Percy Jackson Olympian Alliance

Ficha de Reclamação de Paam McKeon

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Ficha de Reclamação de Paam McKeon

Mensagem por Apolo em Seg Maio 13, 2013 6:59 am

Nome Completo: Paam McKeon
Progenitora: Deméter
Idade: -
Por que deseja ser filho(a) de Deméter? Primeiramente porque acho Deméter uma Deusa muito espetacular, uma das mais poderosas Deusas do Olimpo, e também pelo fato que acho ela 'u', sozinha ela pode acabar com a vida humana, e eu amo a natureza, amo flores, adoro o cheiro das flores, eu mesma queria ter um Jardim aqui em casa, mais da preguiça kk
História: O Começo

Certo dia como todos minha mãe estava entendiada sentada em seu trono de ouro no Olimpo, estava com Zeus junto a Hera. Eles estavam conversando sobre o mundo dos humanos, parecia tão calmo, era um sonho nada de ruim está acontecendo, várias coisas presas em seu devido lugar, Hades não dava a cara a um bom tempo, até que Zeus da uma ideia para Deméter, manda a mesma ir na terra dos mortais, manda a mesma ir ter um filho, Deméter não acha uma má ideia, e logo parte para a terra em busca de algum homem para poder tentar um filho, só que as coisas rolaram completamente diferente do desejar de Deméter, ela se apaixona por um homem, todavia Deméter não conta para o homem que era uma Deusa, ela estava realmente apaixonada pelo homem, ela o conheceu em um bar, no qual foram conversão e conversando até que se conheceram mais e mais.
Deméter estava apaixonada por esse homem, tiveram relações sexuais muitas vezes, até que felizmente Deméter fica grávida. A mesma vai até Jon ( O seu amor ) e diz que estava gravida, Jon fica abalado, e ao mesmo tempo super feliz, era uma nova vida, uma nova Semi-Deusa. Certo dia, Deméter estava na casa de Jon, a mesma então explica pra ele quem ela realmente era, e o que teriam que fazer após o nascimento de sua filha, Jon praticamente fica abalado, não tem ideia do que fazer, Jon pensava que era um sonho, ou que Deméter estava tentando fazer o mesmo ficar doido, mais com o tempo foi se acostumando com futuro que iria ter ao lado de sua filha.

O Nascimento

O tempo foi passando mais e mais até que chega o dia, o dia do nascimento da filha de Deméter, o parto foi feito em casa por Jon, na onde ocorreu tudo certo.
3 Dias depois...
Deméter então chega perto de Jon, e explica que não poderá ficar, Jon chora, implora pra Deméter ficar, porem ela não poderia, Deméter diz que vai ficar lá de cima olhando pra Jon seu amor e pra sua filha. Jon não se acostuma com a ideia, Deméter explica que Paam sua filha, vai sofrer muitos riscos, que Jon terá que salva-la de todos eles dando o máximo de si.
2 Dias depois...
Então Deméter já estava de partida, a mesma não queria ir, porem era seu destino, não poderia ficar morando com um Mortal e cuidar de sua filha, Zeus proibia isso, então Deméter parte, mais antes de ir, a mesma criou uma flor bem grande e roxa perto do berço de Paam, a flor era roxa e tinha um aroma doce, Deméter explica que é pra Paam crescer olhando aquela magnifica flor.

A Infância

Depois de 1 ano da partida de Deméter, Jon já estava cuidando perfeitamente de Paam, tudo ocorria bem, Jon estava trabalhando como padeiro em uma padaria próxima de sua casa, para Paam não ficar sozinha, Jon sempre contratava uma babá todos os dias exceto aos sábados que era sua folga, o crescimento de Paam era comum, Jon sabia que uma hora ou outra Paam iria descobrir que é uma Semi-Deusa, Jon também teria que contar sobre o acampamento, Deméter sempre fala com Jon, nas horas de pavor, nas horas más, Jon ouve Deméter sussurrando em seus ouvidos, dando forças e falando o que ele tem que fazer, e assim iria levando a vida, até certo dia.

Nada que é bom dura pra sempre

Então 3 Anos depois, Paam já estava grande com 14 anos, tinha uma grande amizade com seu pai, e sempre perguntava de sua mãe, Jon preferiu dizer que ela tinha falecido no parto, ao invés de dizer que ela foi embora preferiu dizer que ela tinha falecido.
Paam como era filha de Deméter e não tinha noção alguma disso, tinha um jardim imenso no quintal, no qual o seu pai lhe dava 50 reais todos os sábados para a mesma comprar terra, sementes etc etc para fazer esse pequeno Jardim ficar um enorme Jardim.
Certo dia comum como outros, Paam acorda e vai lavar o rosto, escovar os dentes, lavar o rosto e se arrumar para tocar o café da manhã para ir à escola. Era uma rotina de Paam, se arrumar, toma café da manhã, ir até a casa de seu amigo no qual era um pouco mais velho que Paam, ele tinha 18 anos, usava muletas pelo fato de ter problemas nas pernas, eles não estudavam juntos, porem Mikael o amigo de Pan era voluntário para ajudar na escola, eles partiam juntos à uma longa caminhada para a escola.
Como todos os dias, Paam chega na escola, assim vai para a sua sala de aula. O tempo passa, bate o sinal do Intervalo, quando Paam se levanta para ir ao intervalo e a professora interrompe Paam, dizendo para a mesma esperar, ela se senta. Então a professora aguarda todos sair da sala...
Todos já tinham saído, exceto Paam e a professora, ela estava anotando alguma coisa, e fazendo uns barulhos que Paam não entendia, até que ela para de escrever, a mesma era morena, usava uma calça preta, uma blusa branca social e um óculos, o cabelo estava amarrado, até que ela se levanta da cadeira e diz para Paam que a mesma teria que morrer.
Paam não entende absolutamente nada até que a mesma muda de forma, fica com uma cor meio que de terra, asas crescem, era uma Alectó, mais Paam era boba, não sabia de nada, a mesma fica totalmente apavorada sem saber o que está acontecendo começa a gritar, porem o intervalo estava muito barulho, ninguém iria escutar, a mesma então começa a voar na sala de aula, Paam se esconde em baixo da mesa.
Então a Alectó pousa, bem perto de Paam, a mesma pega a mesa e ateia pra outra direção, pegando Paam pelo pescoço e apertando para mata-la, até que alguém salva Paam, mais quem ? era Mikael, e o mais estranho é que ele não estava com suas muletas, Paam se assusta ainda mais com aquelas pernas peludas, começa a chorar, Mikael explica que não está ali para machuca-la e sim para protege-la. A Alectó logo vai embora, dizendo que iria voltar, e que iria matar a filha de Deméter...

Não há mais tempo, a verdade chegou

Depois do que ocorreu, Mikael se apresenta pra Paam, diz ser um Sátiro, no qual estava designado a protege-la de tudo que poderia acontecer, explica que teriam que ir para casa avisar Jon que estava na hora.
Paam e Mikael sairão pelos fundos da escola, e foram correndo para casa, Jon estava de folga naquele dia, não se sabe porque mais estava, Mikael então explica a Jon tudo que aconteceu, Jon se arruma dando um anel pra Paam e dizendo que ela iria precisar, Jon logo pega o carro e partem para um lugar seguro.
Chegando na floresta, a entrada do Acampamento Meio Sangue, Jon explica pra sua filha tudo, quem ela era, o que ela tem que ser, o que ela tem que de fazer, e então Paam começa a chorar, a mesma não queria deixar o seu pai, porem mais monstros iriam vir atrás de Paam e o único jeito de ela está a salva é ficando no Acampamento. A hora mais triste chegou, a despedida, Paam estava sem palavra, Paam não sabia o que fazer, estava desconsolada, até que a mesma escuta uma voz, uma voz estranha no caso, uma voz dizendo bem gostoso em seu ouvido para ficar a salva, para não morrer e obedecer o seu pai, Paam já ai fica um pouco mais calma, essa voz era sua mãe acalmando sua filha, então quando Paam estava pra entrar no acampamento, algo de estranho acontece.
Um Minotauro aparece, só que ele fez algo, Paam olha para seu pai e o mesmo estava com um buraco no peito, era um buraco feito com os chifres do Minotauro, Mikael puxa Paam pra dentro do Acampamento, dizendo a mesma que lá ela iria ficar segura, mais ela estava raivosa, ela então olha pro Anel em sua mão, apertando a pedra verde que havia no mesmo, o Anel magicamente se torna uma espada afiada, Paam encara o Minotauro com raiva, ela então sai de dentro da floresta que já fazia parte do acampamento, ela parte pra cima do Minotauro com tudo, cortando ele, porem nada grave, Paam recebe vários empurrões batendo com as costas e cabeça nas arvores que haviam ali, Paam já estava furiosa pelo fato de seu pai agora está morto, ela então começa a ficar tonta, o que está acontecendo, raízes das arvores que estavam ali, estavam se prendendo, se fundindo ao Minotauro, era Paam começando a utilizar o seus poderes, porem a mesma desfalece.

Acordando em local seguro

Paam já acorda em uma cama, estava meia que dopada, a mesma era forte, até que se levanta e leva um capote, seu corpo ainda estava cansado, ela então levanta novamente, ela não era fraca, mais cai novamente, suas pernas, seu corpo estava fraco, Paam tinha dormido por 6 dias seguidos até que o Sátiro, Mikael vem, pega Paam pelo braço e a levanta, ajudando a mesma a se levantar e ir lá pra fora, Paam então se depara com um novo mundo, um mundo no qual era totalmente diferente no qual vivia, Paam vê um homem, metade cavalo e metade homem, ela fica surpresa e ao mesmo tempo cativada, Paam vê mais pessoas, mais Semi-Deuses que se apresentam para a mesma, caminhando agora sozinha pelo acampamento, Paam vai vendo vários Chalés, vai vendo várias pessoas, e várias criaturas estranhas na qual Paam nem imaginava que existisse, caminhando no acampamento, Paam vê um local cheio de plantas, adoradora de plantas Paam logo vai correndo e sempre com o Sátiro seguindo a mesma, até que ele diz que aquele lugar era pra ela, a sua mãe tinha deixado tudo pra ela, aquelas plantas tinham mais de 8 anos ali, Paam fica totalmente fissurada, começa a dançar pelo local, o aroma era doce, as plantas, as rosas, tudo ali era esplendido. Paam agora já sabia quem era, já sabia o poque seu pai ajudava ela com Jardim, Paam tinha uma mãe perfeita, e um pai perfeito, então desde aquele dia, Paam vive no Acampamento Meio Sangue treinando, para um dia, quem sabe um dia, conhecer a sua mãe.

Tempos Depois

Após tudo aquilo, o tempo se passou, na verdade se passou 2 anos, Paam já tinha 16 anos, já estava bem treinada, já ganhava algumas coisas. Certo dia, Paam vai até seu Chalé, e por sorte, vê um pedaço de papel dentro de um vaso, a mesma puxa, era um pergaminho, e no mesmo tinha as palavras que Paam jamais se esqueceu, no pergaminho estava escrito por palavras de sua mãe, dizendo o quanto amava ela, o quanto iria protege-la e que sempre estaria perto para ajuda-la, estava dizendo também para Paam não se meter em encrenca, pra ouvir os mais sábios e ajudas os mais fracos, para nunca deixar um companheiro para trás, para se tornar uma Semi-Deusa perfeita. Essa foi a História de Paam.

avatar
Apolo
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 630
Data de inscrição : 25/03/2013
Idade : 26
Localização : Olimpo

Ficha Meio-Sangue
Nível: Infinito
HP:
99999/99999  (99999/99999)
Arsenal:

Ver perfil do usuário http://pjoalliancebr.forumeiros.com.pt/  -qq

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum