em Sab Set 07, 2013 4:48 pm




Panquecas são boas,






"Aria um bom tempo na cama, com o rosto enfiado no meio dos travesseiros, tentando ignorar os raios solares que insistiam em passar pela cortina da janela, não estava tendo muito sucesso com isso. Com um suspiro forte, desistiu de voltar ao mundo dos sonhos, sentou-se e encarou o relógio na cabeceira sua cama, já eram mais de 10 horas e era a unica que ainda estava no chalé. Ainda com preguiça, saiu da cama e foi em direção ao banheiro.
~~~~~~~~~~~~~

Meia hora depois a garota já pronta para sair, partiu em direção ao refeitório  encontrando todos seus irmãos reunidos na mesa do chale de Macária. Sentou-se ao lado de Amy, sorrindo singelamente pra irmã e encarou o prato dela

-Nada faminta você -A morena revirou os olhos pra a meia irma e apontou para o prato a frente de Aria

-Enche a boca de comida e fique quieta 

A ruiva riu, encarou o próprio prato, desejando que aparecesse panquecas com mel, e assim aconteceu, Aria lambeu os labios ao sentir o doce aroma de seu cafe da manha. Caminhou para a fogueira, com seu prato em mãos, jogou boa parte das panquecas na fogueira. Aceite minha oferenda, mamãe. A garota pensou com os olhos fechados, em seguida oferecendo parte da oferenda para Perséfone também, já que a pouco havia entrado para Os Cavaleiros das Estações, seguidores da deusa das flores. Inspirou o cheiro que exalou das chamas quando sua comida entrou em contato com ela, era algo divino, no sentido literal.
Voltou para junto de seus irmãos, se sentando novamente ao lado de Amy, e se pós a comer. Nenhuma panqueca se comparava as do CHB, Aria se perguntava como faziam elas tão boas, talvez pudesse pedir a receita para algum deus quando - E se -, encontrasse algum. Ao conviver tanto com Amy, aprendeu a admirar e amar café, tanto que, mesmo que não combinasse com as panquecas, era o que as acompanhava. 
Terminou seu café da manha junto de seus outros irmãos e voltaram para o chalé, para se arrumarem para suas atividades seguintes





Última edição por Aria R. Bouvier em Sab Set 07, 2013 9:04 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Aria R. Bouvier
Cavaleiros das Estações
Cavaleiros das Estações

Mensagens : 186
Data de inscrição : 26/03/2013
Idade : 19

Ficha Meio-Sangue
Nível: 7
HP:
125/130  (125/130)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Refeitório

Mensagem por Convidado em Sab Set 07, 2013 8:43 pm



AMY

Ficou um post totalmente comum, sem muita criatividade, e com apenas alguns erros de concordância. Ganhos: 10HP 10MP

ARIA

Post comum também, só que com descrições mais imagináveis. Ganhos: 15HP 10MP

ATUALIZADO



PJO Alliance
For your help and fun.
thanks juuub's @ cp!  


Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Refeitório

Mensagem por Luce Price em Qua Set 11, 2013 6:46 pm


Fomeee! Hora do lanchinho!!!


POST: 001 ❢ NOTAS: Fome! ❢ OUVINDO: Good Enough ❢ ONDE: Refeitório
Uma palavra para me descrever nesse exato... Faminta! Eu estou morrendo de fome!! Já está na hora do jantar, e meus irmãos e irmãs formavam duas filas para irmos pro refeitório. Fui na frente deles, guiando-os, já que eu sou a mais velha e to morrendo de fome.
Cheguei no refeitório e sentei com meus irmãos e irmãs na mesa designada para filhos da deusa Afrodite. Me servi com alguns pedaços de carne e um pouco de arroz, e em seguida me levantei e fui até o braseiro, joguei um pedaço grande de carne e fiz uma prece pra minha mãe, pedindo que tudo desse certo na minha vida, mas duvidando que ela me escutasse. Depois voltei pro meu lugar na mesa e ataquei a comida. Peguei meu copo e desejei que milk-shake de chocolate só quer cor-de-rosa, e foi exatamente o que apareceu. Terminei de comer a comida e beber o milk-shake (que por acaso tava uma delícia), e me retirei da mesa e voltei pro chalé, querendo tirar um cochilo, já que eu acabei com a minha fome.

Coded by @Lilah!

-------------------------------- PJ ϟ Olympian Alliance --------------------------------


Luce Price - Filha de Afrodite
avatar
Luce Price
Filhos De Afrodite
Filhos De Afrodite

Mensagens : 102
Data de inscrição : 27/03/2013
Idade : 20

Ficha Meio-Sangue
Nível: 5
HP:
102/120  (102/120)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Refeitório

Mensagem por Apolo em Qui Set 12, 2013 10:24 am

Faltou criatividade e bastante descrição, poderia ter sido bem melhor.

+10HP e +20MP

-------------------------------- PJ ϟ Olympian Alliance --------------------------------


Apolo



Deus do sol, da medicina, da música, da perfeição... ♫ Chato bagarai ♫  Dono do fórum ♫  Hot 8)

Credits: @ Polo
avatar
Apolo
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 630
Data de inscrição : 25/03/2013
Idade : 26
Localização : Olimpo

Ficha Meio-Sangue
Nível: Infinito
HP:
99999/99999  (99999/99999)
Arsenal:

Ver perfil do usuário http://pjoalliancebr.forumeiros.com.pt/  -qq

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Refeitório

Mensagem por Pietro Bertolazzo em Ter Out 08, 2013 10:52 am






Comida congelada.


Fazia uma semana que eu havia voltado pro acampamento, depois de ter ido em uma missão, sem saber o que eu tinha feito exatamente. Provavelmente era uma daquelas missões que os deuses fazem você se esquecer de tudo. A única coisa que eu sabia era que eu tinha um pégaso e o nome dele era Flash. 

Enfim, o verão acabou, mas eu não fui pra casa. Fiquei no acampamento com meu irmão gêmeo Aaron, Charles e outros semideuses que não podiam mais sair do acampamento por serem muito fortes e morarem longe demais. Eu, Aaron e Charles somos exemplos disso. Se Quíron nos liberasse, nós seríamos mortos por monstros italianos ou ingleses sem chance de defesa.

O acampamento agora estava em crise, o gelo tomou conta dos chalés, congelou os campos de morango, o lago, a praia passou a ser um lugar horrível... Tudo isso era Despina aprontando ou se vingando do acampamento por algo que pode ter acontecido há séculos. De qualquer modo, eu continuava sentindo fome, mesmo com toda essa preocupação.

Saí de meu chalé completamente agasalhado, com os casacos mais caros que minha mãe costurou. Fui até o refeitório no horário do almoço. Havia vários semideuses no acampamento que foram obrigados a voltar no inverno para poder defender a sua casa. O cardápio do acampamento tinha tudo que eu gostava nas tardes frias de inverno do acampamento, mas daquela vez, o meu almoço não foi nada agradável.

Eu me servi com arroz, batatas fritas, um bom pedaço de frango, um pouco de creme de milho e uma salada de batata. Como sobremesa, peguei um potinho de gelatina. Aproximei-me da fogueira que havia no centro do refeitório e joguei o frango lá -' 

-Para meu pai, Dionísio. Para meu mestre Poseidon e para minha sogra, Afrodite.

Quando cheguei na mesa, meu irmão já estava sentado, só havia nós dois na mesa do chalé doze. Coloquei a primeira garfada na boca e quase me virei para cuspir a comida. Ela estava gelada! Mal podia comer aquilo. Para aliviar aquela sensação, desejei que o copo mágico se enchesse com suco de uva e assim se fez, mas o suco logo congelou. 

Eu comi toda a comida, mas pela primeira vez... eu desejei nunca mais ter que provar aquilo de novo.



Onde: Refeitório ★ Com quem: Semideuses ★ Post: 003



Thanks Apolo from PJO Alliance

-------------------------------- PJ ϟ Olympian Alliance --------------------------------


Pietro Bertolazzo



Guerreiro de Poseidon ♫ Filho de Dio  ♫ Monitor do Chalé ♫ Rich and Sexy

Credits: @
avatar
Pietro Bertolazzo
Guerreiros de Poseidon
Guerreiros de Poseidon

Mensagens : 209
Data de inscrição : 28/05/2013
Idade : 21
Localização : Bebendo no chalé XII

Ficha Meio-Sangue
Nível: 21
HP:
199/205  (199/205)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Refeitório

Mensagem por Convidado em Ter Out 08, 2013 11:41 am

Um texto criativo e que condiz com o que estamos enfrentando no acampamento, muito bem.

20 Hp e 40 Mp

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Refeitório

Mensagem por Aria R. Bouvier em Qui Out 10, 2013 8:37 pm




Tempos de trevas.



O sol não saiu naquele dia, o frio reinava no Acampamento meio-sangue, uma fina camada de gelo cobria toda a grama do lugar, nada ajudava para que Aria saísse de seu chalé, mas, mesmo que alguém deus sem o que fazer tivesse resolvido interferir no clima do CHB, a vida dos semideuses continuava. 


Mesmo a contragosto, a ruiva tomou o banho mais rápido de sua vida, nem só por conta do clima , havia outras pessoas - Vulgo Amy, a unica irmã que esperara a menina acordar - desejando usar o banheiro.  Por mais que amasse o frio, ele tinha sua porcentagens desagradável  e a água não esquentar devidamente era uma delas. Foi quase impossível passar a blusa do moletom do Batman por cima de tantas outras blusas de frio, mas com um pouco de esforço, a garota consegui, vestiu uma legging preta, um simples tens cinza, uma touca preta e estava pronta para enfrentar o frio do lado de fora do lugar quente, pelo menos em tese.  


Saiu junto de sua irmã mais velha em direção ao refeitório, resistindo ao impulso de correr de volta para sua cama confortável e quente assim que sentiu o vento gelado corta-lhe o rosto, mas apenas respirou fundo, soltando o ar pela boca, numa atitude infantil para observar a fumaça sair dali, entrelaçou seu braço esquerdo no direito de Amy, que não estava em situação melhor, quase não se achava a menina no meio de tanta roupa, e rumou para seu destino. 


Havia um tanto de  pessoas razoável no Acampamento meio-sangue, todos voltaram, ou por vontade própria ou por obrigação, para defender se lar. O refeitório, normalmente abarrotado de pessoas barulhentas, ainda se encontrava cheio, mas silencioso, eram poucos que mantinham o tom animado e hiperativo, a maioria estava sem animo para conversas, todos temiam o inevitável e desconhecido. Alem de todos estarem curiosos para saber o motivo de estar nevando dentro do CHB e qual seria a solução para o problema. 


Aria foi uma das poucas pessoas que não voltou para casa quando o verão acabou, na verdade, o único lugar que a menina podia chamar de casa era o acampamento, já que sua mãe era uma deusa, a qual ela nunca tinha visto, seu pai biológico fora morto quando a menina nem um ano tinha e seu pai de criação era um sátiro, e não podia continuar com ela. Mesmo que, as vezes, o seguidor de Pã visitava a ruiva em seu chalé, apegou-se demais a garotinha que viu crescer. 


A filha de Macária balançou a cabeça, afastando os tristes pensamentos, enquanto sentava na mesa destinada a sua mãe, serviu-se de waffles colocando alguns morangos cortados em cima do mesmo, colocou alguns pedaços de bacon ali, em seu copo desejou que aparecesse chocolate com leite e seu café da manha estava pronta. Dirigiu-se ate a fogueira, despejando todo o bacon e metade de todo os waffles.


- Aceite minha oferenda, mãe - Aria observou a comida se desaparecer nas chamas e um cheiro agradável subir e acrescentou sem seguida- E Apolo, para que faça o sol voltar a brilhas e esquentar nossos dias.


Aria retornou para sua mesa, e se pós a comer, a menina não cansava de repetir que a comida do acampamento era a melhor do mundo, nada se comparava ao seu gosto dos deuses, meio que num sentido literal. Mesmo que ela já tivesse esfriado, o delicioso gosto não fora embora. 


A ruiva terminou de comer primeiro, mas esperou que todos acabassem para rumarem juntos para o chalé de Macária, ainda tinham que treinar, afinal uma provável guerra se aproximava e tinham que estar preparados, sem moleza. No caminho,engatou com Amy numa conversa sobre seriados e filmes, esquecendo-se, por um tempo ao menos, o clima tenso - E gelado - que pairava sobre seu lar. 





tagged: Ficou merdinha, mas ok clothes:This credits: cács @cg
 


Última edição por Aria R. Bouvier em Sab Out 12, 2013 6:54 am, editado 1 vez(es)

-------------------------------- PJ ϟ Olympian Alliance --------------------------------


How can I love when I'm afraid to fall? 
Aria Rosalie Bouvier

avatar
Aria R. Bouvier
Cavaleiros das Estações
Cavaleiros das Estações

Mensagens : 186
Data de inscrição : 26/03/2013
Idade : 19

Ficha Meio-Sangue
Nível: 7
HP:
125/130  (125/130)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Refeitório

Mensagem por  em Sex Out 11, 2013 9:26 pm

Vários erros ortográficos, mas condiz um pouco com os tempos atuais no acampamento.


+10 HP e +15 MP.

-------------------------------- PJ ϟ Olympian Alliance --------------------------------

Deus dos bosques e dos animais | campos e música rústica | líder dos sátiros e ninfas epigéias
 
Lord Pã
 ~ Liberdade é pouco. O que desejo ainda não tem nome. ~
avatar
Deuses Menores
Deuses Menores

Mensagens : 123
Data de inscrição : 15/07/2013
Idade : 22
Localização : Bosques Tremeluzentes.

Ficha Meio-Sangue
Nível: Infinito
HP:
999999/999999  (999999/999999)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Refeitório

Mensagem por Jason Blackwood em Ter Out 15, 2013 8:44 am



Comendo um pouco...


 
Na hora do almoço o acampamento parecia na ceia do Natal, faltava apenas o Papai Noel entregando presentes e renas voando, por que o frio já chegou faz algum tempo. Apesar disso eu não sinto nenhum incomodo com temperaturas baixas, por isso fu almoçar com calças comuns, camiseta cinza claro e tênis, além é claro da minha lira mágica que carrego para todo canto, normalmente quando algo esta chato toco um pouco para me animar, sempre dá certo. Sentei ao lado dos meus irmãos, mesmo sendo conselheiro do chalé de Apolo eu nunca me senti alguém a mais que meus companheiros de quarto, talvez por isso ninguém me tratava de forma diferente, gosto disso.
 
Sorri quando um dos garotos mencionou que me vira indo para praia com uma menina, todos fizeram aquele murmurar comum, quase um “huuuuuummmm” e fiquei vermelho no mesmo instante. Meus olhos fitaram ao redor procurando a America, ela era linda e pegara meu coração de jeito de tal forma que toda vez que canto ou toco o piano do Anfiteatro eu recordo de sua voz e músicas ao meu lado, sempre momentos bons, tranquilos e reconfortantes. Dei um suspiro ao não encontra-la, voltei minha atenção à mesa, contudo meu irmão falou que me viu beijando a menina na água e antes que qualquer comentário fosse feito eu disse:
- Vocês são bem metidos, vou comer- Falei levantando e pegando um prato, a fila para pegar comida e fazer oferendas diminuíra um pouco e também era uma boa fuga para vergonha da conversa.
- Pode ir garanhão.- Mencionou uma das minhas irmãs fazendo com que eu desse risada e me afastasse.
 
O refeitório em si estava mais enfeitado, tirando alguns pontos brancos pelo chão que são os montes de neve que penetravam até mesmo nesta construção, o braseiro ardia mais forte para esquentar a todos, os campistas estavam mais arrumados e elegantes, filhas de Afrodite esbanjavam casacos de pele ou grossos, acho que ela adoraram esse massa fria que chegou de repente no acampamento. O Senhor D. estava quieto na dele, tomando diet coke  coberto por uma pele de leopardo acima dos ombros, mas a cabeça do felino se movia e rugia baixo, será que era o mesmo que ficava na Casa Grande? Quíron estava em sua tradicional cadeira de rodas, usava um suéter grosso e um pano mais groso ainda para cobrir as pernas falsas, observava cada passo de cada semideus no lugar talvez com medo de que esse frio não chegue sozinho, talvez traga algum mal.
 
Enchi meu prato com arroz, um pouco de macarrão e carne assada, coloquei batatas e até mesmo um pouco de verde para ninguém vir falar que apenas como besteira. Quando chegou minha vez da oferenda eu até cogitei enrolar um pouco só para ficar próximo ao calor, mesmo sem sentir frio era mais confortável ao redor das chamas que levariam direto minha oferenda aos deuses. Deixei cair um pouco de arroz, cortei um pedaço de carne e algumas batatas assadas que pareciam deliciosas, esperava que meu pai gostasse. Logo depois eu fechei meus olhos e fiz uma prece silenciosa dizendo:
- Obrigado deuses por mais um dia, agradeço meu pai por me salvar da morte e sempre vou ser grato a isso.
 
Voltei para o lado dos meus irmãos, só de brincadeira sentei no bico da mesa o que não é de costume meu, normalmente quem fica nesse ponto é o conselheiro, porém normalmente sento ao lado dos meus iguais sem mesmo pensar. Comi quieto por que a preocupação de Quíron me incomodava um pouco, mesmo com semideus retornando para o acampamento nesses dias difíceis ele levaria um grupo para o Olimpo, isso queria dizer problemas, mas também uma chance minha de agradecer ao meu pai por ser salvo naquele dia quase letal.
 
Meu copo se encheu de suco de guaraná, uma vez provei essa bebida na praia de um cara que veio do Brasil e ganhava a vida vendendo bebidas de sua terra natal, como gostei e a magia do lugar me fazia beber o que eu quisesse eu me deliciei com o líquido marrom claro enquanto saboreava minha carne assada quente. Depois de terminar com meu prato de comida, peguei um cacho de uvas pequeno, fitei mais uma vez a mesa de Hermes procurando alguém e dessa vez minha amada estava comendo. Mandei um beijo para ela e recebi um de volta, Meri me encantava cada vez mais com seu sorriso e olhar, mas resolvi deixa-la comer quieta. Terminei com as frutas e sem fazer muito barulho eu sai do refeitório para descansar um pouco.
 
 
 
 


Prince of Son, Guardian of the Ocean...
--------------------------------------------

@Lilah
avatar
Jason Blackwood
Guerreiros de Poseidon
Guerreiros de Poseidon

Mensagens : 137
Data de inscrição : 16/04/2013
Idade : 19
Localização : Indo visitar meu pai

Ficha Meio-Sangue
Nível: 21
HP:
178/205  (178/205)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Refeitório

Mensagem por  em Ter Out 15, 2013 9:44 am

Solicitado: 77 HP e 92 MP (máximo).


Ortografia: Ótima. (18 ) e (22)
Coerência: Ótima. (18 ) e (22)
Criatividade: Boa. (14) e (19)
Refeitório (Descrição e Uso): Ótima. (19) e (22)


Recebido: 69 HP e 85 MP.

-------------------------------- PJ ϟ Olympian Alliance --------------------------------

Deus dos bosques e dos animais | campos e música rústica | líder dos sátiros e ninfas epigéias
 
Lord Pã
 ~ Liberdade é pouco. O que desejo ainda não tem nome. ~
avatar
Deuses Menores
Deuses Menores

Mensagens : 123
Data de inscrição : 15/07/2013
Idade : 22
Localização : Bosques Tremeluzentes.

Ficha Meio-Sangue
Nível: Infinito
HP:
999999/999999  (999999/999999)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Refeitório

Mensagem por Britany A. Baudelaire em Qua Out 16, 2013 8:45 pm


Post: único  Where: Refeitório Wearing:Roupas de Frio Notes: Eating e.e'

Virando picolé

Oh, mas que preguicinha boa essa heinn?! Bocejei e espreguicei, sem querer sair de dentro das cobertas. Ultimamente eu tinha medo de estar andando e de repente congelar. Imaginem só, o acampamento teria uma estátua da semideusa mais linda de graça Ç.Ç'.

Depois de me higienizar e me vestir - não necessariamente nessa ordem ::hm: - deixei o chalé e caminhei o mais devagar que pude (o que não era tão lento assim) e assim que cheguei lá, sentei-me na mesa com meu respectivo chalé. Acho que cochilei um pouco e só fui despertar quando algum indefinido começou a bater os dentes do meu lado. Maldito, o sonho estava tããão bom. Enfim, uma ninfazinha veio me atender e eu lhe disse o que queria: um prato de sopa bem quentinho com fatias de pão. Ela sorriu e partiu, indo preparar a refeição de uma forma mágica.

Fiquei com a cabeça apoiada sobre meus braços pensando na vida e assoprando o nada, aquela fumacinha que se formava era fantástica. *-*
Quando eu menos esperei um prato apareceu com um PUF na minha frente, e logo se encheu daquele liquido que me dava água na boca. Outro potinho cheio de fatias de pão surgiu logo em seguida. Não perdi tempo e comecei minha refeição.

Após umas 30 colheradas, eu estava completamente satisfeita. Alguns pedacinhos de pão ainda estavam intocáveis. Ali os deixei, enquanto fazia aquele grande esforço retornando ao chalé e deixando a neve marcada com minhas pegadas

Thanks @Lilah for WE

-------------------------------- PJ ϟ Olympian Alliance --------------------------------


O tempo não cura tudo. Aliás, o tempo não cura nada.
Prole de Hermes Mana do Jardel Best do Pietro Lonely Girl ♥
avatar
Britany A. Baudelaire
Filhos de Hermes
Filhos de Hermes

Mensagens : 216
Data de inscrição : 09/07/2013
Idade : 19
Localização : Em outra missão! \õ/

Ficha Meio-Sangue
Nível: 22
HP:
205/205  (205/205)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Refeitório

Mensagem por Apolo em Qui Out 17, 2013 10:40 am

Ficou incoerente, pois não existem garçonetes no refeitório e você não deu nada aos deuses, mas está bem escrito '-'

+8HP e +25 MP

-------------------------------- PJ ϟ Olympian Alliance --------------------------------


Apolo



Deus do sol, da medicina, da música, da perfeição... ♫ Chato bagarai ♫  Dono do fórum ♫  Hot 8)

Credits: @ Polo
avatar
Apolo
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 630
Data de inscrição : 25/03/2013
Idade : 26
Localização : Olimpo

Ficha Meio-Sangue
Nível: Infinito
HP:
99999/99999  (99999/99999)
Arsenal:

Ver perfil do usuário http://pjoalliancebr.forumeiros.com.pt/  -qq

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Refeitório

Mensagem por Carol Angel em Qui Out 24, 2013 4:43 pm

O Camp fica meio vazio no inverno. E com esse de congelar, literalmente, mais ainda. 


E eu, boba nem nada, fiquei quietinha no meu chalé quentinho. Estava tudo pronto. Hum... melhor eu ver se estava pronto mesmo. 
Cobertor fofinho,confere. Papeis,confere. Lápis e lápis de cor apontados, confere. Borracha e apontador, confere. MP3 cheio de musicas legais, confere. 
Tudo pronto, só falta eu sentar pra começar a desenhar e... 
"Roooooarr!" 


Olhei para a minha barriga com a cara de "Você tinha que ficar vazia agora?" Respirei fundo, olhei para a minha cama quentinha e olhei pela janela, uma neve fininha caia lentamente. 


Peguei meu casaco e sai em direção ao refeitório. Uma coisa boa em ser filha de Apolo é que você não sente frio.  


Como eu esperava, vazio. Só faltou ter aquelas.... bolas... Hum... rolando igual nos filmes.   


E a comida de hoje é: Sopa!


Peguei  um prato e enchi, quase até a boca, de sopa. 
Andei ,devagar para não derramar, até a fogueira e despejei uma parte daquele liquido. 
"Aos deuses...Principalmente ao meu pai. E por favor...Que esse inverno acabe logo. " Pensei.


Fui até a mesa do meu chalé e coloquei meu prato em cima da mesma. Retirei com a mão um pouco de neve que se acumulava na cadeira. 
Me sentei e comecei a tomar a sopa, colocando uma colherada atrás da outra. Logo meu prato estava vazio igual o Camp. 


A neve estava caindo cada vez mais. Me levantei tirando a neve de cima de mim. Lembrei do meu cantinho quentinho no chalé. Corri para o chalé. Acho que não vou sair dele tão cedo.

-------------------------------- PJ ϟ Olympian Alliance --------------------------------

Carol Angel
Filha de Apolo//17 anos// Folgado <3 // Lovatic*Selenator*Smiler*


Se você seguir seu coração, a vida será como uma obra de arte -Demi lovato
avatar
Carol Angel
Filhos De Apolo
Filhos De Apolo

Mensagens : 122
Data de inscrição : 26/03/2013
Idade : 19
Localização : in La La Land

Ficha Meio-Sangue
Nível: 11
HP:
124/150  (124/150)
Arsenal:

Ver perfil do usuário http://ameninadiferent.tumblr.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Refeitório

Mensagem por  em Sex Out 25, 2013 6:55 am

Solicitado: 5 HP e 35 MP.


Ortografia - Sem erros, porém pecou no uso dos parágrafos e do ponto final. (0) e (5)
Coerência - O acampamento não está tão vazio já que os semideuses voltaram por conta da trama. (0) e (5)
Criatividade - Pouca (1) e (6)
Refeitório (Descrição e Uso) - Nenhuma descrição do lugar, e breve refeição. (1) e (6)


Recebido: 2 HP e 22 MP.

-------------------------------- PJ ϟ Olympian Alliance --------------------------------

Deus dos bosques e dos animais | campos e música rústica | líder dos sátiros e ninfas epigéias
 
Lord Pã
 ~ Liberdade é pouco. O que desejo ainda não tem nome. ~
avatar
Deuses Menores
Deuses Menores

Mensagens : 123
Data de inscrição : 15/07/2013
Idade : 22
Localização : Bosques Tremeluzentes.

Ficha Meio-Sangue
Nível: Infinito
HP:
999999/999999  (999999/999999)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Refeitório

Mensagem por Charles M. Walker em Sab Nov 02, 2013 12:45 pm






Jantar



O frio no acampamento piorava a cada dia. Alguns semideuses saíram em busca de ajuda, foram ao Olimpo, pedir que Apolo viesse ao nosso lar, descongelasse tudo e quem sabe ele desse uns socos em Despina e a enviasse para o Tártaro?

Enfim... eu não fui por pura preguiça. Não me sentia pronto para ir em uma missão tão grandiosa, o máximo que eu já fiz pelo acampamento foi mexer com veneno e espantar algumas pragas nos campos de morango. Fora isso... minha presença praticamente não era notada. 

Enfim, era hora do jantar no acampamento. Aquele era o único momento que as pessoas largavam suas cobertas no chalé e saíam correndo, atrás de comida. Os filhos de Hermes geralmente pegavam comida, jogavam um pouco na fogueira e corriam de volta para o chalé onze, para se aquecerem. 

A variedade de comidas era grande, mas eu não queria comer arroz, batatas ou qualquer coisa do tipo. Minha fome não era tão grande... então eu me servi com um prato grande de salada de rúcula, alface e alguns tomates. Coloquei um pequeno pedaço de carne bovina e um pouco de purê de batata. Não resisti e coloquei um pouco de arroz no prato. 

Antes de sair da mesa onde os pratos eram posts, peguei uma maçã e um cacho de uvas. Fui até a fogueira e queimei a maçã e a carne. 

-Para Poseidon... e - Supirei, eu odiava aquele deus exibido - Apolo - Eu murmurei entre os dentes.

Sentei-me sozinho na mesa do chalé de Poseidon e me alimentei rapidamente, sem nenhuma bebida. Assim que terminei, voltei para o chalé de Poseidon novamente, caminhando a passos lentos... 




Onde: Refeitório ♒ Com: Ninguém '-' ♒ Vestindo: Roupas '-'



THANKS APOLO FROM PJO ALLIANCE 

-------------------------------- PJ ϟ Olympian Alliance --------------------------------


Charles Miller Walker



Filho de Poseidon ♫ Bff da Berit  ♫ Monitor do chalé ♫ Guerreiro do sol ♫  Rich and Sexy
 
avatar
Charles M. Walker
Guerreiros do Sol
Guerreiros do Sol

Mensagens : 131
Data de inscrição : 26/03/2013
Idade : 21
Localização : Em algum lugar perto do mar...

Ficha Meio-Sangue
Nível: 11
HP:
147/150  (147/150)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Refeitório

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum